fbpx
Conecte-se agora

“Não existe política nisso”, diz presidente do Conselho de Gestores, no Juruá

Publicado

em

Logo após repercussão da fala da coordenadora regional de Educação em Cruzeiro do Sul, Ruth Bernadino, o presidente do Conselho de Gestores das Escolas Estaduais do município, Pedro Moreira Lima tratou de rebater as afirmações de Ruth, ao dizer que o movimento grevista tinha claras conotações políticas. Moreira afirma que a paralisação não tem nenhum atrelamento político.

Segundo ele, que é diretor da Escola Estadual Governador Hugo Carneiro, a paralisação reivindica direitos e melhores condições de trabalho. “Essas situações vêm se arrastando desde o início do ano letivo. Tivemos merendeiras demitidas de maneira irregular; já as nossas serventes terceirizadas encontram-se com quatro meses de salário atrasado, sem perspectiva de receber”, afirma.

O gestor ainda ressaltou que a categoria está aberta ao diálogo com a Secretaria de Estado de Educação. “O movimento continua até que a nossa situação seja resolvida”, afirmou.

A respeito da declaração da coordenadora, ele diz: “nós estamos buscando resolver problemas reais, reivindicando direitos. Lamentamos o posicionamento da coordenadora de Educação”.

Com informações do Juruá em Tempo.

Propaganda

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas