Conecte-se agora

Acreano tem de bancar R$ 357 para cobrir rombo da previdência

Publicado

em

O déficit previdenciário do Acre é de R$ 300 milhões com custo de R$ 357 para cada acreano. Esse valor é o menor do País, mas reflete uma situação negativa e que, pela sua própria natureza, só piora se não forem feitos ajustes regulares. Os dados tem como base o ano de 2017 e foi produzido pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). A entidade realizou um trabalho com estatísticas previdenciárias que refletem a tendência de degradação das contas nos Estados.

Além disso, o Acre tem quatro de suas 22 cidades onde o número de aposentados é igual ou maior que o de trabalhadores na ativa. Em Sena Madureira tem 1,5 aposentado para cada pessoa trabalhando. Feijó, Cruzeiro do Sul e Tarauacá a proporção é de 1/1. Os demais, tem menos -algo entre 0,2 a 0,9/1.

No país, uma em cada três cidades já tem mais aposentados do INSS que trabalhadores com carteira assinada, que contribuem para o Regime Geral da Previdência Social.

O governador Gladson Cameli está seriamente preocupado com a questão e está promovendo mudanças no Acreprevidência. Os últimos anos foram especialmente cruéis e agravaram o panorama fiscal do Acre: em 2017, o gasto com pessoal foi a 63% da receita corrente líquida, bem acima do limite prudencial estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Em 2018, voltou a baixar, mas todo cuidado é pouco. “Em 2016, auge da crise econômica, entre as 27 unidades da federação, apenas duas ultrapassaram o limite máximo de despesa: RJ e RN. Em 2017, esse número subiu para quatro (RJ, TO, AC e RR). Já em 2018, foram cinco estados gastando acima do limite legal (MG, MT, TO, RR e PB)”, relata a Firjan.

No todo a situação não é brincadeira, mas há uma parte que Gladson terá de mexer que pode constituir-se em um vespeiro: no Acre, a remuneração de um trabalhador ativo é cerca de R$1.000,00 menor que o de um aposentado. Enquanto um aposentado ganha média de R$4 mil o trabalhador ativo recebe R$3 mil. O Acre está entre os 14 Estados onde essa situação prevalece.

Propaganda

Acre

Atlético conquista primeira vitória no Campeonato Brasileiro

Publicado

em

FOTOS: SÉRGIO VALE 

Foram necessários oito jogos para que o Atlético Acreano conseguisse sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro da Série C.

Jogando no estádio Florestão, o Galo Garijó, venceu, de virada, o Tombense de Minas Gerais por 2 a 1.

O time acreano saiu perdendo. Aos 16 minutos do primeiro tempo Judivan fez um a zero para o time mineiro. Os gols da virada só saíram na segunda etapa quando aos 30 minutos Diogo e empatou e quando 5 minutos depois Weverton fez o gol da virada.

Com a vitória, o Atlético chegou aos 7 pontos e apesar de permanecer na zona de rebaixamento, na penúltima colocação do grupo, o time acreano está apenas a 3 pontos da zona de classificação à próxima fase da competição.

O próximo compromisso do time acreano é fora de casa contra o Luverdense em Lucas do Rio Verde, interior do Mato Grosso, no próximo domingo.

FOTOS: SÉRGIO VALE 

Continuar lendo

Acre

Para governo, mortes violentas continuam em queda no Acre

Publicado

em

Com base no ranking dos estados com maior índice de mortes violentas do país, o Acre segue apresentando redução no número de homicídios, saindo da segunda colocação para a nona. É o que afirma o governo do estado com informações levantadas pela ferramenta criada pelo site de notícias G1, para o acompanhamento de crimes contra a vida nos 26 estados e o Distrito Federal. Os dados foram divulgados esta semana e comparam o primeiro quadrimestre de 2019 ao mesmo período do ano passado.

Segundo os dados, em 2019, no mês de janeiro, foram registradas 32 mortes violentas. Já em fevereiro foram 29, em março 25 casos e em abril, 22. No mês de janeiro do ano passado foram relatados 51 homicídios, em fevereiro 30, março 29 e no mês de abril 34 mortes violentas.

A queda do número de mortes violentas em todo o Brasil foi de 23%. O Acre está com média superior à média nacional, com 25% no índice de reduções.

Agência de Notícias do Acre

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.