Conecte-se agora

Hosmac é o exemplo do caos que se tornou a saúde pública do Acre

Publicado

em

O Hospital de Saúde Mental do Acre (Hosmac) é o retrato do abandono da saúde pública ao longo dos últimos anos. Os problemas são inúmeros, se arrastam há muito tempo e estão ainda piores no início da atual gestão.

A confirmação do descaso com a unidade que oferece atendimento para quem precisa de saúde mental não vem de um paciente ou familiar reclamando, mas do próprio diretor interino do Hosmac, psiquiatra Marcos Araripe. A situação chegou a um nível insustentável, segundo ele.

O primeiro problema é parte estrutural. A última reforma foi na década de 90 e as instalações elétricas não foram concluídas. As calçadas estão quebradas e parte do muro do hospital desabou. “Há dificuldade para manutenção de equipamentos: a exemplo dos equipamentos da odontologia que atende pacientes ambulatoriais e internos, além de outras necessidades como manutenção hidráulica, pintura e etc”, diz Araripe.

Outro grave problema é que não há o fornecimento de medicamentos em quantidade suficiente para atender aos pacientes. É importante lembrar que são remédios bem específicos que não se encontram em qualquer esquina e que só são adquiridos com receita médica. “O abastecimento de medicamentos é parcial e em quantidade reduzida, o que prejudica a continuidade do tratamento”, diz o médico.

Se não bastasse todos esses problemas, há ainda no Hosmac uma carência de profissionais para atender quem procura a unidade de saúde. A falta de médicos e enfermeiros compromete o atendimento tanto das demandas ambulatoriais, quanto das alas de internação. A situação é tão grave que se espera mais de 3 meses por uma consulta.

Os profissionais que permanecem na unidade estão sobrecarregados e pensam em abrir mão do contrato.

O sucateamento do Hosmac é resultado da política antimanicomial nacional. Para isso, prevê a criação de uma Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). O problema é que segundo Marcos Araripe, essa rede não funciona como deveria. “Os colegas estão sobrecarregados com uma grande demanda e a RAPS não funciona. É necessário rever esse modelo até porque a portaria 35.88 no qual inclui o Hospital Psiquiátrico na Rede de Atenção necessita ser implementada no Acre por ser uma orientação do Ministério da Saúde”, finaliza Araripe.

Todas essas denúncias vêem a público poucos dias depois do secretário de saúde Alysson Bestene dizer que o governo do estado não tem interesse em fechar o hospital, mas sim fortalecer e melhorar o atendimento no Hosmac.

Propaganda

Cotidiano

Secretaria de educação de Rio Branco lamenta morte de filha de diretora de ensino

Publicado

em

A secretaria de educação do município de Rio Branco emitiu uma nota de pesar no início da noite desta segunda-feira, 24, pelo precoce falecimento da pequena Duda, filha da Diretora de Ensino, professora Gleice Souza e do professor Maxilane, Coordenador Pedagógico da escola Anice Dib Jatene.

De acordo com o secretário municipal de educação, Moisés Diniz, a criança tinha deficiências múltiplas, incluindo autismo, mas ainda assim levava uma vida escolar ativa e alegre. Para os profissionais da educação, Duda era um verdadeiro símbolo de superação.

O velório ocorre na Capela São Francisco e o sepultamento está marcado para esta terça-feira, 25, às 8 horas, no cemitério São João Batista.

“A família SEME se solidariza com a nossa Diretora de Ensino, professora Gleice Souza, e seus familiares e entrega sua dor e sua fé nas mãos do Criador”, solidarizou-se a secretaria, em nota.

Continuar lendo

Cotidiano

Incêndio atinge Residencial José Furtado, em Rio Branco

Publicado

em

No início da noite desta segunda-feira, 24, um incêndio atingiu o Residencial José Furtado, localizado nas proximidades do Via Verde Shopping,  na capital acreana.

Uma guarnição do Corpo de Bombeiros foi ao local e constatou que as chamas também atingiram uma área verde, às margens da estrada.

Militares do Bombeiros foram rapidamente acionados para controlar o fogo.

 

 

 

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.