Conecte-se agora

Pacientes do Hospital do Câncer protestam na Aleac; veja o vídeo

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

Pacientes que fazem tratamento de câncer no Hospital do Câncer em Rio Branco, a Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon), superaram as dores físicas e foram pedir socorro aos deputados estaduais durante a sessão desta quinta-feira, 02, na Assembleia Legislativa.

O grito de socorro é de quem enfrenta a difícil doença e além de lutar contra um câncer é obrigado a conviver com o descaso do poder público. As pacientes denunciam falta de medicamentos e até, acredite, de um atendimento humanizado por parte até dos médicos.

“Estamos a mercê da sorte. Estamos reivindicando um atendimento com mais qualidade, começando pela situação da estrutura física do prédio. O teto só falta cair nas nossas cabeças. Não tem sequer um bebedouro com água. O atendimento é muito ruim desde a recepção. Alguns médicos nos tratam muito mal, bem diferente de quando nos atende em seu consultório particular”, afirma Jovelina Nava, que faz tratamento contra um câncer de mama.

O mais grave é que, segundo a denúncia, crianças, mulheres e homens estão morrendo por falta de tratamento.

“Temos aqui várias pessoas com comprovantes de compra de medicamentos, não tem uma simples seringa e não tem verba para o TFD. Esse problema vem de muito tempo e todos os dias morrem gente por falta de tratamento”, acrescenta Jovelina.

Por falta do tratamento de radioterapia, muitos pacientes são obrigados a fazer o tratamento na unidade do Hospital de Amor em Porto Velho. Os pacientes relatam a diferença em relação ao Hospital do Câncer do Acre.

“O tratamento em Porto Velho é completamente diferente. Chegamos lá e somos bem atendidas com humanidade do portão até a sala do médico. Eu fui vítima do Unacon. Comecei, mas como o tratamento demorou muito a doença voltou. Eu disse que nunca mais pisava no Unacon e graças à Deus eu consegui e estou fazendo tratamento em Porto Velho. Estamos pedindo socorro pelas crianças, homens e mulheres que estão morrendo por falta de tratamento no Hospital do Câncer do Acre”, diz Maria de Fátima Oliveira.

video

Propaganda

Acre

Horas após acidente, moradores tiram fotos e selfies com o Hárpia 1

Publicado

em

Horas após o acidente que envolveu um caminhão baú e o helicóptero Harpia 1 em Rio Branco, o local se tornou uma espécie de ponto turístico. O acidente ocorreu por volta da manhã deste sábado (18) e o estado da aeronave chamou a atenção dos curiosos.

A aeronave está parada no meio do BR 364, próximo ao posto Correntão. Os moradores que passaram pelo local do acidente decidiram aproveitar o momento para registrar por meio de fotos e selfies com a aeronave.

Alguns internautas, em tom de brincadeira, sugeriram que o local do acidente vire um ponto turístico de Rio Branco.

Continuar lendo

Acre

Anac envia equipe para investigar acidente de helicóptero

Publicado

em

O coordenador do Centro Integrado de Operações Área (CIOPAER), Maik Souza, em entrevista ao ac24horas, relatou que uma equipe do Serviços Regionais de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA) 7 está sendo enviada para o Acre para investigar o acidente ocorrido na manhã deste sábado (18) com o helicóptero Harpia 1, mais conhecido como “Estrelão”.

Segundo Souza, os procedimentos acerca do acidente já foram adotados e o órgão responsável pela investigação SERIPA já foi acionado. O órgão é responsável juntamente com Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) pela investigação do caso.

De acordo com Souza, o contrato de manutenção e de seguro da aeronave está em dia.

“Todos eles já foram acionados. Estamos esperando somente o procedimento das duas seguradoras, no caso da Seripa para prevenção de acidentes e também da seguradora da aeronave para cobrir o prejuízo”, afirmou.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas