Conecte-se agora

Gladson já estuda fazer reforma administrativa: “não está vendo resultados!”

Publicado

em

O governador Gladson Cameli voltou para o Acre e está disposto, segundo assessores, a fazer mudanças na equipe que colocou para cuidar do estado ao lado dele desde 1º de janeiro. Cameli não está satisfeito com os resultados das pastas e quer “retomar” o comando do governo após as várias viagens que fez.

Segundo um assessor palaciano, o governador ficou estressado com as críticas de que por conta das viagens perdeu “voz e voto” dentro do Palácio Rio Branco. De tanto “determinar”, o governador agora vai exonerar aqueles que não obedecem às ordens dadas por ele. Cameli quer resultados, e rápido.

“O chefe não está feliz com tanto protesto, tanta crítica, tanta reclamação. E o pior é que nem a imprensa consegue mostrar as coisas que estão dando certo, porque isso não sai do governo, não sai das secretarias. O Gladson não tem muita paciência, não bate muita cabeça. Ele quer mexer e já está estudando isso desde Brasília”, revela a fonte.

Um dos problemas que mais tem deixado Gladson estressado é a questão dos professores que já foram várias vezes à frente da Casa Civil fazer protesto. Com a imagem da gestão desgastada, Cameli tomou a frente há duas semanas, e mandou que todos os professores foram contratados sem a exigência de uma declaração até então exigida pela pasta.

“O Gladson não está vendo resultado em muitas áreas. Essa é a verdade! O Ribamar não está conseguindo articular tudo, é problema na Fazenda, é problema sem solução na Educação, risco de rebelião no presídio, e ainda tem a saúde que vai de mal a pior. Ele levou o Alysson em Brasília para articular saídas, e parece que estão conseguindo. Mas ele quer ação, e já!”, completa o assessor palaciano.

No sábado, dia 16, o governador Gladson Cameli exonerou o então porta-voz do Palácio Rio Branco, Rogério Wenceslau alegando as primeiras adequações no âmbito da Secretaria de Comunicação. Nesta segunda-feira, dia 18, Cameli cumpre agenda interna com equipe de governo para alinhar ações.

Propaganda

Destaque 2

Fiscalização volante da Sefaz apreende mercadoria ilegal

Publicado

em

Além dos postos fixos, a Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz) conta com a fiscalização volante para coibir a velha prática de quem não quer pagar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

E foi esse trabalho itinerante que proporcionou a apreensão de 38 fardos de confecções sem o devido imposto.

A estratégia não é nova e acontece com certa frequência. Os motoristas dos caminhões recebem para esconder a mercadoria ilegal entre produtos que estão com o imposto em dia. Nesse golpe, os volumes estavam escondidos entre gêneros alimentícios para tentar burlar a fiscalização.

As mercadorias foram apreendidas e levadas para autuação no Posto Fiscal da Corrente.

A estimativa é que o auto de infração ultrapasse os 50 mil reais, entre imposto e multa.

Continuar lendo

Destaque 2

Imagens mostram Emurb colocando asfalto onde não tem buraco

Publicado

em

Bem verdade que as condições de algumas ruas de Rio Branco começam a melhorar desde o início da Operação Verão, desencadeada pela prefeitura com o objetivo de recuperar as vias da capital acreana. Bem verdade também que o que foi feito agora está longe de ser suficiente para acabar com os buracos da cidade e acabar com o martírio dos motoristas que precisam de muita atenção, principalmente no período noturno.

Por isso, o espanto de internautas que flagraram equipes da Emurb colocando asfalto em um trecho da Avenida Ceará em frente ao José de Melo, onde aparentemente não há buracos “Eu não consigo entender. Com tantas ruas esburacadas em quase todos os bairros da nossa cidade, a prefeitura tá concentrando esforços onde não tem buraco. Na rua Manaus, onde moro no bairro Parque das Palmeiras, todas as ruas tem buracos”, disse um internauta que encaminhou as fotos ao ac24horas.

Em nota, a prefeitura de Rio Branco explicou se tratar de uma determinação da prefeita Socorro Néri para a recuperação preventiva das vias onde há grande circulação de veículos. Segundo a Emurb, ao longo dos anos, as muitas operações tapa-buracos criaram desníveis na capa asfáltica da cidade. Nesses mesmos pontos de tráfego intenso, a orientação é que uma fina camada de asfalto seja aplicada para melhorar e deixar mais uniformes as pistas.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.