Conecte-se agora

Jackson Marinheiro tem Habeas Corpus concedido pelo TJ e irá usar tornozeleira eletrônica

Publicado

em

Jackson Marinheiro, ex-presidente da Empresa Municipal de Urbanização (EMURB), acusado de chefiar um esquema criminoso de desvio de recursos públicos dentro da autarquia municipal, teve um Habeas Corpus concedido pelos Desembargadores do Tribunal de Justiça do Acre na manhã desta quinta-feira, 16.

A concessão de liberdade à Marinheiro foi decidida por maioria. O Desembargadores Samoel Evangelista, relator do caso, e Pedro Ranzi, votaram favoráveis a soltura. O único voto contrário foi de Elcio Sabo Mendes.

A liberdade de Jackson Marinheiro foi concedida com a exigência do cumprimento de algumas medidas cautelares, inclusive com o uso de tornozeleira eletrônica.

Marinheiro havia sido preso no último dia 30 de março pela acusação de vender de forma clandestina gado de sua propriedade rural, descumprindo ordem judicial que determinou o sequestro de seus bens.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas