Conecte-se agora

Duarte diz que é incoerente Gladson falar em plano de demissão e depois aumentar CECs

Publicado

em

O deputado Roberto Duarte (MDB) não poupou críticas ao governador Gladson Cameli após tomar conhecimento por meio de reportagem do ac24horas que a Reforma da Administrativa que será encaminhada a Assembleia Legislativa pelo Palácio Rio Branco virá com o aumento de mais 300 cargos em comissão, que somando aos 900 já disponibilizados, somam-se 1.200 CECs.

O parlamentar do MDB já se colocou contra a proposta de aumento de número de cargos e lembrou que em um reunião no começo do ano havia falado para Cameli e membros do primeiros escalão que a aprovação da Reforma Administrativa aprovada em dezembro, no final do governo de Sebastião Viana, havia sido equivocada.

“Em uma reunião no Hotel Pinheiro, a única ao qual fui convidado, no início do ano, eu havia alertado para o governador, os secretários e os deputados estaduais presentes que a reforma aprovada era um equívoco. E afirmei ainda que não daria seis meses para que Gladson enviasse a Assembleia a Reforma da Reforma, como está acontecendo agora”, relatou Duarte.

O emedebista enfatizou a incoerência do governo Cameli é gritante, “pois na semana passada se falava em plano de demissão de servidores, mas nesta já se fala em aumento de CECs. É um circo. Não se entende nada”, criticou.

Duarte relembrou ainda, no período que era vereador de Rio Branco, que todos os projetos que foram encaminhados a Câmara pela prefeitura pedindo a criação de novos cargos, foram rejeitados por ele. “Votei contra todos esses projetos e continuarei votando. Seguirei com a minha consciência tranquila”, frisou o deputado que informou ainda que existe um termo de compromisso assinado pelo governador de que chamaria os excedentes dos concursos da polícia civil e militar.

Propaganda

Destaque 6

Acre registra queda no abastecimento de água

Publicado

em

Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira, 22, mostra que enquanto o fornecimento de água aumentou na maior parte do país, o Acre apresenta uma realizada bem diferente. Os dados são referentes ao ano de 2018 e constatam que o estado registrou redução no fornecimento regular diário de água encanada aos domicílios.

Com relação a frequência no fornecimento de água atualmente, apenas 39,7% dos acreanos aparecem com abastecimento de água diariamente. Do total populacional, 24,6% é abastecido de 4 a 6 vezes por semana e 35,7% recebe abastecimento de 1 a 3 vezes por semana.

Melhoria nesse serviço foi observada em 19 das 27 Unidades da Federação, incluindo o Distrito Federal, mas no Acre, Pará, Amapá, Sergipe, Espírito Santo e Paraná foram identificadas quedas na quantidade de abastecimento.

Conforme os dados, o aumento mais expressivo foi registrado no Distrito Federal, onde 64,4% dos domicílios recebiam água diariamente através da rede. O pior estado no índice de abastecimento de água é o Amapá, segundo a pesquisa.

A pesquisadora ainda destacou que Pernambuco é o estado brasileiro com o menor percentual de domicílios com abastecimento frequente de água, onde apenas 38,6% dos domicílios o têm diariamente, percentual próximo ao do Acre, que ficou em 39,7%.

Continuar lendo

Destaque 6

CGE publica recomendação que suspende contratos com empresas acusadas de fraude em licitação

Publicado

em

A Controladoria Geral do Estado (CGE) publicou no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, 22, uma determinação para que sejam suspensos todos os contratos ativos e proibindo novas contratações com empresas acusadas de fraude em licitação e falsidade de documento público.

A determinação segue uma recomendação do Tribunal de Contas do Estado que se baseou em uma decisão judicial do Tribunal de Justiça do Acre no processo 010011-27.2019.8.01.0000 que orienta o estado a suspender os contratos vigentes e proíbe de realizar novas contratações com as empresas Biolar Import. e Export. Ltda, M. & R. Distribuidora Ltda e Moura & Cia. Ltda.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.