Conecte-se agora

Carlos Gomes relata ter sido vítima de tentativa de homicídio

Publicado

em

A história relatada por Carlos Gomes, jovem liderança política da Rede Sustentabilidade e que já foi candidato a deputado federal e prefeito de Rio Branco, parece ter sido tirada de um filme de ação de Hollywood.

Segundo Carlos, na noite de sexta-feira, 17, um veículo colidiu com sua motocicleta na Avenida Brasil, no centro da capital acreana. Segundo conta Carlos, o motorista queria fazer um acordo informal. Como ele não aceitou e decidiu ligar para o Detran, o motorista entrou no veículo e jogou o carro em cima de Carlos, que diz ter sido arrastado em alta velocidade no capô do carro. Ele conta que só escapou da morte porque conseguiu pular do carro que só parou ao bater em dois outros veículos que estavam estacionados. O motorista, não identificado, fugiu.

Carlos relata ainda que rompeu os ligamentos do pé direito, que registrou ocorrência e diz que vai até o final para que o motorista responda pelos seus atos. Lamentou que a câmera do CIOSP não esteja em funcionamento, mas afirmou que espera conseguir outras imagens para ajudar na identificação do condutor.

Carlos Gomes teve mais de 15 mil votos e foi o terceiro colocado na eleição para prefeito de Rio Branco em 2016 e 5.414 votos para deputado federal nas eleições do ano passado.

Confira o relato de Carlos Gomes na rede social:

Propaganda

Cotidiano

Inscrição ao Programa de Gratuidade do Senac começa nesta segunda-feira (16)

Publicado

em

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) abre nesta segunda-feira (16), inscrição ao processo seletivo do programa de gratuidade em suas unidades no Acre. O prazo termina em 17 de outubro.

As vagas destinam-se a pessoas cuja renda familiar mensal per capita não ultrapasse dois salários mínimos, entre outras exigências.

Saiba mais através do edital

Continuar lendo

Cotidiano

Programa Vigia, de monitoramento das fronteiras, chega ao Acre no fim do ano

Publicado

em

O Governo Federal está implementando o Programa Vigia, um complexo sistema de monitoramento das fronteiras internacionais nos Estados.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública quer blindar o país da entrada de armas, drogas e produtos contrabandeados pelos cerca de 16 mil quilômetros de fronteira.

Já está em operação experimental no Paraná, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. No fim do ano chega ao Acre, Amazonas e Rondônia, segundo pretende o MJSP.

Entre as linhas de atuação estão as operações integradas, aquisição de equipamentos, capacitações e bases operacionais com integração de sistemas.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.