Conecte-se agora

Inconformados com concurso da Emurb cobram posição do MPE

Publicado

em

Candidatos que denunciaram supostas irregularidades no processo seletivo realizado pela Empresa Municipal de Urbanização (Emurb) estão cobrando do Ministério Público Estadual uma posição sobre os questionamentos entregues á ouvidoria do órgão no último dia 30 de abril.

“Estamos preocupados porque deram calado como resposta. Entregamos provas robustas e queremos uma posição. Não é possível que o Ministério Público não faça nada pela gente. O concurso da saúde por muito menos que isso foi anulado”, afirma Francisco Souza Gomes, um dos denunciantes que levou o caso ao conhecimento da justiça.

A denúncia contesta uma suposta ausência de prova prática como especificava o edital, a realização de entrevista no lugar de uma prova teórica, o que não permite o candidato identificar o que acertou e errou no processo seletivo, além da acusação de candidatos aprovados por indicação política ou com parentes em cargos de gestão da Emurb.

Consultado pelo ac24horas, o Ministério Público Estadual explicou, via assessoria, que a demora em uma resposta é apenas por causa do fluxo normal dentro da instituição. “Serão adotadas todas as medidas pertinentes ao caso. A denúncia foi registrada na Ouvidoria do MPE que encaminhou para a Procuradora Geral que está repassando o caso para a 1ª Promotoria do Patrimônio Público.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas