Conecte-se agora

Assembleia Legislativa realiza sessão solene sobre o autismo

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

A Assembleia Legislativa ficou azul durante a sessão solene realizada nesta quinta-feira, 04, em homenagem ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo.

A sessão solene teve início com a execução do hino acreano por meio do coral da Aleac, com a participação da cantora Ivana Pacífico, sob a regência do maestro Lidson Martins.

O deputado estadual José Bestene (PP), autor do requerimento, afirmou que o objetivo de reunir especialistas, mães e profissionais que trabalham com crianças autistas é conscientizar a sociedade sobre o autismo, seus tipos e níveis. “É importante a cada dia que possamos trazer esse assunto. Precisamos aprender a olhar o autista sob a sua perspectiva de vida, sob a forma que eles enxergam o mundo e as relações”, disse Bestene.

Outro convidado da sessão solene foi o superintende do Hospital das Clínicas, Lúcio.

Brasil, que destacou a importância do diagnóstico precoce. “O Dom Bosco estava esquecido. Nós não mediremos esforços para ajudar para que as famílias possam diagnosticar quanto antes e minimizar as dificuldades dos portadores de autismo”.

FOTO: SÉRGIO VALE

As atividades de conscientização do autismo são realizadas pela Associação Família Azul. Antes da Aleac, famílias e crianças autistas participaram de uma caminhada que saiu da Praça da Revolução e encerrou em frente ao Palácio Rio Branco.

O grande desafio da associação é fazer com que a sociedade conheça mais sobre o autismo e, consequentemente, reduza a discriminação e o preconceito.

Abraão Carlos Mota, presidente da Associação Família Azul, cobrou que em uma próxima oportunidade seja realizada uma audiência pública no lugar de uma sessão solene. Lamentou a quantidade pequena de profissionais. “Temos apenas três neuropediatras na rede pública do Acre. Segundo as previsões, no Acre temos mais de 100 mil autistas. Na grande maioria, essas pessoas estão sem atendimento”, afirmou.

Abraão lembrou que em 2015 foi aprovado uma lei estadual sobre o autismo. “Infelizmente, desde que a lei foi criada, nada adiantou. A lei estabelece que seja feito um cadastro de crianças autistas, e nem isso foi feito. Sem acesso ao médico especializado não se consegue ter o laudo médico e sem esse laudo não se tem acesso aos medicamentos”, afirmou.

Segundo o presidente da Associação Família Azul, a falta do atendimento especializado prejudica a vida escolar dos portadores de autismo. “Isso precisa ficar registrado. Como esses estudantes não têm o laudo, eles não conseguem ter um atendimento diferenciado na escola”.

O Dia Mundial de Conscientização do Autismo é celebrado no dia 02 de abril e foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2007.

Propaganda

Destaque 5

Homem é condenado por apresentar CNH falsa em blitz

Publicado

em

A 3ª Vara Criminal da Comarca de Rio Branco condenou Edileudo Castro Sampaio por apresentar carteira de habilitação falsa, em blitz realizada na Gameleira. O crime está previsto no artigo 304, combinado com artigo 297, ambos do Código Penal.

O réu alegou, em sua defesa, que tentou tirar a carteira mais de 20 vezes e, como não conseguiu, confessou que dirigia com documento falso. A pena arbitrada foi substituída por prestação de serviço à comunidade, com jornada semanal de seis horas, mais prestação pecuniária de um salário mínimo.

O policial que realizou a abordagem afirmou que o Edileudo entregou o documento e desde o início desconfiou que fosse falso, porque o papel era diferente. “Ele chegou a declarar que era autêntico, então fizemos a pesquisa e constatamos que ele não tinha habilitação”, depôs. A abordagem foi registrada em gravação audiovisual (que foi anexada aos autos processuais), seguida de prisão em flagrante.

O juiz de Direito Raimundo Maia prolatou a condenação. “Conforme os elementos de prova apurados, o acusado fez uso de documento público falso. A confissão colhida confirmou os fatos e o modus operandi, bem como os motivos que o levaram a praticar o ato ilícito”, pontuou o magistrado.

Continuar lendo

Destaque 5

Candidata do interior é eleita Rainha do Rodeio da Expoacre 2019; confira fotos do evento

Publicado

em

A estudante de Psicologia, Amanda Diniz, foi a escolhida para ocupar o posto de Rainha do Rodeio da Expoacre 2019. O evento que decidiu entre 10 candidatas quem seria a grande vencedora ocorreu na noite dessa quarta-feira, 17, num hotel de Rio Branco.

Agora, além de receber diversos prêmios, Amanda irá ostentar a faixa de Rainha do Rodeio durante a maior festa agropecuária do estado, participando da cavalgada de abertura da Expoacre 2019 e do circuito de rodeio. Antes disso, ela passou por várias etapas, como entrevistas com os jurados e sessão de fotos com fotógrafo profissional.

Após o resultado, a vencedora falou que foi uma grande alegria receber a faixa. “Estava concorrendo com belas garotas, mas graças a Deus e também aos jurados, fui escolhida para ser a Rainha do Rodeio da Expoacre 2019. Dedico esse título a todos os acreanos, e de uma maneira especial a minha querida cidade de Sena Madureira”.

Esta foi a 22ª edição do concurso, que é organizado pelos colunistas sociais Roberta Lima e Gigi Hanan, através da Associação dos Colunistas do Acre (ACOS), com a participação da coordenação da Expoacre 2019.

FOTOS DE JAMES PEQUENO: 

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.