Conecte-se agora

Secretaria recupera maquinários que estavam em fazendas particulares de forma irregular

Publicado

em

O Governo do Acre, por meio da Secretaria de Produção e Agronegócio (Sepa), conseguiu recuperar várias máquinas agrícolas que estavam sendo utilizadas em áreas privadas sem o devido processo legal para isso. As máquinas foram adquiridas em 2012, e estavam desviadas de sua finalidade à qual foram adquiridas.

Segundo o Governo do Acre, os equipamentos eram pouco utilizados em favor do produtor, como deveriam. Em alguns casos, segundo apurou a Sepa, algumas máquinas foram locadas indevidamente para benefício próprio do detentor da posse dos equipamentos, desviando sua finalidade de atendimento dos produtores rurais, principalmente os pequenos.

Um dos meios viáveis encontrados para recuperar e disponibilizar as máquinas recolhidas, foi a utilização do Fundo Agropecuário Estadual (Funagro). Os recursos adquiridos para o Funagro deveriam ser destinados prioritariamente para a manutenção das máquinas e equipamentos e na compra de insumos para a prestação dos serviços pelo governo.

A arrecadação de recursos também deveria ser garantida a partir do pagamento pelo uso de maquinário, locação de silos e elaboração de projetos. Entretanto, uma rápida auditoria nos registros contábeis do Funagro também apresentaram indícios de processos de gestão com possíveis desvios de finalidade, o que levou a Sepa a elaborar, em cooperação com a Procuradoria-Geral do Estado do Acre, novo ordenamento legal para o Funagro.

“Vamos estabelecer critérios técnicos e transparentes para a locação, dando a oportunidade principalmente ao pequeno produtor para ter acesso aos equipamentos, implementos, caminhões e tratores agrícolas; e os recursos do Funagro serão destinados à manutenção do parque de máquinas para beneficiar o produtor, auxiliando ainda na contínua capacidade de os escritórios locais em prestar assistência técnica aos usuários destes equipamentos”, destacou o secretário de Produção e Agronegócio, Paulo Wadt.

A Sepa irá apresentar no dia 18 de abril, no estacionamento da Arena da Floresta, o estado atual das máquinas nas condições em que estão sendo recolhidas. “O governador determinou ainda que a Sepa não deverá medir esforços para garantir assistência técnica, a regularização fundiária e facilitar o acesso ao crédito aos produtores das 37 mil propriedades rurais existentes no Acre”, finalizou o secretário.

 

Propaganda

Destaque 2

Calegário suspeita que colegas estejam em lista de propina da Energisa

Publicado

em

O deputado Fagner Calegário (PV) fez ontem, a acusação mais grave neste início de debate da “CPI DA ENERGISA”, ao jogar no ar a suspeição de que parlamentares estariam numa suposta lista de propina da empresa para amolecer. Ou fala os nomes ou a acusação cai no descrédito. No Blog do Crica de hoje o jornalista Luis Carlos Moreira Jorge pergunta ao deputado: “Quais são os [DEPUTADOS] propineiros? Segundo o jornalista, a acusação de tamanha gravidade se faz com provas em mãos. Leia blog AQUI

Continuar lendo

Destaque 2

Bestene diz que deputados a favor da CPI jogam para plateia

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

O primeiro deputado da base de Gladson Cameli a discursar na Aleac foi José Bestene (PP). Contrário à CPI, Bestene afirmou que os deputados que assinaram o pedido de abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito jogam para a plateia.

O progressista afirmou que o alto valor do ICMS precisa ser colocado na conta do ex-governador Jorge Viana que aumentou a alíquota de 17% para 25%.

Bestene disse ainda, fugindo completamente do assunto da CPI, que as condições atuais do Acre é culpa da gestão passada e que há diversos outros assuntos que podem render uma CPI, citando como exemplo os investimentos na Zona de Processamento de Exportação (ZPE), uma clara provocação ao deputado Edvaldo Magalhães, secretário de indústria do governo de Sebastião Viana, idealizador da ZPE, que nunca saiu do papel.

Bestene, como se diz no ditado popular “deu a cara à tapa. Foi, como se esperava, vaiado pelos manifestantes e chamado de “inimigo do povo”. Mesmo assim foi o único parlamentar da base do governo, que é contrário a CPI, a se posicionar.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.