Conecte-se agora

Ossada encontrada em Assis Brasil pode ser de colono assassinado pelo genro

Publicado

em

Autoridades da Polícia Civil foram acionados na noite da última terça-feira, 16, para verificar uma ossada humana encontrada no Rio Xapuri, no município de Assis Brasil. O local é próximo de onde ocorreu um assassinato envolvendo o genro e a ex-esposa de Rosildo de Oliveira da Silva, de 56 anos, morto há quase um mês.

Segundo informações, a ossada foi localizada pelos próprios familiares da vítima, que estavam passando de barco pelo rio. O esqueleto foi resgatado e os parentes da vítima e comunicaram às autoridades. A polícia se deslocou ao local com uma equipe para transladar a ossada ao IML, em Rio Branco, a fim de tentar identificar, através de exame de DNA.

Acredita-se que realmente sejam os restos mortais de Rosildo, já que a ossada estava intacta e tinha um relógio em um dos braços, que foi reconhecido pelos parentes de Rosildo.

Segundo o delegado que está cuidando do caso, Luís Tonini, se acredita que possa estar fechando esse caso com o resultado do DNA nos próximos dias.

Entenda o caso

Rosildo teria ido até a casa de seu genro Francisco Antonio Lima Lumbo, vulgo “Chico”, de 27 anos, onde teriam tido uma discussão. Depois de 10 dias, familiares foram até a delegacia para noticiar o seu sumiço. Desconfiavam do pior, uma vez que os dois tinham problemas pessoais.

Depois que uma equipe de policiais civis e militar foram até a casa do genro, descobriram que ele havia matado o sogro com vários tiros de rifle 22 e depois jogado o corpo no rio.

Pouco dias depois, outra diligencia foi até a zona rural de Assis Brasil, para deter a ex-mulher da vítima desaparecida, Elenilda de Queiroz e Queiroz, de 45 anos. Foi descoberto ela teria participação direta no crime, premeditando com o genro e fornecendo a arma.

Os dois teriam ido até a casa para matar Rosildo, já que tinham desavenças e queriam ‘acertar as contas’. Elenilda teria ajudado a enrolar o corpo e jogaram no rio para tentar se livrar do crime. O atual companheiro da mulher também foi detido pelo delito de porte ilegal de arma.

Caso se confirme o DNA, se acredita que a ex-mulher e o genro irão a Juri popular e poderão ser condenados pela Justiça.

Com informações O Alto Acre.

Propaganda

Cidades

Em Rondônia, governo do Acre se reúne com presidente da Câmara de Comércio do Brasil-China

Publicado

em

No encerramento do primeiro dia da Rondônia Rural Show, 22, representantes do governo do Acre aproveitaram as oportunidades da maior feira de agronegócios da região Norte para se reunirem com o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-China, Charles Tang.

Presente no evento para estreitar as relações comerciais na região, Tang é um conhecido defensor de que o Brasil reúne condições para aprimorar ainda mais suas relações comerciais com a China. Ele destacou que o superávit do Brasil no comércio chinês foi de 29 bilhões de dólares só no ano passado, enquanto o país asiático pretende investir mais de 250 bilhões de dólares em toda a América Latina nos próximos anos.

O encontro com Tang no estande do Acre montado na feira contou com a presença dos secretários de Produção e Agronegócio, Paulo Wadt, o de Indústria, Ciência e Tecnologia, Anderson Abreu.

Eles apresentaram a nova proposta de desenvolvimento defendida pelo governador Gladson Cameli, garantindo estabilidade jurídica e resolução de entraves comerciais para investimentos estrangeiros no Acre, além de pontos estratégicos como a estrada que liga o Brasil aos portos do Pacífico pelo estado e a ZPE que possui 130 hectares de parque prontos para instalação de indústrias.

“Estamos abertos para ouvir propostas e o Estado está pronto para fazer o que for necessário para garantir investimentos que tragam desenvolvimento com geração de emprego e renda para o Acre”, destacou Paulo Wadt.

Charles Tang contou como conseguiu levar investimentos de R$ 3 bilhões a uma cidade de apenas 60 mil habitantes no interior do Mato Grosso, revelando principalmente o processo de divulgação das vantagens da região.

“Para investir no Acre, precisamos saber o que o Acre tem a oferecer para os investidores e esse processo é essencial”, conta.

Os secretários encerraram o encontro convidando Tang para uma visita ao estado, organizando uma agenda para conhecer pessoalmente as potencialidades da região.

Continuar lendo

Cidades

Moradores plantam bananeiras para protestar contra buracos no município do Bujari

Publicado

em

Moradores do município de Bujari decidiram plantar bananeiras em protesto às más condições das ruas na cidade. A reclamação maior da população é devido a falta de pavimentação nas vias dos municípios.

Em imagens divulgadas no blog Política Acre, é possível ver as péssimas condições de trafegabilidade. Segundo a denúncia, a falta de pavimentação nas ruas do município tem prejudicado a população, principalmente em dias chuvosos.

O protesto inusitado ocorreu na rua Nonata Clotilde, mas a reclamação se estende a outras vias, onde moradores afirmam que o problema ocorre há muito tempo, e, segundo eles, tanto na zona urbana quanto na zona rural.

A revolta da população se deu após rumores de que a prefeitura do município iria pavimentar apenas a rua principal de Bujari.

De acordo com um dos moradores da rua, “se a moda pegar, Bujari irá se tornar o maior produtor de banana do estado”.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.