Conecte-se agora

Rondônia é mais atuante por desembaraço aduaneiro com Peru que o Governo do Acre

Publicado

em

O Estado de Rondônia parece debater a interligação com o Peru pela Rodovia Interoceânica que o Acre. De acordo com o Montezuma Cruz em “Governo de Rondônia busca solução para o transbordo de cargas de exportação entre Brasil e Peru”, esse processo -o transbordo de cargas entre Assis Brasil e Iñapari – prejudica a ampliação de exportações da produção agroindustrial de Rondônia para o Peru, pela Rodovia Interoceânica. “Para seguir viagem até o interior daquele país, especialmente até os portos do Oceano Pacífico, as mercadorias são desembarcadas na aduana, pois os bitrens são impedidos de trafegar em trechos da Cordilheira Peruana”, informa Cruz.

Segundo ele, para diminuir a morosidade nessa operação, o superintendente de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura de Rondônia (Sedi) de Rondônia, Sérgio Gonçalves da Silva, e o coordenador de comércio exterior, Anderson Augusto de Araújo Fernandes, reuniram-se em Brasília com o embaixador peruano Javier Yépez no começo de maio. “Iniciamos conversações e precisamos resolver o impasse o mais rápido possível”, comentou Fernandes ao jornalista. Fernandes fará um relatório da situação. Possivelmente ainda em maio ele viajará de carro para Assis Brasil a fim de acompanhar um bitrem com produtos rondonienses.

O governador Gladson Cameli reuniu-se recentemente com autoridades peruanas tratando de assuntos parecidos. Não se sabe a evolução da audiência.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas