Conecte-se agora

Senadora Mailza Gomes homenageia mulheres acreanas que fazem história no Acre

Publicado

em

Maria Gomes, Maria Sebastiana, Nabiha Bestene, Iris Tavares, Ediane Caetano, Elizabeth dos Santos e Dona Sônia foram as homenageadas no Seminário “Mulheres Acreanas Fazendo História”, reque teve como objetivo destacar a contribuição dessas mulheres para a sociedade. E foi com o objetivo de fortalecer e promover a Mulher Acreana que a senadora Mailza Gomes (Progressistas) pensou e idealizou o evento, realizado na noite de sexta-feira, 29.

A singela homenagem foi destaque no final do seminário que reforçou ainda mais a importância da Mulher nos vários espaços da sociedade. Seja Estudante, Miss Beleza ou Dona de Casa, Empresária ou Professora, Parteira ou Produtora Rural, Política ou Enfermeira, cada mulher é protagonista de sua história.

A senadora destacou que o evento foi pensado e organizado com muito carinho, com o intuito em dar destaque e valorizar as mulheres que tem contribuído com o desenvolvimento do estado “O nosso objetivo foi homenagear as mulheres, principalmente, as acreanas que fazem história em nosso estado. No evento tivemos uma diversidade de representantes impressionante. Pessoas que saíram de longe para viver essa experiência tão enriquecedora para o estado do Acre. Agradeço muito a todos que participaram”, destacou Mailza.

Agenda na Capital

Durante o dia de sexta-feira, 29, uma extensa agenda solicitada e organizada pela senadora Mailza Gomes com a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, as secretárias nacionais de Políticas para Mulheres, Tia Eron, dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Priscila Gaspar, e a presidente da Fundação Milton Campos, ex-senadora Ana Amélia, marcou as ações em defesa da mulher e das pessoas com deficiência.

Na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) elas receberam as mães das meninas que tiveram complicações após tomarem a vacina do HPV. Na ocasião, a ministra afirmou que esses casos precisam serem investigados.

Na escola Dom Pedro II, a primeira do país na inclusão de estudantes com deficiência física e intelectual, as autoridades ficaram encantadas com o Ballet Studio de Dança em que quatro meninas fizeram uma apresentação. O hino acreano foi interpretado em libras pelos alunos.

Um vídeo ressaltando a importância das mulheres em vários lugares de decisão do estado também foi divulgado no começo do evento em homenagem às mulheres acreanas. No evento, o fundo musical para formação da Mesa Diretiva foi realizado ao vivo pelo projeto social “Amigos Solidários” e o Hino Nacional foi interpretado pelo Coral da Assembleia Legislativa do Acre. Já a execução do Hino Acreano foi interpretado pelos alunos do Colégio Militar Dom Pedro II.

Seminário “Mulheres Acreanas Fazendo História”

À noite, o Seminário contou na composição da Mesa com a presença de autoridades ilustres como a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves e a presidente da Fundação Milton Campos, ex-senadora Ana Amélia, o senador Sérgio Petecão, o presidente do Tribunal de Justiça (TJ-AC), Francisco Djalma, a coordenadora estadual de Políticas para Mulheres, Isnailda Cândido, a vereadora de Rio Branco, Lene Petecão (PSDB), as deputadas federais Jéssica Sales (MDB) e Mara Rocha (PSD), a deputada estadual Meire Serafim (MDB), os reitores da Universidade Federal do Acre (UFAC), Guida Aquino, do Instituto Federal do Acre (IFAC), Rosana Cavalcante, do Centro Universitário Meta (Unimeta), Dawerson da Paixão, a representante das populações tradicionais do estado do Acre, Evanizia Poyanawa e a juíza especial do (TJ-AC), Andreia de Brito. Além, de várias autoridades, lideranças religiosas, políticas, prefeitos também marcaram presença primeiras-damas, vereadores, deputados e representantes de classes.

Anúncios


Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas