Conecte-se agora

Acre está na lista de impedidos de receber empréstimos da União

Publicado

em

A reportagem de Fábio Pupo, do Valor Econômico, confirma que o Acre não está no grupo prioritário para renegociação de seus financiamentos com o Tesouro Nacional, que segundo o jornal já teve que bancar R$ 2,28 bilhões em dívidas não pagas por Estados e municípios neste ano. Do total, diz o Valor, o maior valor corresponde a débitos de Minas Gerais – que deixou de cumprir R$ 1,56 bilhão em obrigações. Além disso, o governo do Rio descumpriu R$ 726 milhões. Apesar da inadimplência, o Rio de Janeiro não está sendo alvo de recuperação fiscal em setembro de 2017. As contragarantias de Minas também não podem ser executadas atualmente por causa da obtenção de liminares judiciais.

“Por conta dos atrasos e das honras de garantias, estão impedidos de contratar novas operações de crédito com garantia da União atualmente os Estados de Goiás, Minas Gerais, Piauí, Roraima, Acre, Rio Grande do Norte e Roraima. Além disso, estão impossibilitados os municípios de Natal (RN), Chapecó (SC) e Belford Roxo (RJ)”, relata o Valor.

Saiba mais em: https://www.valor.com.br/brasil/6257429/tesouro-ja-teve-que-bancar-r-228-bi-em-dividas-nao-pagas-de-rj-e-mg

Propaganda

Destaque 7

PCdoB ,PT ,PSB e PTD firmam aliança pela disputa no Jordão

Publicado

em

Os partidos que compõem o arco de aliança da atual administração de Jordão, PT, PCdoB que administra o município, PSB e PDT , através de suas lideranças realizaram uma grande plenária na tarde de sábado, 18, para selar mais um acordo de união na disputa do pleito de 2020.

O encontro reuniu as lideranças locais das respectivas siglas e o nomes que se declararam pré-candidatos ao executivo. O encontro também contou com a participação do deputado estadual Jenilson Leite ( PSB), vice-presidente da ALEAC, e do secretário de educação de Rio Branco e ex-deputado federal , Moisés Diniz.

Os discursos dos líderes partidários foram favoráveis a manutenção da aliança que tem sido vitoriosa da disputa pela prefeitura desde 2004. Isto é, são 16 anos de vitorioso do mesmo grupo político devido a unidade partidária.

O deputado estadual Jenilson, que tem trabalhado pela manutenção das alianças entorno dos partidos alinhados com a causa social, salientou que a unidade partidária e de suas lideranças tem sido a chave do sucesso.” O primeiro segredo do sucesso da vitória desses partidos tem sido a boa administração que vem fazendo em Jordão, mas também
a aliança que já perdura há mais de uma década”.

O deputado defendeu também que cada partido e filiado tem o direito de pôr seu nome para ser discutido dentro da aliança, mas que a escolha deve ser baseada no nome que mais agrega os líderes e do eleitor jordanenses. ” No processo político democrático, cada sigla e filiado tem o direito de apresentar seu nome para ser discutido, mas o importante é termos o discernimento de fazer uma escolha que agregue a todos”.

O evento contou ainda com a presença do prefeito Élson Farias,e do ex-prefeito Hilário Melo.

Continuar lendo

Destaque 7

‘Ninguém está tirando nem um real de saúde e educação’, diz Bittar

Publicado

em

O senador Márcio Bittar (MDB) foi entrevistado no Jornal da CBN 2 para falar sobre o Pacto Federativo, que pode flexibilizar o uso do dinheiro de áreas como saúde e educação.

Relator da PEC do Pacto Federativo, Bittar alega que não haverá retirada de dinheiro dos dois setores. Hoje, a verba para estas áreas tem um valor mínimo obrigatório. Segundo o senador, ‘o que está na proposta é devolver aos entes federativos a capacidade de escolher especificidades’.

Bittar ainda argumentou que o ‘governo abrirá mão de grande parte dos seus royalties’ para transferir a estados e municípios.

Ouça a entrevista

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas