Conecte-se agora

Teimosia em mudar programa pode obrigar Acre a devolver R$ 25 mi

Publicado

em

A insistência do atual Secretário de Produção de Agronegócio (SEPA) Paulo Wadt pode fazer com que o Acre seja obrigado a devolver cerca de 25 milhões de reais ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

É que a antiga Secretaria de Produção Familiar (Seaprof) é co-executora do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Acre (PDSA). Atualmente, há um saldo de cerca de 25 milhões em conta.

O problema é que um levantamento realizado pela atual gestão e também por um consultor do BID apontou falhas na execução do programa no que diz respeito a oferta de assistência técnica.

E aí se encontra o impasse. O financiador, que é o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), já sinalizou que não aceita alterações no programa porque ele já está no final. A própria Secretaria Estadual de Planejamento (SEPLAN) explicou que alterações significativas pode acarretar na negação do banco.

Porém, diante dos resultados considerados negativos, Paulo Wadt não quer continuar com o projeto como vem sendo executado.

Procurado pela reportagem do ac24horas, o governo do estado, por meio de uma nota de esclarecimento, deu a seguinte explicação. “O governo do estado, através da SEPLAN, já negociou a prorrogação de prazo do contrato em questão. O que está negociando agora junto ao BID, é utilização do valor de 25 milhões de uma outra forma, com prioridade na assistência técnica e extensão rural. Queremos e vamos mudar a forma de aplicação porque da forma que a gestão anterior fez, durante 20 anos, foi equivocada e não gerou nenhum resultado significativo para o Acre”.

A última cartada é a elaboração de um documento chamado nota técnica que constará a justificativa de alteração no escopo do programa e será submetido ao BID, que deve responder no final do mês de maio.

Em caso de uma negativa, nem o próprio governo sabe explicar o que irá acontecer, já que o estado sempre seguiu as diretrizes e houve, no máximo, a recomendação de acertos.

Propaganda

Cotidiano

Mostra fotográfica “em defesa da universidade” segue até 31 de janeiro na Ufac

Publicado

em

A mostra fotográfica ´24horas 24 Fotos – em Defesa da Universidade´, do professor do curso de Direito da Ufac, Francisco Pereira com curadoria de Regina Azevedo, está aberta ao público até o próximo dia 31 de janeiro no hall do Núcleo de Controle Acadêmico (Nurca) no campus Rio Branco.

As 24 fotografias mostram cenas de manifestações em defesa das universidades públicas , ocorridas em 15 de maio de 2019, ação que ficou conhecida como #15m.

Continuar lendo

Cotidiano

Mega-Sena acumula e prêmio principal será de R$32 milhões na segunda-feira (21)

Publicado

em

Ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena sorteadas na noite deste sábado (18) em São Paulo no concurso 2.225.

O prêmio, que era estimado em R$ 27 milhões, acumulou. Para o próximo sorteio, que acontece na segunda-feira (21), a previsão de prêmio é de R$ 32 milhões.

Os números sorteados foram: 01-32-37-44-46-47. Para o próximo sorteio, que acontece na segunda-feira (21), a previsão de prêmio é de R$ 32 milhões.

A Quina teve 34 acertadores – cada um levou R$ 81.317,28. Outras 3.100 pessoas ganharam R$ 1.274,09, cada, na Quadra.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas