Conecte-se agora

Poderia ter sido um “parto normal” a renovação do convênio da colônia Souza Araújo e Hospital Santa Juliana

Publicado

em

O Governo do Estado e as Obras Sociais da Diocese de Rio Branco selaram um acordo, no sábado (30), para que a instituição dona do Hospital Santa Juliana e da casa de acolhimento para portadores de hanseníase Souza Aguiar mantenha os atendimentos aos usuários do Sistema Único de Saúde.

As instituições de saúde são de propriedade da Igreja Católica e mantém convênio com o Estado para que possam prestar serviço aos usuários do SUS, principalmente na realização de cirurgia cárdicas no caso do Hospital Santa Juliana. Contudo, o Estado não repassava os recursos para o custeio das despesas desde agosto de 2018, situação que vinha se arrastando da gestão anterior e sem solução na atual, até a celebração de um novo contrato. A dívida com o Hospital Santa Juliana é de R$ 4, 5 milhões, e de 1,5 milhão com a Colônia Colônia Souza Aguiar, segundo informou a instituição no dia 21 de março na ALEAC.

O deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB), médico e vice-presidente da ALEAC, no meio do drama que viveram os internos da colônia Souza Araújo, convidou representantes da igreja para uma audiência na ALEAC para debater o restabelecimento dos repassasses dos recursos e a celebração de um novo convênio, chegou a fazer inclusive uma indicação ao governo.

No parlamento, Dom Joaquim alertou que a situação da saúde pública ficaria ainda mais comprometida caso o Estado não honrasse os compromissos firmados com Hospital. Tendo manifestado interesse na renovação do contrato que viabiliza o hospital Santa Juliana a atender os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) e Colônia manter os cuidados aos portadores de hanseníases- haja vista que já estava em falta os insumos para os procedimentos de enfermagem e alimentação dos moradores dos internos da Colônia Souza Aguiar.

No dia 18 de março, com a possibilidade de a Colônia fechar as portas por falta de recursos, os internos e os funcionários da casa realizaram uma manifestação contra o Governo do Estado, na qual resultou no fechamento da BR-364.

O governo acerta em restabelecer o convênio, algo tão necessário para aqueles internos sequelados por hanseníase. É uma questão humanitária. Quase acontece uma nova revolução acreana para renovarem esse convênio. O parto poderia ter sido menos complicado, comenta Jenilson.

Em nota divulgada à imprensa neste domingo, a instituição agradece a sociedade pelas orações e solidariedade e reiterou o compromisso de continuar trabalhando em defesa do bem-estar dos mais pobres. “Agradecemos a toda a sociedade pelas manifestações de apoio e pelas orações e reiteramos o nosso compromisso na defesa dos mais pobres e com o bem-estar da população e de quem necessita dos nossos serviços. As Obras Sociais da Diocese de Rio Branco primam pelo cumprimento de seus valores e de sua missão: amar e cuidar de gente, para que todos tenham vida em abundância (cf. Jo 10,10)”.

Propaganda

Cidades

Em Rondônia, governo do Acre se reúne com presidente da Câmara de Comércio do Brasil-China

Publicado

em

No encerramento do primeiro dia da Rondônia Rural Show, 22, representantes do governo do Acre aproveitaram as oportunidades da maior feira de agronegócios da região Norte para se reunirem com o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-China, Charles Tang.

Presente no evento para estreitar as relações comerciais na região, Tang é um conhecido defensor de que o Brasil reúne condições para aprimorar ainda mais suas relações comerciais com a China. Ele destacou que o superávit do Brasil no comércio chinês foi de 29 bilhões de dólares só no ano passado, enquanto o país asiático pretende investir mais de 250 bilhões de dólares em toda a América Latina nos próximos anos.

O encontro com Tang no estande do Acre montado na feira contou com a presença dos secretários de Produção e Agronegócio, Paulo Wadt, o de Indústria, Ciência e Tecnologia, Anderson Abreu.

Eles apresentaram a nova proposta de desenvolvimento defendida pelo governador Gladson Cameli, garantindo estabilidade jurídica e resolução de entraves comerciais para investimentos estrangeiros no Acre, além de pontos estratégicos como a estrada que liga o Brasil aos portos do Pacífico pelo estado e a ZPE que possui 130 hectares de parque prontos para instalação de indústrias.

“Estamos abertos para ouvir propostas e o Estado está pronto para fazer o que for necessário para garantir investimentos que tragam desenvolvimento com geração de emprego e renda para o Acre”, destacou Paulo Wadt.

Charles Tang contou como conseguiu levar investimentos de R$ 3 bilhões a uma cidade de apenas 60 mil habitantes no interior do Mato Grosso, revelando principalmente o processo de divulgação das vantagens da região.

“Para investir no Acre, precisamos saber o que o Acre tem a oferecer para os investidores e esse processo é essencial”, conta.

Os secretários encerraram o encontro convidando Tang para uma visita ao estado, organizando uma agenda para conhecer pessoalmente as potencialidades da região.

Continuar lendo

Cidades

Moradores plantam bananeiras para protestar contra buracos no município do Bujari

Publicado

em

Moradores do município de Bujari decidiram plantar bananeiras em protesto às más condições das ruas na cidade. A reclamação maior da população é devido a falta de pavimentação nas vias dos municípios.

Em imagens divulgadas no blog Política Acre, é possível ver as péssimas condições de trafegabilidade. Segundo a denúncia, a falta de pavimentação nas ruas do município tem prejudicado a população, principalmente em dias chuvosos.

O protesto inusitado ocorreu na rua Nonata Clotilde, mas a reclamação se estende a outras vias, onde moradores afirmam que o problema ocorre há muito tempo, e, segundo eles, tanto na zona urbana quanto na zona rural.

A revolta da população se deu após rumores de que a prefeitura do município iria pavimentar apenas a rua principal de Bujari.

De acordo com um dos moradores da rua, “se a moda pegar, Bujari irá se tornar o maior produtor de banana do estado”.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.