Conecte-se agora

Sintesac pressiona governo para realizar pagamento do Plano Bresser dos servidores

Proposta de pagamento parcelado foi protocolada no governo pela equipe jurídica do sindicato

Publicado

em

ASCOM/SINTESAC

A Luta para um acordo com o governo do estado não para. Dessa vez, o jurídico do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Acre, Sintesac, protocolou um documento para que Gladson Cameli pague o Plano Bresser dos servidores em saúde, que tem direito, de forma parcelada. A ideia é que esse pagamento seja antecipado, uma vez que na justiça deve demorar um pouco mais.

A direção do Sintesac já sentou com a Procuradoria Geral do Estado para debater o assunto, que deve beneficiar milhares de trabalhadores. “Agora estamos aguardando o bom senso do governo. Até o momento essa situação está avançando e a gente aguarda uma resposta positiva nos próximos dias”, relatou Adailton Cruz, presidente do Sintesac.

Trabalhadores

O coordenador do departamento jurídico do Sintesac, advogado Marcelo Neri, esteve em Cruzeiro do Sul esta semana para explicar a cerca de 250 trabalhadores, que tem direito ao Plano Bresser, sobre as tratativas com
o estado. A reunião foi na sede do sindicato e contou com servidores aposentados, interessados na ação coletiva.

Agora, existe a possibilidade de o caso ser agilizado, já que o governador sinalizou que deve realizar um acordo para os pagamentos devidos, sem precisar continuar com a ação na justiça. O fato é que os trabalhadores gostaram do que ouviram. Esse direito do servidor foi retirado em 1990 e desde então a tentativa era de reparar os direitos
violados.

Justiça

O caso também está no Tribunal Superior do Trabalho, TST. O presidente do Sindicato já chegou até ir a Brasília e conversou com o juíz Dr. Caputo Bastos, que chegou a agilizar o caso. “O processo foi julgado e até agilizado, mas o estado entrou com um embargo e ainda possui uma série de instrumentos para protelar esses pagamentos” revelou.

A proposta de pagamento parcelado está avançando. “Assim que sair a resposta, se for positiva, a gente chama uma assembleia com a categoria para votar e depois enviar ao governo e protocolar junto ao TST para efetivar o pagamento”, explicou Cruz. Caso o governo do Acre não aceite as sugestões do documento protocolado, o caso seguirá na justiça.

“Nós estamos empenhados em resolver. Todos os 3.400 trabalhadores que tem direito ao Plano Bresser fiquem tranquilos, o sindicato não se esqueceu de vocês e vai lutar até o fim para defender e acelerar esse pagamento. Tão logo tenhamos uma resposta do governo, repassaremos para todos. Vamos aguardar”, informou Cruz.

Propaganda

Cidades

70 alunos iniciam projeto Bombeiro Mirim 2019 em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Cerca de 70 estudantes participam do projeto Bombeiro Mirim na 10ª edição em Cruzeiro do Sul. Os estudantes selecionados passaram o ano inteiro realizando atividades desenvolvidas pelos militares do Corpo de Bombeiros.

Uma das responsáveis Taila Martins disse que os alunos são inseridos em atividades contra drogas, apoio escolar, educação de trânsito, salvamento, noções de mergulho, atendimentos.

“Nós trabalhamos com várias disciplinas com os alunos sobre nossa profissão como prevenção de queimadas e salvamentos e também assistência escolar com cursos de línguas e informáticas”, disse.

O comandante geral do Corpo de Bombeiros Carlos Batista disse que o projeto é muito importante e deve ser implementado em outras cidades do estado.

“Nós temos essa satisfação de abrir mais uma edição e sabemos que ele é muito importante para prevenir a criminalidade e incentivar esses jovens no caminho militar e deve ser feito em outras cidades”, afirmou.

Continuar lendo

Cidades

Policial militar é esfaqueado ao tentar impedir roubo a comércio em Sena Madureira

Publicado

em

Por volta das 22 horas desse domingo, 21, o sargento da Polícia Militar Aleykson, tentou intervir um roubo em um ponto comercial situado na praça 25 de setembro, centro da cidade de Sena Madureira, e, na ação, acabou ferido no antebraço por uma arma branca (faca) pelos acusados.

Na ação, o militar tentou capturar os acusados, mas os mesmos empreenderam fuga. O Sargento foi conduzido ao Pronto Socorro de Rio Branco, para realizar exames mais precisos.

Conforme atendimento médico, o policial passa bem, contudo, o antebraço está inchado, o que requer melhores cuidados.

O 8° BPM de Sena Madureira pede ajuda à população para encontrar os autores. Assim, caso tenham informações liguem 190.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.