Conecte-se agora

Em encontro com Gladson, maioria da bancada acreana declara apoio a Reforma da Previdência

Publicado

em

Antes do embarque para os Estados Unidos, onde acompanha o presidente Jair Bolsonaro durante agenda na principal economia do mundo, o governador Gladson Cameli ainda teve tempo em Brasília para sentar com os deputados federais e senadores do Acre para discutir a Reforma da Previdência.

Estiveram presentes o coordenador da bancada federal, senador senador Sérgio Petecão (PSD), a senadora Mailza Gomes (PROGRESSISTAS), o senador Márcio Bittar (MDB), as deputadas Jéssica Sales (MDB), Manuel Marcos (PRB) e Vanda Milani (SOLIDARIEDADE) , e os deputados Flaviano Melo (MDB) e Alan Rick (DEMOCRATAS).

Cameli, apesar de ter enviado à Assembleia Legislativa do Acre uma proposta de reforma administrativa que cria novos 450 cargos comissionados, já afirmou que a Reforma Administrativa é extremamente necessária para que o Acre saia da crise financeira em que se encontra e pode decretar estado de calamidade financeira se ela não for aprovada.

Apesar da população brasileira, segundo pesquisas, ser contra a Reforma da Previdência, o Acre não deve ser problema para que a proposta não seja aprovada. Até agora apenas a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB) se posicionou de forma contrária as mudanças da previdência propostas por Bolsonaro.

“Estamos fazendo os ajustes na máquina administrativa, nos esforçando para profissionalizar órgãos públicos, buscando renegociar as dívidas do Estado e lutando por recursos em Brasília para fazer frente aos problemas e alavancar o desenvolvimento econômico e social do Estado. E a reforma da Previdência é essencial nesse processo. Se a reforma não passar, terei que decretar calamidade financeira do Estado”, comentou o governador.

Propaganda

Destaque 6

Acre registra queda no abastecimento de água

Publicado

em

Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira, 22, mostra que enquanto o fornecimento de água aumentou na maior parte do país, o Acre apresenta uma realizada bem diferente. Os dados são referentes ao ano de 2018 e constatam que o estado registrou redução no fornecimento regular diário de água encanada aos domicílios.

Com relação a frequência no fornecimento de água atualmente, apenas 39,7% dos acreanos aparecem com abastecimento de água diariamente. Do total populacional, 24,6% é abastecido de 4 a 6 vezes por semana e 35,7% recebe abastecimento de 1 a 3 vezes por semana.

Melhoria nesse serviço foi observada em 19 das 27 Unidades da Federação, incluindo o Distrito Federal, mas no Acre, Pará, Amapá, Sergipe, Espírito Santo e Paraná foram identificadas quedas na quantidade de abastecimento.

Conforme os dados, o aumento mais expressivo foi registrado no Distrito Federal, onde 64,4% dos domicílios recebiam água diariamente através da rede. O pior estado no índice de abastecimento de água é o Amapá, segundo a pesquisa.

A pesquisadora ainda destacou que Pernambuco é o estado brasileiro com o menor percentual de domicílios com abastecimento frequente de água, onde apenas 38,6% dos domicílios o têm diariamente, percentual próximo ao do Acre, que ficou em 39,7%.

Continuar lendo

Destaque 6

CGE publica recomendação que suspende contratos com empresas acusadas de fraude em licitação

Publicado

em

A Controladoria Geral do Estado (CGE) publicou no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, 22, uma determinação para que sejam suspensos todos os contratos ativos e proibindo novas contratações com empresas acusadas de fraude em licitação e falsidade de documento público.

A determinação segue uma recomendação do Tribunal de Contas do Estado que se baseou em uma decisão judicial do Tribunal de Justiça do Acre no processo 010011-27.2019.8.01.0000 que orienta o estado a suspender os contratos vigentes e proíbe de realizar novas contratações com as empresas Biolar Import. e Export. Ltda, M. & R. Distribuidora Ltda e Moura & Cia. Ltda.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.