Conecte-se agora

Zen diz que lotações na educação seguem critérios políticos

Publicado

em

O deputado estadual Daniel Zen (PT) publicou um vídeo em uma rede social para criticar a falta de critérios nas nomeações dos professores aprovados no concurso simplificado realizado pelo Governo do Acre, por meio da Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esporte (SEE).

Segundo Zen, em alguns municípios, os núcleos de educação não estão respeitando o direito de precedência. Ou seja, não estariam respeitando o direito de quem passou em melhor posição no concurso ter o direito de escolher seu local de lotação.

“O que está acontecendo agora é uma inversão. É a preterição do direito de precedência. O que isso quer dizer é que eles estão favorecendo, permitindo a escolha das pessoas não pela ordem de classificação, mas por conveniência política”, afirma o parlamentar.

Zen citou o exemplo de uma professora da zona rural que fez o concurso e mesmo morando na mesma comunidade da escola, um outro professor, que ficou abaixo na classificação no processo seletivo e que não mora no local, foi lotado na referida unidade de ensino. O motivo da injustiça seria perseguição política.

Daniel Zen, que antes de ser deputado, foi gestor da educação estadual, fez questão de isentar o atual secretário de educação, Mauro Sérgio da Cruz. “Tenho certeza e espero não está enganado que o secretário não tá ciente. E a partir disso creio que ele vá tomar todas as medidas para sustar esses procedimentos que estão vindo dos coordenadores dos núcleos da educação do interior. Não estou dizendo que acontece em todos os municípios, mas recebi denúncias e isso precisa ser resolvido”.

O ac24horas tentou contato com a assessoria de comunicação da SEE, mas não obteve êxito.

Propaganda

Acre

Governo renova convênio com Hospital Santa Juliana por 12 meses

Publicado

em

O convênio existente entre o Governo do Estado do Acre por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesacre) e a Diocese de Rio Branco com o Hospital Santa Juliana, foi reajustado os últimos detalhes na última quarta-feira (17).

“Estamos muito satisfeitos pois, ambas as partes entraram em acordo e hoje fechamos o ciclo de reuniões e ajustes do plano operativo e jurídico do termo de convênio com o Hospital Santa Juliana. A previsão é que na próxima semana seja realizada a assinatura do convênio”, explicou o Secretário de Saúde em exercício, Erisson Calixto.

O contrato que terá validade de 12 meses, contempla todos os serviços que o hospital oferece, nas áreas de cardiologia, ginecologia obstetrícia e clínica, com atendimentos de baixa, média e alta complexidade.

Com informações Agência de Notícias do Acre.

Continuar lendo

Acre

Polícia Federal prende homem com quase 900 medicamentos abortivos

Publicado

em

A Polícia Federal do Acre prende durante a Operação Semana Santa, na noite dessa sexta-feira, 19, um homem portando 896 pílulas do medicamento abortivo Cytotec. Ele trafegava em um veículo na BR – 317, estrada de Xapuri, quando foi abordado pelos policiais.

Durante a abordagem, os agentes encontraram os medicamentos escondidos no interior do carro em que o suspeito conduzia. Questionado sobre a procedência dos remédios altamente perigosos, o suspeito revelou à polícia que havia comprado na Bolívia.

Ele ainda informou que gastou cerca de R$ 17 mil e chegaria a lucra até R$ 116 mil com a venda clandestina no Acre. A venda do Cytotec é proibida no Brasil. No mercado ilegal, cada pílula pode custar R$ 150, na Bolívia.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.