Conecte-se agora

Autoridades tentam descobrir causa do incêndio em posto de gasolina na Cobija

Publicado

em

Desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira, 15, as autoridades bolivianas estão empenhadas em descobrir o que pode ter ocasionado o incêndio em um posto de gasolina localizado ao lado do Parque Piñata na parte alta da cidade de Cobija, capital do estado de Pando, lado boliviano.

O incêndio teve início por volta das 21h40, horário local, em uma das bombas e rapidamente as chamas tomaram conta do posto. Em vários vídeos postados em grupos de internet via celular, se pode ver que pessoas tentam salvar pertences do escritório.

Em menos de uma hora, as chamas tomaram conta de pelo menos duas bombas ao ponto de explodir. Segundo foi levantado, a equipe do Corpo de Bombeiros existente há pouco anos na cidade nada pode fazer para apagar as chamas.

Não há relatos de feridos, apesar de registrar algumas pessoas tentando apagar o fogo por conta própria no local, utilizando extintores para apagar o fogo que alcançou a cobertura do posto e também ocasionou pequenas explosões.

Com informações O Alto Acre

Propaganda

Cotidiano

Quase dois mil motoristas são notificados no mês de maio, informa Detran/Acre

Publicado

em

O Diário Oficial do Estado do Acre (DOE) publicou na terça-feira, 21, uma lista com 1.965 mil motoristas autuados por infração no trânsito pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran/AC). Está disponível a lista completa com as placas dos veículos autuados.

Segundo o documento, o condutor ainda pode recorrer. Para isso, deve preencher um formulário de defesa e apresentar cópia do auto de infração, ou da notificação no DOU com a cópia da página que indica a placa do veículo e entregar, em prazo indicado no DOE, na sede do órgão.

Também se faz necessário que o motorista listado apresente documento original e cópias da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou outro documento de identificação oficial e do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

Continuar lendo

Cotidiano

ETE da Cidade do Povo foi saqueada e moradores estão sem coleta de esgoto

Publicado

em

Inaugurada na gestão do então governador Sebastião Viana, a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Cidade do Povo prometia o que para muitos moradores de Rio Branco é um sonho, a coleta e o tratamento do esgoto sanitário.

Pois o sonho virou pesadelo. Um próprio servidor do Depasa denuncia de que a ETE está fechada, sem funcionar e todos os funcionários foram remanejados para outros setores.

Tudo começou quando a estação passou a ser alvo de furtos. “Até dezembro funcionava normalmente. A partir de janeiro começaram a roubar os fios, as lâmpadas e depois as bombas de tratamento. Levaram tudo. Aí, a direção do Depasa fechou a unidade e tirou todos os servidores de lá”, afirma o funcionário da autarquia que pediu para não ser identificado.

O servidor faz uma denúncia ainda mais grave. O esgoto está sendo jogado sem tratamento no Rio Acre e a situação tende a piorar com a chegada do verão amazônico. “O esgoto tá sendo jogado in natura no rio, sem nenhum tratamento. Com a chegada do verão vai piorar porque vai começar a entupir. Agora, como tá chovendo, a água bate e vai levando tudo. Parando de chover, a situação vai piorar muito”, afirma.

Depois de saquearem completamente a estação da Cidade do Povo, uma nova ETE começa a sofrer com a ação de ladrões. No último domingo, 20, foi registrado um furto de fios de bombas na ETE São Francisco, que fica localizada no Adalberto Aragão. “A preocupação é que aconteça a mesma coisa que aconteceu na Cidade do Povo. O mais preocupante é que essa ETE faz o tratamento do esgoto de todo o centro de Rio Branco. É a maior estação de Rio Branco. O detalhe é que quando começou a acontecer na Cidade do Povo, a direção não tomou nenhuma providência”, afirma.

Diretor do Depasa desconfia dos próprios servidores

À reportagem do ac24horas, Zenil Chaves, diretor-presidente do Depasa, confirmou que a ETE da Cidade do Povo está desativada e que não há previsão para voltar a funcionar. “Quando pegamos no início da gestão, ela já estava sucateada. Estamos levando nossos caminhões “tatuzão” para fazer a desobstrução do esgoto e tentando resolver essa situação”, diz.

Em relação ao furto na ETE São Francisco, Zenil coloca sob suspeição os próprios funcionários do Depasa. “Nós estamos apurando essa situação. Lá é fechado e não tem como sumir nem um fio se o camarada não pegar a chave. Só quem tem acesso são os funcionários. Fizemos um B.O e recebi uma ligação que denunciou que esses roubos estão acontecendo em virtude de situações entre os próprios funcionários. Estamos apurando, vamos ver quem é o responsável e alguém vai ser punido por isso”, afirma Zenil.

Os fios foram furtados de bombas reservas que não comprometem o funcionamento da ETE São Francisco que opera dentro da normalidade.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.