Conecte-se agora

Epitaciolândia realiza II edição da Feira Cultural

Publicado

em

A prefeitura municipal, através da Secretaria de Esportes e Cultura, realizou a II Feira Cultural de Epitaciolândia. A tenda contou com infraestrutura e barraquinhas de artesanatos e comidas típicas. Além disso, ocorreram desfiles para escolha da Garota Cultural 2019.

Para a Secretária de Esportes e Cultura, a Feira é um espaço que visa oferecer oportunidades para vendedores ambulantes e artesãos.

“Sempre estamos buscando alternativas para que nossa população possa ter oportunidades de expor e vender seus produtos, por isso criamos a Feira Cultural”, salientou Maria Ducarmo Flores.

Segundo a prefeitura, os jovens ainda tiveram um espaço para mostrar suas habilidades culturais.

Propaganda

Cidades

Câmara de Cruzeiro do Sul concede títulos de cidadãos para 14 pessoas

Publicado

em

Em Sessão Solene na noite desta quinta-feira, 5, no auditório do Senac, em Cruzeiro do Sul, a Câmara de Vereadores entregou Títulos de Cidadão Cruzeirense para 14 pessoas.

Entre os agraciados, advogado, engenheiro, cronista esportivo, o comandante da PM local, Major Evandro Bezerra, delegado Alexnaldo Batista e o diretor de Polícia Civil no Acre, Henrique Maciel, que já atuou como delegado de polícia em Cruzeiro do Sul.

Para o presidente da Câmara, vereador Clodoaldo Rodrigues, a concessão do Título de Cidadão Cruzeirense “é uma forma da Câmara homenagear pessoas que de alguma forma contribuíram para o desenvolvimento da cidade em sua área de atuação”.

Continuar lendo

Cidades

História de Rio Branco: SBORBA foi fundado por operários à margem do lazer na capital

Publicado

em

Em sua última edição, o projeto Patrimônio Curioso, da Fundação Garibaldi Brasil, traz luz à história da SBORBA, a Sociedade Beneficente dos Operários de Rio Branco, clube pouco conhecido dos jovens da capital.

O clube foi fundado em 1948 por pedreiros, carpinteiros, ferreiros, mecânicos e demais trabalhadores avulsos que prestavam serviços em obras do Governo, e tinha como propósito propiciar lazer aos trabalhadores discriminados nos clubes da alta sociedade acreana.

Atualmente com 71 anos, o clube já foi palco de diversas comemorações e já teve diversas autoridades dançando o tradicional bolero, valsa, forró e samba. Além das festas, o SBORBA também oferecia cursos de datilografia, pintura em tecidos, bordados e crochês.

“Há muitos anos, o clube permaneceu com suas normas desde a vistoria dos frequentadores na entrada, até a dança muito agarrada dos casais. Se o casal não se comportasse, era convidado a deixar a festa. Mas isso não acontecia com os visitantes, e sim com os sócios que já conheciam as regras da casa. Tudo era tratado sempre com muito respeito e responsabilidade. As festas, até os dias de hoje, são realizadas aos sábados, sempre regada de muita música e dança”, lembra o Patrimônio Curioso.

Saiba mais em: https://www.facebook.com/fundacaogaribaldibrasil/photos/a.592032260869681/3419897631416449/?type=3&theater

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.