Conecte-se agora

Mudança na Bandeira do Acre não agrada historiador: “aí é de lascar”, lamenta Marcus Vinicius

Publicado

em

Os deputados do Acre se ocuparão em breve de um tema polêmico: a inversão da parte amarela da Bandeira do Acre. Para muita gente isso é coisa de quem não tem o que fazer ante aos imensos problemas vividos pelo Estado. A ideia não é nova mas atualmente tomou corpo no Parlamento Acreano. Para o historiador José Wilson, a cor amarela que fica na parte superior deve ficar na parte inferior junto com a estrela vermelha.

O colega de Wilson, Marcus Vinicius, discorda: ”Vão tentar consertar a bandeira com um erro??? A bandeira original criada por Galvez está no Palácio Rio Branco. Foi a linha diagonal que foi alterada por Epaminondas Jacome. A estrela sempre foi em cima. Ai é de lascar…”, critica Vinicius.

Propaganda

Na rede

Mais de 40 mil devem participar da Procissão de N. Senhora da Glória

Publicado

em

A Comissão Organizadora do 101° Novenário de Nossa Senhora da Glória espera mais de 40 mil pessoas para a festa religiosa que tem como ponto central a Procissão no dia 15 de agosto em homenagem à santa, que é a padroeira de Cruzeiro do Sul.

Uma das organizadoras, Lizane Negreiros cita que ” considerando o fluxo na estrada, a fomentação do turismo e especialmente a tradição da festa, este número poderá ser superado, como acontece todo ano”‘ novenário de 2019 será o primeiro do novo bispo da cidade, Dom Flávio, que está à frente da igreja católica Cruzeirense desde o início de Janeiro deste ano e lidera a organização do evento com o vigário geral da Diocese, padre Francisco e a Comissão Organizadora.

A festa religiosa inclui novenas e missas diárias, fogos, procissão e também a parte comercial, organizada pelo Sebrae, que inscreve e capacita os participantes da Feira realizada após as novenas. Na feira, realizada na Praça Orleir Cameli, em frente à Catedral, haverá 70 barracas com venda de comida e artesanato.

A abertura será no dia 5 as 19 horas na Catedral Nossa da Glória com uma missa celebrada por Dom Flávio, seguida pelo hasteamento das bandeiras e queima de fogos. As novenas começam no dia 6 e serão diárias, bem como as missas. Do dia 06 até o dia 14 as novenas começam as 18.30. No dia 15, a missa terá início às 17 horas e em seguida, a procissão, queima de fogos e show com a cantora Eliana Ribeiro.

Continuar lendo

Na rede

Ilderlei diz que pode ser “plano B” para a disputa do governo

Publicado

em

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, que já entrou com recurso contra a cassação de seu diploma e Inelegibilidade por oito anos, na Justiça Eleitoral, disse que deverá cumprir seu mandato até o fim e que não teme ficar inelegível.

Cordeiro não vê ameaça ao seu futuro político e diz que, além de disputar a reeleição, também poderá ser o “plano B” de seu grupo político para o senado ou até o governo do Estado. Como integrantes de seu grupo ele cita o governador Gladson Cameli, senadores Sérgio Petecão e Márcio Bittar e os deputados federais Wanda Milani, Alan Rick, Jesus Sérgio e Manoel Marcus. Com o vice Major Rocha e a deputada federal Mara Rocha, Ilderlei diz que também tem estreitado relações. Para ele, na política todas as possibilidades devem ser consideradas.

“Se Gladson não for pra reeleição, se não tiver boa aceitação, se algo acontecer com ele, nosso grupo precisa de um plano B. Da mesma forma é no senado. Eu na verdade tenho sim a vontade no meu coração de ser candidato ao senado e para isso, posso ficar dois anos sem mandato, o que não me traria nenhum problema. Nada na política não se faz nada sozinho e tudo deve ser levado em consideração”, afirma

O grupo político, de acordo com Ilderlei, deve estar sempre atento à leitura do momento e usar os quadros políticos de que dispõe. ” Não podemos é ser pegos de surpresa, temos que traçar planos e sempre analisar resultados dentro do grupo”.

No Recurso apresentado na última quarta-feira ao juiz Erik da Fonseca Farhat, Ilderlei, por meio do advogado Marcus Vinícius, pede a revisão da decretação de perda do diploma e da inelegibilidade.

No caso de negativa da decisão monocrática, o caso vai para o colegiado do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Rio Branco e na sequência, Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “Apresentamos muitas provas da minha inocência nesse caso e vamos até o Supremo se necessário”.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.