Conecte-se agora

Secretário que chamou vereadores de ‘fuxiqueiros’ passa a ser investigado em CPI

Publicado

em

As denúncias parecem estar ‘correndo soltas’ durante as sessões das Câmaras de Vereadores no interior do Acre. Após os vereadores de Senador Guiomard, chegou a vez dos parlamentares do município de Assis Brasil, que aprovaram durante votação nesta terça-feira, 2, a abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar supostos desvios de recursos públicos na Secretaria de Saúde do Município.

Lá, seis vereadores votaram favoráveis pela abertura da CPI e apenas dois contaram contra. O requerimento pede investigações para apurar as suspeitas de superfaturamento em notas fiscais, uso indevido de combustível da secretaria e gastos elevados com diárias de servidores da pasta.

Os vereadores alegam, ainda, que o secretário de Saúde do município, Antônio Jesus de Oliveira Rios, usou uma rede social para se referir a Câmara de Assis Brasil como uma ‘casa de fuxico’, pelo fato de os vereadores solicitarem informações sobre as contas públicas da saúde.

Agora, os parlamentares terão 90 dias para fazer a investigação. “Se não tiver nada irregular, parabéns, mas se tiver todos ficarão sabendo o que está acontecendo dentro da Secretaria de Saúde”, afirmou a vereadora Toinha Cavalcante (PCdoB).

Votaram a favor da CPI os vereadores: Paulo Sales (PP), Lázaro Manchineri (PCdoB), Manoel Matias (PSD), Wendell Gonçalves (PR), Toinha Cavalcante (PCdoB) e Ivelina Marques (PT). Apenas dois vereadores votaram contra: Gilda Almeida (PR) e Antônio Camelo (PP).

Propaganda

Cidades

Brasileia sedia fase regional de futsal dos Jogos Escolares 2019

Publicado

em

Depois de sediar a fase municipal, Brasileia realizou na quinta-feira, 18, a abertura dos Jogos Escolares 2019, fase regional de futsal do Alto Acre, no Ginásio de Esportes Eduardo Lopes Pessoa. A cerimônia contou com a presença da Prefeita Fernanda Hassem, Gerente de Esportes Clebson Venâncio, professor Vladimilson Coordenador Geral dos Jogos Escolares, Coordenadoras dos Núcleos de Estado de Educação dos municípios de Brasileia e Epitaciolândia, Silvia Pacheco e Rosimari Ferreira e equipe.

A parceria entre governo do estado e prefeitura vem resgatando a autoestima dos estudantes-atletas e também de toda a comunidade local, realizando os jogos escolares desde a fase municipal à regional, onde os campeões irão representar a sua região em Rio Branco, durante a fase estadual.

A prefeita, Fernanda Hassem, destaca a importância dos jogos para o esporte do município.

“Quero parabenizar o Governo do Estado e equipe de Esporte, além das escolas estaduais. Brasileia está sediando e a prefeitura sempre será parceira das boas ações e iniciativas. Que o estado possa continuar investindo nas atividades esportivas escolares e que possamos estar incentivando ainda mais o esporte em nosso município, ” destaca a Fernanda.

O Coordenador Geral dos Jogos Escolares, professor Vladimir, também falou a respeito. “Os campeões da fase regional irão participar da fase estadual de futsal, que acontecerá em Cruzeiro do Sul e de handebol em Rio Branco. Estamos alegres com essa realização” destacou o coordenador.

A fase regional dos jogos acontecem simultaneamente em Brasileia com o futsal e em Epitaciolândia, handebol, durante três dias e conta com a participação de equipes dos municípios de Brasileia, Epitaciolândia, Xapuri e Assis Brasil, nas modalidades de 12 a 14, e 15 a 17 anos, masculino e feminino, com participação de mais de 190 atletas.

Continuar lendo

Cidades

Quase 5 mil eleitores do Vale do Juruá têm títulos cancelados, informa justiça eleitoral

Publicado

em

A Justiça Eleitoral do Acre cancelou 4.700 títulos eleitorais em quatro municípios da região do Vale do Juruá. Isso porque o referido número de cidadãos não regularizaram a situação pendente junto ao órgão durante o recadastramento biométrico ocorrido este ano em Mâncio Lima, Rodrigues Alves, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo.

Portanto, todos estes que não fizeram regularizaram o documento, terão o título cancelado na região da 4ª Zona Eleitoral do estado. Apesar de ter alcançado mais de 80% do eleitorado nas quatro cidade durante o processo de atualização cadastral, quase 5 mil eleitores deixaram de comparecer ao órgão.

Como consequência do cancelamento do título, os mais de 4 mil eleitores não poderão votar nas eleições municipais do ano que vem, na escolha de prefeito e vereador. Além disso, ficam suspensos do recebimento de benefício social previdenciário, não poderão assumir cargo público, nem fazer empréstimo bancário.

No entanto, os eleitores com pendências podem procurar o cartório até maio do próximo ano para regularizar a situação junto a Justiça Eleitoral.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.