Conecte-se agora

Gonzaga sobe na tribuna é só não chama Alysson Bestene de Santo

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

O deputado Luiz Gonzaga (PSDB), da base de apoio do governo Gladson Cameli, subiu na Tribuna da Aleac na manhã desta quarta-feira, 15, e teceu uma série de críticas ao secretário de saúde, Alysson Bestene, sobrinho do deputado José Bestene (Progressistas). Em sua fala, o parlamentar tucano acusou o gestor da saúde de ser incompetente devido a possibilidade do Lar dos Vicentinos de Cruzeiro do Sul fechar as portas por falta de recursos.

Gonzaga lembrou que o parlamento é respeitado pelo governador Gladson Cameli e seu vice, Major Rocha, mas não vem sendo respeitado por alguns secretários. “Felizmente teve uma aproximação com essa casa. O governador já teve aqui, o vice já teve aqui com o secretário da Casa Civil, mas infelizmente mas existem secretários que não dão a mínima importância para o parlamento”, disse o tucano ao apontar Alysson Bestene como o culpado pelo caos instalado na saúde.

O deputado revelou que ligou para o secretário, mas ele não teria atendido a ligação e quando atendeu, disse que estava em reunião na Casa Civil. “Como ele tá na Casa Civil se o Ribamar tá aqui na Aleac?”, questionou Gonzaga.

O parlamentar lembrou ainda que a única ambulância do município do Jordão está há nove meses sem funcionar. “Ninguém resolve. Diziam que não era falta de dinheiro, era falta de gestão. E o que está acontecendo?”, pontuou Gonzaga lembrando ainda que a direção da Maternidade de Cruzeiro do Sul está há 5 meses sem receber salários.

“Isso tem que mudar. Secretário tem que ouvir o governo, tem que seguir o governo. Ele não é dono de cargo”, esbravejou Gonzaga.

O discurso do deputado tucano foi elogiado pelos deputados Roberto Duarte, Jenilson Leite e Edvaldo Magalhães.

Propaganda

Acre

Nicolau Júnior recebe medalha Tiradentes, maior comenda da PM

Publicado

em

Durante visita ao Comando Geral da Polícia Militar do Amazonas, o presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (Progressistas), foi condecorado com a Medalha da Ordem do Mérito Alferes Joaquim José da Silva Xavier, chamada de Tiradentes, da Polícia Militar do Estado do Amazonas, a mais alta comenda da corporação que é concedida pelo governo do Estado às autoridades civis que prestam relevantes serviços à Polícia Militar.

O objetivo da medalha é prestar o devido reconhecimento aos policiais militares do Estado do Amazonas que se destacaram no exercício de suas funções.

A honraria também é destinada a condecorar cidadãos que contribuíram de forma relevante com as atividades desempenhadas pela Polícia Militar e, consequentemente, para a segurança pública do AM.

O parlamentar também agraciado com o Diploma Histórico do Clube do Tiradentes. “É uma honra como cidadão e como parlamentar receber este reconhecimento de uma corporação reconhecida como a Polícia Militar do Amazonas, que existe para zelar pelo bem estar da população. Parabéns a todos que fazem parte dessa importante corporação”, disse o deputado.

Agência Aleac

Continuar lendo

Acre

Pacientes denunciam UPA do 2º Distrito: “Só tem um médico aqui”!

Publicado

em

Indignados com a demora no atendimento médico na Unidade Pronto Atendimento (UPA) do 2º Distrito, internautas entraram em contato com a equipe do ac24horas, para denunciar e pedir atenção do governo do Estado.

Segundo relatos, a UPA conta na manhã deste sábado (21) somente com um médico para prestar atendimento. Os pacientes relataram que muitos estão indo embora para casa, cansados de tanto esperar por socorro médico.

“Estamos aqui desde as 8h da manhã e nada de atenderem a gente. Já vi muitos indo pra casa, porque estão cansados de esperar e acabam desistindo. Isso é uma vergonha. Cadê o governador que não vê isso? Cadê a secretária de saúde que não fiscaliza? Tem gente aqui doente, esquecida nessas cadeiras. Só tem um médico aqui pra fazer tudo, não tem como atender e ficar na emergência”, disse indignada.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.