Conecte-se agora

Consumo de frutas e hortaliças cresce em Rio Branco, mas ainda é o menor das capitais

Publicado

em

FOTO: ASCOM-PMRB

O consumo de frutas e hortaliças em Rio Branco empate com o do Belém quando se compara o resultado das capitais. Apenas 24,9% das pessoas com idade superior a dezoito anos consumiram esses produtos cinco vezes ou mais em uma semana.

Um estudo com 460 mil pessoas realizado entre 2008 e 2016, identificou o aumento do consumo de frutas e hortaliças nas capitais brasileiras e no DF, apesar de que em Rio Branco os números se apresentem menores que as demais. Quando comparados os anos avaliados, os rio-branquenses aumentaram em 4% o consumo desses vegetais -pouco para uma capital que cresce 3% ao ano, em média, segundo o IBGE. “Tais aumentos foram verificados em ambos os sexos, na maioria das faixas de idades, níveis de escolaridade e regiões do país. Verificou-se ainda que grande parte do aumento registrado no período aconteceu no intervalo entre 2011 e 2015, com oscilação negativa no percentual de consumo regular e recomendado de frutas e hortaliças em todos os estratos populacionais pesquisados no ano de 2016”, diz o estudo do Ministério da Saúde.

O percentual de pessoas que comem cinco ou mais porções de frutas e hortaliças ao dia também é o menor entre as capitais -15,8% em 2016.

Para vencer desafios como esse, a Prefeitura de Rio Branco mantém diferentes programas, entre estes o estímulo ao consumo de vegetais nas escolas infantis e o Banco de Alimentos, que distribuiu a dezenas de instituições frutas, verduras e legumes frescos diariamente.

Veja a variação do consumo de frutas e hortaliças em Rio Branco e nas demais capitais:

Propaganda

Destaque 7

Idoso é espancado a pauladas até a morte na Cidade do Povo

Publicado

em

Mais um homicídio foi registrado na capital. O Idoso Francisco Chagas de Souza, de 80 anos, foi morto a pauladas e golpes de um pedaço de tora na cabeça na noite desta sexta-feira (16) após chegar em sua residência na Rua Yaconaan de Campos Pereira, quadra 20A, no Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia repassadas a reportagem ac24horas, Francisco passou o dia fora de casa na companhia de um amigo bebendo e por volta das 19h chegou em casa. Um homem não identificado invadiu a residência e começou uma luta corporal com o idoso que foi agredido e ferido com corte profundos na cabeça e no rosto. Na casa havia muito sangue espalhado pelos cômodos e Francisco morreu na sala ao lado do sofá. Após a ação o criminoso fugiu do local.

Por volta das 14h deste sábado (17) moradores ao lado desconfiaram que o idoso não apareceu e resolveram ir na casa e encontraram Francisco morto.

Policiais Militares do 2°Batalhão foram acionados e isolaram a área para os trabalhos dos peritos em criminalística.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavérico.

No local os vizinhos não quiseram passar mais informações sobre o suposto homicida, pois impera a lei do silêncio.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e proteção à Pessoa (DHPP).

Continuar lendo

Destaque 7

Presidente da FIEAC assina ordem de serviço para obras do novo Centro de Promoção da Saúde

Publicado

em

O SESI no Acre deu mais um importante passo rumo à excelência de suas instalações. Isso porque, foi assinado, na tarde da última quinta-feira, 15, a ordem de serviço para o início das obras do novo Centro de Promoção da Saúde do SESI, em Rio Branco. Com investimentos de cerca de R$ 4,4 milhões, as intervenções contemplam a construção de uma academia, reforma da piscina semiolímpica, remodelamento de uma piscina terapêutica, salas de consultórios, duas salas comerciais, lanchonete, entre outras estruturas, divididas em dois pisos.

No ato de assinatura da ordem de serviço, o presidente da Federação das Indústrias do Acre, José Adriano, acompanhado de diretores, coordenadores e executivos da FIEAC e de presidentes de sindicatos industriais, explicou que trata-se de uma obra de extrema importância em vários aspectos.

“É uma obra que representa autossuficiência para o SESI. Nossa gestão tem feito um esforço grande para melhorar as instalações físicas de todas as nossas instituições. Estamos quase concluindo as obras de modernização da Escola SENAI, no bairro Cadeia Velha, e também realizamos melhorias no Instituto SENAI de Tecnologia, no Distrito Industrial. Tudo isso é feito com o propósito de atender com excelência nossos clientes”, ressaltou José Adriano.

O presidente enfatizou ainda que, somente neste ano, com os valores que serão destinados ao Centro de Promoção da Saúde do SESI, o Sistema FIEAC investirá, somente em obras, cerca de R$ 15 milhões. “Isso resulta na geração de mais de 200 empregos diretos e 600 indiretos, movimentando toda a cadeia da construção civil e, consequentemente, contribuindo para aquecer a economia do nosso Estado”, assinalou.

A Construtora Manuella será a responsável pela execução das obras do Centro de Promoção da Saúde do SESI. O proprietário da empresa, José Sarto Bessa, detalha que o prazo para a entrega das intervenções é de seis meses. “Faremos toda parte de instalação elétrica e hidráulica, hidro sanitária, piso, pintura, fachada de vidro, reforma e remodelagem das piscinas, bem como a pavimentação interna e externa dos dois pisos da obra, com prazo de execução de 180 dias. Ou seja, devemos entregar a obra em fevereiro de 2020”, finalizou Sarto.

Estiveram presentes no ato de assinatura da ordem de serviço os diretores da FIEAC João Paulo Pereira, Afonso Boaventura, Pasqualim Martini, Márcio Agiolfi e Augusto Nepomucena, além do diretor de Operações, Jorge Luiz Vila Nova.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.