Conecte-se agora

Governo alivia reestruturação da Eletroacre e propõe adiar universalização da luz elétrica

Publicado

em

Além de vender a Eletroacre a preço simbólico, o Governo Federal tende a prorrogar o ano limite para atendimento a todos os pedidos de novas ligações de 2018 para 2021 da empresa, que foi adquirida pelo grupo Energisa em leilão realizado em 30 de agosto do ano passado.

Para chancelar a proposta, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) abriu audiência pública com a proposta de revisão do plano de universalização rural da empresa.

Nos próximos três anos, contados a partir de 2019, a Eletroacre terá de executar 23.464 ligações no Estado.

Segundo o Canal Energia, a distribuidora solicitou a prorrogação do prazo de universalização até 2022, com a instalação de 24.808 ligações em 22 municípios. O custo estimado é de R$ 460 milhões. A Aneel considera, porém, que o atendimento rural nas cidades de Acrelândia, Bujari, Plácido de Castro, Porto Acre e Senador Guiomard já está universalizado.

Ainda de acordo com CE, por decisão do Ministério de Minas e Energia, a Conta de Desenvolvimento Energético vai custear 75% dos recursos destinados a instalações convencionais e 90% do valor usado em sistemas de geração para empresas da Região Norte. Sem os recursos liberados por meio do Programa Luz para Todos, o impacto sobre a receita da distribuidora ficaria em torno de 15,81%.

A Aneel começa a receber nesta quinta-feira (16) as contribuições dos interessados. No dia 29 de junho encerra-se o prazo. Quem tiver interesse pode se manifestar pelo e-mail [email protected] ou por correspondência para o endereço SGAN Quadra 603 – Módulo I Térreo/Protocolo Geral, CEP 70.830-110, Brasília/DF.

Propaganda

Destaque 5

Homem é condenado por apresentar CNH falsa em blitz

Publicado

em

A 3ª Vara Criminal da Comarca de Rio Branco condenou Edileudo Castro Sampaio por apresentar carteira de habilitação falsa, em blitz realizada na Gameleira. O crime está previsto no artigo 304, combinado com artigo 297, ambos do Código Penal.

O réu alegou, em sua defesa, que tentou tirar a carteira mais de 20 vezes e, como não conseguiu, confessou que dirigia com documento falso. A pena arbitrada foi substituída por prestação de serviço à comunidade, com jornada semanal de seis horas, mais prestação pecuniária de um salário mínimo.

O policial que realizou a abordagem afirmou que o Edileudo entregou o documento e desde o início desconfiou que fosse falso, porque o papel era diferente. “Ele chegou a declarar que era autêntico, então fizemos a pesquisa e constatamos que ele não tinha habilitação”, depôs. A abordagem foi registrada em gravação audiovisual (que foi anexada aos autos processuais), seguida de prisão em flagrante.

O juiz de Direito Raimundo Maia prolatou a condenação. “Conforme os elementos de prova apurados, o acusado fez uso de documento público falso. A confissão colhida confirmou os fatos e o modus operandi, bem como os motivos que o levaram a praticar o ato ilícito”, pontuou o magistrado.

Continuar lendo

Destaque 5

Candidata do interior é eleita Rainha do Rodeio da Expoacre 2019; confira fotos do evento

Publicado

em

A estudante de Psicologia, Amanda Diniz, foi a escolhida para ocupar o posto de Rainha do Rodeio da Expoacre 2019. O evento que decidiu entre 10 candidatas quem seria a grande vencedora ocorreu na noite dessa quarta-feira, 17, num hotel de Rio Branco.

Agora, além de receber diversos prêmios, Amanda irá ostentar a faixa de Rainha do Rodeio durante a maior festa agropecuária do estado, participando da cavalgada de abertura da Expoacre 2019 e do circuito de rodeio. Antes disso, ela passou por várias etapas, como entrevistas com os jurados e sessão de fotos com fotógrafo profissional.

Após o resultado, a vencedora falou que foi uma grande alegria receber a faixa. “Estava concorrendo com belas garotas, mas graças a Deus e também aos jurados, fui escolhida para ser a Rainha do Rodeio da Expoacre 2019. Dedico esse título a todos os acreanos, e de uma maneira especial a minha querida cidade de Sena Madureira”.

Esta foi a 22ª edição do concurso, que é organizado pelos colunistas sociais Roberta Lima e Gigi Hanan, através da Associação dos Colunistas do Acre (ACOS), com a participação da coordenação da Expoacre 2019.

FOTOS DE JAMES PEQUENO: 

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.