Conecte-se agora

Adolescente baleado com tiro na cabeça após sair de festa morre no Pronto Socorro

Publicado

em

O adolescente Antônio Railan Cruz da Silva, de 17 anos, alvejado com três tiros, um deles na cabeça, na noite de domingo (12), após um show de funk, em Rio Branco, não resistiu aos ferimentos e morreu na noite desta segunda-feira (20) no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb).

Familiares informaram a reportagem do ac24horas que Railan passou por um procedimento cirúrgico logo após que deu entrada no hospital e foi internado na Unidade de Terapia Intesiva (UTI).

“Foram quase 8 dias, infelizmente Railan não resistiu e agora descansa em paz”, disse um amigo na rede social.

A Policia Civil através da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) segue em investigações para identificar o autor do crime.

Entenda o caso

Railan saiu do evento na companhia de amigos, ao chegar no estacionamento, homens armados chegaram em um carro, e um dos criminosos desceu do veículo e em seguida efetuou três tiros, os projéteis atingiram a cabeça e o peito do adolescente. Após a ação, os bandidos fugiram do local tomando rumo ignorado.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, prestou os primeiros atendimentos e conduziu a vítima ao Pronto Socorro de Rio Branco em estado grave.

De acordo com informações do irmão da vítima, Robson Cruz, a família não sabia que o adolescente estava na festa e que a informação é de que ele teria se envolvido em uma confusão quando foi atingido pelos disparos.

“Ele saiu para ir a essa festa e não nos avisou. Só soubemos da notícia que ele tinha sido baleado. Pelo que soubemos, ele se envolveu em uma confusão dentro dessa festa e por lá aconteceu essa fatalidade”, disse Cruz.

O irmão disse ainda que existe também a possibilidade de ter sido uma tentativa de latrocínio, uma vez que levaram o telefone e a carteira de Railan.

Propaganda

Cotidiano

Jenilson pede que ALEAC receba parlamentares da regional Tarauacá /Envira

Publicado

em

O deputado estadual Jenilson Leite ( PSB), vice-presidente da ALEAC e membro titular da Comissão de Saúde, está mediando o encontro da comissão de saúde na Assembleia Legislativa com os vereadores de Tarauacá, Jordão e Feijó, que formaram uma comissão intermunicipal para discutir os problemas de saúde que assolam os moradores destes municípios na regional Tarauacá/ Envira.

Além de Jenilson, que será o intermediário do encontro, os demais membros da Comissão na ALEAC irão participar do debate com os legisladores das câmaras locais.

Leite destaca que essa comissão formada pelos edis é de fundamental importância na luta pela saúde, haja vista que os problemas que afligem os moradores dessa região é enorme, principalmente com a saída de profissionais que realizam cirurgias e amenizavam a situação. ” Os problemas assistenciais são enormes e o governo do Estado precisa apresentar medidas que solucione a demanda. Por exemplo, as cirurgias, que antes eram realizadas com a presença de uma anestesista, que ia uma vez por mês naqueles municípios, de certa maneira minimizava a demanda que tinha lá”.

Agora, segundo o deputado, “com a retirada do anestesista,os pacientes entraram na fila de espera da rede estadual e não sabem quando serão chamados para fazer o procedimento, podendo complicar o quadro clínico e morrer”.

Além da crise que paira nas unidades de saúde sob a responsabilidade do Estado, em Tarauacá, os munícipes estão sofrendo com a epidemia de dengue.

O encontro com a Comissão de Saúde será de 27 de novembro.

Continuar lendo

Acre

Bolsa Família começa a ser pago no Acre: R$ 23,7 milhões são injetados na economia

Publicado

em

O Bolsa Família já está sendo pago às 87.057 famílias beneficiárias no Acre. São R$ 23.778.672,00 que serão injetados na economia dos 22 municípios ao longo dos próximos dias.

Para exemplificar, o número de beneficiários diminuiu em novembro em relação a agosto, quando 90.027 famílias receberam o benefício no Acre. São 2.970 famílias a menos comparando com agosto.

Em novembro, o pagamento do benefício segue o calendário escalonado. Para saber o dia do pagamento, o beneficiário deve conferir o Número de Identificação Social, o NIS, impresso no cartão do programa. Os que terminam com final 1 podem sacar o dinheiro no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no segundo dia  e assim por diante. Os recursos ficam disponíveis para saque por um período de três meses. Para saber a data exata do pagamento, basta acessar: facebook.com/bolsafamilia.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.