Conecte-se agora

Vereador denuncia que merenda foi furtada e crianças estão sem comer

Publicado

em

Para variar, mais uma confusão em Senador Guiomard.

O vereador Cleílton Nogueira (PR), usou a tribuna durante sessão nesta terça-feria, 19, para denunciar o furto da merenda destinada aos estudantes da rede municipal de ensino e para cobrar explicações do atual secretário de educação Carlos Afonso de Lima e também do prefeito Gilson da Funerária.

Segundo o vereador, as crianças estão sem lanche. Fotos mostradas pelo parlamentar mostram o que seria o almoxarifado da secretaria municipal de educação praticamente vazio.

“A situação é completamente diferente de quando o prefeito André Maia estava no comando da prefeitura. Tinha merenda para atender todas as crianças que precisam se alimentar nas escolas”, afirma Cleílton.

Gílson da Funerária, que é vereador, e foi presidente da Câmara, assumiu a prefeitura de Senador Guiomard há pouco mais de 60 dias, após o vice-prefeito Judson Silva Costa ter renunciado ao cargo, já que André Maia, prefeito eleito, foi preso acusado de desvio de verbas pública. Hoje, encontra-se em liberdade, mas proibido pela justiça de reassumir a prefeitura.

“Tirou o peitinho da boca, o cabrito berra”. Foi com essa expressão que o atual prefeito Gílson da Funerária respondeu à nossa reportagem sobre a denúncia do vereador. “É mentira, as escolas estão funcionando normalmente e tem merenda para os estudantes. A revolta do vereador Cleílton Nogueira é que ele está sendo investigando pela Polícia Federal e tinha vários cargos fantasmas aqui na prefeitura, que foram descobertos e exonerados”, diz.

Propaganda

Acre

Prefeitura entrega equipamentos adquiridos com emenda de Alan Rick

Publicado

em

O deputado federal Alan Rick (DEM), participou na manhã desta terça-feira, 23, a convite da prefeita Socorro Neri, da solenidade de abertura da Semana Municipal da Agricultura Familiar na Central de Abastecimento de Rio Branco (Ceasa). Durante a solenidade foi realizada a entrega oficial à comunidade de duas caminhonetes e duas pás carregadeiras fruto de emenda parlamentar do deputado no valor de R$ 800 mil (via Calha Norte), para o fortalecimento da Produção Familiar e do Programa de Mecanização Agrícola, nas regiões do Benfica, Moreno Maia e Ramal da Piçarreira.

Além da entrega dos equipamentos, Socorro Neri confirmou uma boa notícia aos produtores rurais no tocante a licitação das obras de recuperação do ramal da Piçarreira, licitação esta que só foi possível graças a uma emenda de Alan Rick no valor de um milhão de reais. A previsão é de que as obras começam ainda este ano.

“Esses implementos, principalmente as pás carregadeiras, são os mais adequados para o preparo das áreas ribeirinhas para o plantio da safra e irão beneficiar centenas de famílias de pequenos produtores. Investir na aquisição de implementos é fundamental para o fortalecimento da agricultura no município”, disse Alan Rick.

De acordo com o deputado federal, “foi uma alegria conversar com os produtores rurais ali presentes e receber o carinho de todos pelo trabalho que temos realizado para o fortalecimento da produção no chamado cinturão verde de Rio Branco. Também foi bom poder receber o carinho e o reconhecimento da prefeita Socorro Neri por todo o apoio que temos dado à gestão municipal.

Continuar lendo

Acre

Jovem internado na ortopedia do Huerb espera por cirurgia há 11 dias

Publicado

em

Márcia Pitanga, é moradora de Extrema, e veio acompanhado o filho, Guilherme Daniel Oliveira Ribeiro, ao Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb) que sofreu uma fratura do fêmur.

O procedimento é cirúrgico. Após 11 dias, Márcia reclama das condições da unidade de saúde e afirma que a única resposta que recebeu até agora foi de que não há nenhuma previsão para a cirurgia do filho.

“Sem exagero, mas acho que tem quase 100 pacientes aguardando cirurgia de ortopedia aqui. Tem um senhor indígena aqui que aguarda há quatro meses por uma cirurgia. A situação aqui é extremante complicada”, afirma.

Márcia conta ainda que os problemas vão além da demora para a realização das cirurgias. Ela conta que faltam lençóis, gaze e medicamentos. “Eu tive que comprar paracetamol. Eu ando desesperada, é preciso que alguém faça alguma coisa. É humilhante o que estamos passando aqui. Não quero resolver só o meu problema, que resolva de todo mundo. Já fui ao Ministério Público, já denunciei, mas ninguém consegue resolver essa situação de descaso aqui dentro”, explica.

O ac24horas procurou a gerente de assistência do Huerb, Fabíola Helena Souza. Ela confirmou a demora na troca dos lençóis, mas afirmou não ser verdade a falta de medicamentos. “Sobre os lençóis a nossa demanda é muito grande, com isso atrasa a chegada de lençóis nos setores. Não existe a falta de medicamentos. As cirurgias estão seguindo o fluxo, o que atrasa são as cirurgias que chegam de urgência”, afirma.

Já foi noticiado pelo ac24horas que os ortopedistas estavam se negando a fazer plantões extras, por causa de um acordo não cumprido pela direção do Huerb em relação ao valor dos plantões. Quanto ao assunto, Fabíola disse apenas que “o Estado e que tem poucos profissionais ortopedistas contratados”.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.