Conecte-se agora

Nova reforma administrativa de Gladson vai criar mais 300 cargos

Publicado

em

Apesar de negar que a nova Reforma Administrativa aumentaria os custos da máquina pública e também não haveria a criação de novos cargos, a reunião com deputados na semana passada e com secretários nesta segunda-feira, 13, fez com o governador Gladson Cameli revisse suas posições.

O texto que chegará na Assembleia Legislativa nesta semana para análise das Comissões e posteriormente para votação, vem com um incremento a mais: a criação de cerca de 300 novos cargos comissionados. Segundo o ac24horas apurou, a nova reforma dará uma acréscimo aos cofres públicos de R$ 3 milhões mensais.

Com a criação de novos cargos, o Palácio Rio Branco terá a partir dos próximos meses o total de 1.200 cargos. A ideia é contemplar parlamentares da base que estavam insatisfeitos e também reestruturar secretarias que serão criadas e outras que serão unificadas.

Na semana passada, após a reunião com deputados, o chefe do Palácio do Rio Branco afirmou em entrevista coletiva que não haveria criação de novos cargos, mas sim a extinção dos cargos de Assessoria Especial, que atualmente são dez. “Extinguindo esses cargos, poderemos criar outros cargos de menor valor sem criar mais custos”, disse.

A expectativa é que os 16 deputados da base de Gladson aprovem a Reforma o mais rápido possível.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas