Conecte-se agora

Feira do Peixe movimenta Ceasa e mercados públicos da Capital

Publicado

em

A prefeita Socorro Neri acompanhou na manhã desta quinta-feira, 18, o andamento da Feira do Peixe na Central de Abastecimento de Rio Branco (Ceasa), Mercado da Estação Experimental e também no Panorama-Quixadá.

Como nas edições anteriores, a Quinta-Feira Santa foi um dos dias de maior movimentação e procura por pescados nos oito locais onde a feira é realizada. A professora Jailene Soares acordou cedo para garantir todos os ingredientes que serão utilizados no preparo do almoço da sexta-feira da paixão e também do domingo de páscoa.

“Peixe assado, moqueca, peixe cozido, o que não vai faltar em casa esses dias é peixe. Não só o pescado está com qualidade excelente, mas também todas as verduras, legumes e frutas. Eu recomendo muito que as pessoas comprem na Feira do Peixe os seus produtos”.

E se os consumidores estão satisfeitos com a qualidade e os preços do pescado e produtos hortifrutigranjeiros, o mesmo também pode ser dito dos produtores, que se preparam para que não falte peixe na mesa de ninguém. É o caso do seu Alexandre Medeiros da região do Panorama-Quixadá. “Tá indo tudo muito bem, dentro das nossas expectativas e eu espero que até amanhã ao meio-dia, quando ainda estaremos aqui, muita gente ainda nos procure”.

A expectativa da Secretaria de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Econômico de Rio Branco (Safra) é que até amanhã, sexta-feira, 19, quando se encerra a feira, sejam comercializadas 120 toneladas de pescado e 300 toneladas de produtos hortifrutigranjeiros. Para este ano, a estimativa é de que o evento movimente entre R$ 2,5 e R$ 3 milhões. São aproximadamente 100 piscicultores e produtores envolvidos. “A gente tem andado pelas feiras, mercados e estamos observando que tanto os produtores quanto os consumidores tem dado um sinal positivo, dizendo que os produtos ofertados são de qualidade, os preços acessíveis e que a Feira do Peixe tem sido um sucesso”, destacou o secretário de Agricultura da capital, Elyson Ferreira.

Durante a visita, a prefeita Socorro Neri conversou com consumidores e produtores que relataram o sucesso desta nona edição da Feira da Peixe, com a organização e cuidado que a Prefeitura teve com os espaços. “Os produtores se organizam para esse momento, a população também já aguarda com ansiedade porque sabe que na Feira vai encontrar peixe com boa qualidade, boa procedência. E tudo isso com preços razoáveis, bom para quem compra e também para quem vende”, disse Socorro Neri.

Além da Ceasa, Mercado da Estação Experimental e da região do Panorama-Quixadá, a Feira do Peixe também é realizada nos Mercados Elias Mansour, Rui Lino, Seis de Agosto, na avenida Amadeo Barbosa e Conjunto Universitário. Cerca de 120 mil pessoas devem passar por esses locais até esta sexta-feira.

Propaganda

Destaque 5

Petecão promove debate em Rio Branco sobre a desburocratização do Licenciamento Ambiental

Publicado

em

 

Além de aliviar os efeitos da burocracia, a ideia do senador é incentivar o aumento da produção agropecuária e investimentos no estado que deverão gerar mais renda e emprego.

A capital acreana sediará um importante debate sobre o Marco Regulatório do Licenciamento Ambiental, na sexta-feira (31/05). A audiência pública foi proposta e aprovada pela Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado Federal, a pedido do senador Petecão. O encontro será realizado na Assembleia Legislativa do Estado do Acre com a presença de diversas entidades e autoridades que discutirão a desburocratização do licenciamento ambiental. Petecão é o relator do Projeto de Lei nº 168/2018, que trata do tema, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

De acordo com o senador, é extremamente importante aprofundar o debate sobre o Marco Regulatório da Licença Ambiental junto à sociedade e setores afetados, uma vez que as regras atuais engessam e aumentam o custo de iniciativas que geram desenvolvimento aos municípios, ao estado e ao país.

O senador destacou que além de agricultores e pecuaristas, a cobrança do licenciamento interfere ainda na realização de obras, como a construção de pontes e ramais.

