Conecte-se agora

Pecuária de larga escala cresceu 126% em 20 anos e pôs Rio Branco entre os 50 maiores criadores

Publicado

em

Os governos do PT podem ser acusados de tudo menos de empatar o agronegócio no Acre. Não quando se fala na pecuária industrial, segmento que dispõe de 1.419.137 hectares em pasto distribuídos por 22.640 fazendinhas e fazendonas de 20 a 2,5 mil hectares para criação de 2.807.088 bovinos e bubalinos, nada menos que o 14º maior rebanho brasileiro com crescimento de 21,21% em dez anos -o quinto maior para o período. Ganha do Rio de Janeiro, Ceará, Espírito Santo, Pernambuco, Piauí, Amazonas, Paraíba, Alagoas, Sergipe, Rio Grande do Norte, Roraima, Distrito Federal e Amapá.

No Acre são 3,4 bois para cada habitante. Ao contrário do que sugere o senso comum, foi, por exemplo, nos governos petistas que o rebanho bovino cresceu ao ponto de colocar Rio Branco no seleto grupo dos 50 maiores rebanhos do País e virar referência no Beef Report – O Perfil da Pecuária no Brasil, talvez um dos mais conceituados relatórios da atividade no mundo. O documento é divulgado anualmente pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes Bovinas (Abiec).

É na capital do Estado onde a pecuária de larga escala mostra todo o potencial adquirido em duas décadas de discreto fomento. Em duas décadas, de 1998 a 20-8, o rebanho do município de Rio Branco cresceu 127,02%. Ocorreram perdas mas são compensadas com o cálculo do longo prazo.

Os dados nacionais sobre exportações corroboram a força da pecuária na economia dos Estados. As exportações brasileiras de carne bovina seguem aquecidas em 2019. De acordo com os dados da Abiec, de janeiro a março desse ano, os embarques somaram 405.668 toneladas, crescimento 2,6% em relação as 395.536 toneladas no mesmo período do ano passado. Trata-se do melhor início de ano dos últimos 12 anos. Em receita, as vendas do período somaram US$ 1,51 bilhão, redução de 5,6% ante a receita de US$ 1,60 bilhão no primeiro trimestre de 2018.O Brasil encerrou o ano de 2018 registrando crescimento no Produto Interno Bruto (PIB), que atingiu R$ 6,83 trilhões. No mesmo período, o PIB da pecuária somou R$ 597,22 bilhões, 8,3% acima dos R$ 551,41 bilhões apurados em 2017. Com isso, o PIB da pecuária elevou para 8,7% sua participação no PIB total brasileiro.

Nesta quarta-feira (17) não foram localizados representantes dos segmentos envolvidos para comentar o levantamento da Abiec.

O ex-secretário de Agropecuária do Acre, José Reis Meireles, comemorou os números: “Parabéns aos que acordam cedo e fazem da labuta diária o sustento de suas famílias e desse país”, disse.

Propaganda

Destaque 7

Dupla invade barbearia e assalta clientes no bairro Abraão Alab

Publicado

em

Dois criminosos armados entraram numa barbearia de Rio Branco, localizada no bairro Abraão Alab, na noite dessa sexta-feira, 19, e anunciaram um assalto. Imagens da câmera de segurança mostram o momento em que a dupla rende clientes e funcionário do local e saem tranquilamente depois de roubar celulares, dinheiro, bolsas e carteiras.

Segundo a polícia, um dos funcionários foi rendido junto a quatro clientes que estavam no local. Uma idosa conseguiu escapar dos bandidos sem ser roubada. Os acusados fugiram levando todo o dinheiro do dia lucrado pela barbearia.

Equipes da Polícia Militar informaram que pouco depois a dupla foi localizada e presa. A arma usada no crime também foi apreendida pelos militares.

Continuar lendo

Destaque 7

Dupla em moto ataca grupo e fere adolescente com um tiro

Publicado

em

Mais uma tentativa de homicídio foi registrada na capital. O adolescente L.S.F de 17 anos, foi ferido com um tiro na perna na noite desta quinta-feira (18) na rua Rio Grande do Sul, no bairro Aeroporto Velho, região da Baixada da Sobral, em Rio Branco .

Segundo informações da polícia, a vítima estava conversando com amigos na rua, quando dois homens não identificados em uma motocicleta se aproximaram e o garupa efetuou cerca de 8 tiros contra eles. Na hora da ação dos criminosos, os amigos correram e o adolescente L.S.F de 17 anos, foi atingido na perna esquerda.

A viatura do Samu encaminhou o menor ao Pronto Socorro de Rio Branco em estado de saúde estável.

A Polícia Militar esteve no local e após colher as características dos criminosos e da moto, fizeram rondas na região, mas os autores do crime não foram encontrados.

O caso segue sob investigação da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.