Conecte-se agora

Pastor Agostinho lança livro

Publicado

em

O pastor Agostinho Gonçalves Ribeiro da Igreja Batista do Bosque lançou na noite desta terça-feira (14), seu primeiro livro, “Fé em Ação“, com textos baseados em passagens bíblicas.

O evento foi prestigiado por toda a liderança da Igreja, amigos que o acompanham desde a chegada no Acre há 22 anos, além de empresários e autoridades.

Propaganda

Na rede

Prefeitura de Cruzeiro do Sul entrega asfalto e Deracre começa operação tapa-buracos

Publicado

em

O material foi usinado no final de semana e nesta segunda-feira, 16, a prefeitura de Cruzeiro do Sul entregou para o Deracre o asfalto para a operação tapa-buracos nas rodovias AC-405 e AC-407. O Departamento iniciou o trabalho pela rodovia 405, de Mâncio Lima para a rotatória do Pé da Terra. “É a que precisa de serviço com maior urgência”, cita Marcos Sales, chefe do Deracre de Cruzeiro.

A prefeitura está usinando 40 caminhões trucados de asfalto e o Deracre atua com 7 equipamento e a mão de obra e 19 homens. Não há previsão para a conclusão do trabalho na AC-405 para o início na 407.

A 405 passa pelo Balneário Igarapé Preto, Aeroporto e segue até Mâncio Lima, num total de 31 km. Já a AC-407, vai da rotatória do Pé da Terra até Rodrigues Alves, com 22 km, somando 53 km.

O governo do Estado celebrou convênio com a prefeitura de Cruzeiro do Sul, para a execução do serviço, no valor de R$ 1,5 milhão. No dia 30 de agosto, repassou metade do valor para a prefeitura e ainda não há sinalização de data de novo repasse.

Continuar lendo

Na rede

Índios Katukina promovem Caminho de Cura

Publicado

em

Em várias aldeias acreanas , Índios apresentam a medicina da floresta aos visitantes e com os recursos obtidos nos festivais e vivências, fazem melhorias nas aldeias. Os Katukina também mostram seu trabalho de Cura.

Os Índios Katukina da Aldeia Satanawa da BR-364, a cerca de 60 Km de Cruzeiro do Sul, vão realizar de 4 a 8 de novembro, um Caminho de Cura aberto aos visitantes. A programação inclui pajelança, cerimônias ritualísticas com Ayahuasca, rapé, kambô, sananga e urtiga, dia de caça, passeio na floresta, pinturas corporais, banhos medicinais e participação em atividades do dia a dia na aldeia Santawa.

Em julho deste ano a aldeia Santawa realizou o mesmo Caminho de Cura, que contou com dez participantes, a maioria, estrangeiro. O trabalho de Cura é realizado pelo Pajé Reke, de 87 anos, o mais velho dos pajés Katunina, também chamados Nukikuin.

O Pajé Reke faz um trabalho de Cura no Pote e também usa urtiga, para ” limpar a matéria” das pessoas. O sapo kambô ( os Katunina são os guardiões originários do Kambô) também é usado nos rituais de cura, bem como a Ayahuasca, rapé e sananga, chamados de medicina da floresta.

Os participante paga pacotes que incluem alimentação, hospedagem e a participação em todos os eventos da programação. Para os 5 dias do Caminho de Cura, cada participante, pagará R$ 2. 500.

A paulista Priscila Garcia, mais conhecida por Brisa, que há três meses mora na aldeia, cita que os Índios optaram por não fazer festival ou vivência e sim o Caminho de Cura, para atender grupos menores. ” Dessa forma, o atendimento é mais próximo e individual”.

Ela cita que os recursos oriundos do pagamento feito pelos participantes do Caminho de Cura, em julho, foram usados pra ampliar as redes de água e energia elétrica, existentes na aldeia. A rede da água foi ampliados em cerca de 250 metros do Igarapé até as casas dos indígenas, alcançando um número maior de residências.

O objetivo agora, segundo Brisa, com a edição do Caminho de Cura de novembro, è investir na segurança alimentar dos indígenas. ” O objetivo è que cada família tenha galinheiros para garantir o consumo das aves e dos ovos. Queremos também estrutura para criação de peixe e fortalecer também a produção do artesanato. Esses eventos possibilitam essas melhorias para a aldeia e promovem sim, a cura das pessoas que vem em busca da medicina da floresta”, cita ela, que conheceu o Pajé Reke, em uma pajelança realizada por ele, em São Paulo. ” Conheço pessoas que foram curadas pelo Pajé”, conclui ela.

[email protected] é o contato da Aldeia.

Veja o vídeo feito durante o Caminho de Cura realizado em julho na Aldeia Satanawa.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.