“Entendo que rever o licenciamento ambiental é de fundamental importância para o país. Nós, que moramos na Amazônia, e as pessoas que conhecem a nossa realidade, sabemos das dificuldades enfrentadas em razão deste tema. É preciso ter coragem para enfrentarmos esse debate e levarmos para frente esse desafio”, disse o senador.

Continuar lendo

Destaque 5

Gladson Cameli participa da Rondônia Rural Show e abre as portas do Acre para o agronegócio

Publicado

em

O governador Gladson Cameli participou na manhã desta quarta-feira, 22, da abertura da oitava edição da Rondônia Rural Show, a maior feira de agronegócios da Região Norte realizada na cidade de Ji-Paraná (RO), que acontece até o sábado 25.

Reunindo grandes, médios e pequenos produtores rurais, as maiores empresas do setor em todos seus segmentos, e com a participação de dez países para rodadas de negócios, o evento é mais uma oportunidade para o governador Gladson Cameli apresentar o Acre como propício a investimentos no agronegócio, uma de suas principais bandeiras de campanha e esperança para geração de emprego e renda no estado.

“Unidos somos muito mais fortes. As pessoas quando falam de Amazônia, só falam de preservação. O Acre está aberto para o agronegócio, a pecuária, a soja, a industrialização. E quem quiser investir, pode ir com toda a segurança que o Estado dará. A nossa ideia é seguirmos esse modelo de desenvolvimento, adotado por Rondônia, porque temos tudo para fortalecer nossa economia”, destaca o governador.

Fazendo questão de visitar o estande do governo do Acre dentro da feira antes mesmo da abertura, o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, fez questão de frisar a amizade com o governador Cameli. Ele exaltou a participação do estado como um grande parceiro.

“Vamos esperar o retorno dessa Rondônia Rural Show e ver como ela vai se comportar, mas hoje já vemos que ela está muito mais ligada a outros locais do Brasil e do mundo como a anterior. O que o governador Cameli falou é extremamente importante, não é só crescer o Acre, ou crescer só Rondônia. Quando nos juntamos, o que desenvolve é nossa região como um todo”, conta Marcos Rocha.

A Rondônia Rural Show é uma feira exclusivamente de negócios. Só em 2018, ela movimentou R$ 533 milhões, com expectativa de R$ 700 milhões este ano. Cerca de 500 expositores entre empresários e órgãos públicos estão presentes, numa expectativa de público que supere os 80 mil visitantes do ano passado.

O governador Gladson Cameli participa da feira, interagindo entre rodadas de negócios com empresários locais e investidores internacionais. Na aproximação com o governo de Rondônia, ele destacou ainda conquistas como a ponte sobre o Rio Madeira, uma de suas maiores bandeiras ainda como senador, e a recente conquista da recuperação da BR-319, que se liga a BR-364 em Rondônia, indo do Oceano Atlântico, ao Pacífico pelo Acre.

“É aquecer a economia, renda, unindo discursos e respeitando as leis. Essa é a nossa vontade”, ressaltou o governador Cameli.

Primeira-dama e secretários presentes

Acompanharam o governador do Acre, a primeira-dama do estado, Ana Paula Cameli, os secretários de Produção e Agronegócio, Paulo Wadt, o de Indústria, Ciência e Tecnologia, Anderson Abreu, e a secretária de Comunicação, Silvânia Pinheiro.

Para Paulo Wadt, a feira é muito importante, porque além do reconhecimento como uma das maiores do agronegócio, para o governo do Acre ela mostra o potencial da região. “O governador Gladson nos trouxe para ver a magnitude da feira e sensibilizar o acreano sobre a força do agronegócio como fonte de renda e desenvolvimento”, frisou o secretário.

Já o secretário Anderson Abreu completa: “Neste evento encontramos os parâmetros de organização para que possamos levar para nossa feira em julho no Acre. Estamos vendo muitas tecnologias inovadoras para o agronegócio, temos muitas indústrias implementadas aqui em Rondônia e vamos estabelecer a parceria com o Acre porque estamos tendo atrativos fiscais e ambientais, que temos certeza que atrairão os empresários”, disse Anderson.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.