Conecte-se agora

Começam hoje (6) as inscrições para o Enem 2019

Interessados devem acessar a Página do Participante no site oficial para o procedimento

Publicado

em

Interessados em participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 podem realizar a inscrição a partir de hoje (6) na Página do Participante. Conforme o edital, é necessário informar, entre outros dados, o número de CPF, data de nascimento, endereço de e-mail único e válido, além de telefone para contato.

Podem fazer o exame estudantes que estão em vias de conclusão do Ensino Médio neste ano ou que já finalizaram esta etapa. A inscrição no Enem 2019 deve ser feita por todos os interessados, inclusive por quem foi contemplado com a isenção. Participantes que não obtiveram o benefício devem arcar com a taxa de R$ 85, que deve ser paga até o dia 23 de maio. As provas estão previstas para acontecer nos dias 03 e 10 de novembro, dois domingos consecutivos.

Treineiro

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) também permite a inscrição de “treineiros”, como são chamados os participantes que concluirão o Ensino Médio após o ano letivo de 2019 ou que não estão cursando e ainda não concluíram esta etapa.

Saiba mais: quem são os treineiros do Enem

Saiba mais: como funciona a inscrição do treineiro do Enem

De acordo com o edital, “o participante ‘treineiro’ estará submetido às mesmas regras que os demais participantes, exceto quanto à divulgação dos resultados, que por ser para fins de autoavaliação de conhecimentos, serão divulgados 60 (sessenta) dias após a divulgação dos resultados do Exame”.

Acesso ao Ensino Superior

O resultado do Enem 2019 pode ser utilizado para se inscrever nos programas de acesso ao ensino superior. Confira abaixo:

SiSU: o Sistema de Seleção Unificada acontece duas vezes ao ano e seleciona estudantes que cursarão a graduação em Instituições de Ensino Superior (IES) públicas do país. Na primeira edição deste ano, o SiSU 2019 ofertou 235 mil vagas em 129 IES.

Prouni: o Programa Universidade para Todos (Prouni) oferece bolsas de estudo parciais e integrais em instituições privadas de ensino superior do país. Em geral, acontecem duas edições por ano e, no início deste ano, foram ofertadas 243.888 vagas em 1.239 faculdades do Brasil. Entre os critérios adotados para a concessão de bolsa estão a nota do Enem e a renda de cada candidato.

Fies: o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) permite a contratação de um “empréstimo” para o estudante cursar a graduação em instituições privadas. O financiamento pode ser concedido por meio do Ministério da Educação (MEC), a juros zero, ou por meio de instituições financeiras, com juros definidos pelas mesmas.

Agência Educa Mais Brasil

Propaganda

Acre 01

Sem peruanos, Alcolumbre garante apoio de rodovia até o Peru e ponte de Rodrigues Alves

Publicado

em

A segunda agenda do Presidente do Senado, Davi Alcolumbre, que era um Encontro Bilateral entre empresários peruanos e brasileiros, foi realizado no Sesc sem nenhum representante do país vizinho.

Aos empresários e políticos acreanos, Alcolumbre reafirmou o compromisso do Governo Federal e do Congresso, em viabilizar a construção da rodovia, que conta com 120 km do lado brasileiro a partir de Mâncio Lima até Pucallpa, no Peru.

Alcolumbre assegurou que além dos R$ 7 milhões já garantidos no Orçamento da União de 2020 para a elaboração do Projeto de Viabilidade Técnica da interligação, o governo federal vai repassar recursos para a execução do projeto executivo da Ponte que liga Cruzeiro do Sul  à Rodrigues Alves, visitada pela comitiva. A ponte também é parte do projeto de interligação transfronteiriça.

“Minha presença garante que o Governo e Congresso reconhecem a importância dessa obra para o Acre e para o Brasil. Esse dos acreanos agora inclui todo o Brasil”, citou Alcolumbre.

Para o governador Gladson Cameli, o compromisso, do Congresso torna o projeto cada vez mais viável. “Nós vamos fazer os projetos da rodovia e da ponte separadamente para não haver entraves. Vamos fazer uma Rodovia Ecológica até o Peru e agora a certeza é maior ainda”.

O senador Márcio Bittar que viabilizou a vinda de Alcolumbre ao Acre, cita que as leis ambientais “terão que ter flexibilidade para não atrapalhar esse projeto. Os peruanos têm portos mas não tem escala de produção. Nós temos escala, então vamos juntar tudo isso e fazer uma rota de desenvolvimento”.

Continuar lendo

Extra Total

Base de Socorro Neri aprova orçamento de R$ 1 bilhão sob acusação de inconstitucionalidade

Publicado

em

A base da prefeita Socorro Neri (PSB) tratorou a oposição na manhã desta quinta-feira (05) ao aprovar por 11 votos a 4 o Projeto de Lei Complementar de Nº (17/2019) que trata sobre a Lei Orçamentária Anual (LOA) que prevê para o exercício de 2020 arrecadação de R$ 1.030.152.281,00 do Município de Rio Branco.

Em comparação com à Lei Orçamentária Anual de 2019, o ac24horas, constatou que houve um aumento de aproximadamente R$ 200 milhões. A LOA de 2019 foi estimada em R$ 829 milhões.

O vereador Emerson Jarude (sem partido) foi à Tribuna afirmar que ficou surpreso pela Mesa Diretora da Câmara ter colocado a LOA para votação de última hora e destacou que o projeto tem vícios de inconstitucionalidade.

“No Artigo 8º fica autorizada a reprogramação e remanejamento dos programas, projetos, atividade e categoria econômica (Categoria econômica, Natureza da Despesa, Modalidade de Aplicação e Elemento de despesa) entre órgãos do Poder Executivo, desde que não alterem o valor final do Orçamento e sejam aprovados por ato do Chefe do Poder Executivo Municipal’. Esse Artigo 8º é um cheque em branco para prefeita. Na Constituição Federal é proibido a transposição ou a transferência de recursos de uma categoria para outra ou de um órgão sem autorização previa da casa legislativa. É claro que precisa da autorização desta Casa, e isso traz mais transparência. Mas infelizmente, o orçamento anual de 2020 tá vindo com esse vício e nos estaremos aqui dando poderes absolutos para a prefeita. Eu digo isso não só porque sou independente não, um dia vocês podem ser oposição, vocês estão tirando o poder de fiscalização dos vereadores e dando tudo para prefeita”, disse indignado.

O vereador N. Lima (PSL) destacou uma conversa com a Procuradoria Geral da Câmara, no qual deu um orientação quanto ao Artigo 8º e que o mesmo tira o poder de fiscalização dos vereadores.

O líder da prefeita, Rodrigo Forneck (PT), saiu em defesa e alegou que o LOA seguiu todo o rito necessário e que contou com Audiência Pública com a participação de vereadores e da população na Câmara.

Forneck relatou que, caso Jarude, queira pode até judicializar o Artigo 8º citado acima ao defender que o mesmo não tira direito de fiscalização de nenhum vereador.

Vereadores que votaram a favor da LOA 2020:

Artêmio Costa (PSB), Célio Gadelha (PSDB), Raimundo Neném (Podemos), Rodrigo Forneck (PT), Jackson Ramos (PT), Laércio da Farmácia (PRB), Juruna (Avante), Clézio (PSDB), Elzinha (PDT), Railson Correia (Podemos) e Lene Petecão (PSD).

Vereadores que votaram contra a LOA 2020:

João Marcus (MDB), Jarude (sem partido), Dankar (PT) e N Lima (PSL).

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.