Conecte-se agora

Nome de Francisco Assis para o Acreprevidência é aprovado

Publicado

em

O nome do servidor público Francisco Assis, que estava respondendo interinamente pelo Instituto Acreprevidência, órgão responsável por gerir as aposentadorias dos servidores públicos, foi aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa do Acre com 20 votos favoráveis a sua indicação.

Servidor de carreira da Força Aérea Brasileira, diretor do sistema financeiro desde a criação da instituição no Estado, Assis defende foco total da equipe econômica do atual governo para equacionar o déficit que mensalmente é de R$ 40 milhões.

LEIA MAIS: Francisco está na Aleac e deverá ser confirmado no Acreprevidência

Ainda de acordo Assis, por mês a folha de aposentados e pensionistas é de R$ 70 milhões. Para o diretor, a reforma da previdência é necessária sob pena dos Estados deixarem de honrar com a folha de pagamento.

Assis substituiu o pecuarista Alércio Dias, que foi nomeado pelo governador Gladson Cameli no início deste ano, cuja análise curricular nem chegou a passar pelo crivo dos deputados da casa. Alércio foi exonerado no mês passado.

Propaganda

Acre

Gavião-real machucado é resgatado por bombeiros em Porto Acre

Publicado

em

Um Gavião-real foi resgatado por uma equipe do Corpo de Bombeiros na tarde dessa quinta-feira, 19, no Ramal São Pedro, localizado no quilômetro 19 da estrada que dá acesso ao município de Porto Acre.

A ave foi encontrada pelo morador da localidade Elias de Sousa. Foi ele que identificou que o animal estava com a asa esquerda machucada. Sem condições de levar a ave até a cidade, ele acionou os bombeiros.

Segundo o Major Falcão, do Corpo de Bombeiros, o animal, também conhecido como Harpya, está ameaçado de extinção. Por isso, a guarnição de salvamento o transportou até o Parque Chico Mendes, em Rio Branco.

Continuar lendo

Acre

CRM diz que médico pode sofrer sanções do código de ética

Publicado

em

A presidente do Conselho Regional de Medicina no Acre (CRM), Leuda Davalos, procurada pelo ac24horas se posicionou sobre a prisão do médico Giovanni Casseb, acusado de envolvimento com a comercialização ilegal de anabolizantes e esteróides.

Segundo Leuda, o profissional pode sofrer um procedimento disciplinar caso haja indícios de infração.”Não temos de detalhes da prisão não sabemos se tem relação com a atividade médica. Se tiver indícios de infração será aberta procedimento disciplinar de acordo nosso código de ética. O CRM/AC analisará de acordo com o que prescreve o código de ética médica. Neste Código estão presentes todas condutas passíveis de análise do Conselho. Com relação ao fato em questão estamos aguardando mais informações para não fazer manifestações inoportunas”, afirmou Leuda.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.