Conecte-se agora

Zen diz que lotações na educação seguem critérios políticos

Publicado

em

O deputado estadual Daniel Zen (PT) publicou um vídeo em uma rede social para criticar a falta de critérios nas nomeações dos professores aprovados no concurso simplificado realizado pelo Governo do Acre, por meio da Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esporte (SEE).

Segundo Zen, em alguns municípios, os núcleos de educação não estão respeitando o direito de precedência. Ou seja, não estariam respeitando o direito de quem passou em melhor posição no concurso ter o direito de escolher seu local de lotação.

“O que está acontecendo agora é uma inversão. É a preterição do direito de precedência. O que isso quer dizer é que eles estão favorecendo, permitindo a escolha das pessoas não pela ordem de classificação, mas por conveniência política”, afirma o parlamentar.

Zen citou o exemplo de uma professora da zona rural que fez o concurso e mesmo morando na mesma comunidade da escola, um outro professor, que ficou abaixo na classificação no processo seletivo e que não mora no local, foi lotado na referida unidade de ensino. O motivo da injustiça seria perseguição política.

Daniel Zen, que antes de ser deputado, foi gestor da educação estadual, fez questão de isentar o atual secretário de educação, Mauro Sérgio da Cruz. “Tenho certeza e espero não está enganado que o secretário não tá ciente. E a partir disso creio que ele vá tomar todas as medidas para sustar esses procedimentos que estão vindo dos coordenadores dos núcleos da educação do interior. Não estou dizendo que acontece em todos os municípios, mas recebi denúncias e isso precisa ser resolvido”.

O ac24horas tentou contato com a assessoria de comunicação da SEE, mas não obteve êxito.

Propaganda

Acre

Agência de transporte fiscaliza balsas em Rodrigues Alves

Publicado

em

Nesta quinta-feira, 20, técnicos da Agência Nacional de Transportes Aquaviários – ANTAQ e equipe da Agência Fluvial da Marinha, realizaram operação de fiscalização nas balsas particulares que fazem a travessia no Rio Juruá, dos veículos que vão para Rodrigues Alves.

Cinco balsas que não têm autorização da Agência foram proibidas de continuar a operação de travessia, para a qual, cobram R$ 3 de moto R$ 10 de carros pequenos e R$ 20 de caminhonetes.

Todo balseiro precisa ter identificação, autorização da Marinha e da ANTAQ, ser Micro Empreendedor Individual – MEI, com registro no Sebrae e as balsas devem ter coletes salva vidas, tabela de preços e os horários das travessias.

O técnico da ANTAQ, Dorivaldo Gomes, cita que o objetivo da Agência é garantir a segurança e conforto dos usuários, bem como regularidade e modicidade dos fretes.

Atualmente 24 balsas fazem a travessia, número maior que a necessidade. Antônio de Souza, que está regular aprovou a operação. Já Willian da Silva, vai ter que parar de atuar na travessia. ” Agora vou correr atrás da papelada para não ficar no prejuízo’.

A técnica em laboratório, Júlia Santos, que usa as balsas diariamente, acredita que agora ” todas estão dentro do padrão de segurança para nós passageiros”.

Balsa do governo que faz a travessia gratuita pode ser proibida de funcionar

Uma balsa paga pelo governo do Estado, que faz a travessia de veículos gratuitamente das 6 a meia noite no Rio Juruá, poderá parar. A embarcação leva até 7 veículos em cada travessia.

Tramita na ANTAQ um Processo Administrativo, iniciado à partir de denúncia feita à ouvidoria da Agência, que pode resultar na proibição da oferta da travessia gratuita das motos e carros. Dorivaldo, diz que a gratuidade atrapalha a livre concorrência do serviço da travessia para os balseiros particulares.

“Antes da construção da Ponte da União, na chegada de Cruzeiro do Sul, fazia sentido o governo do Acre atravessar os carros, mas já faz tempo que não há justificativa para a continuidade. A ANTAQ tem como missão, assegurar à sociedade a adequada prestação de serviços de transporte aquaviário e de exploração da infraestrutura portuária e hidroviária, garantindo condições de competitividade e harmonizando os interesses público e privado”.

Os usuários da travessia gratuita, esperam que a ANTAQ não paralise as atividades da balsa maior. “Acabar pra quê esse serviço gratuito?”.

Continuar lendo

Acre

Lene Petecão homenageia primeira-dama, Ana Paula Cameli

Publicado

em

A primeira-dama do Acre, Ana Paula Cameli, foi homenageada nesta quarta-feira, 19, pela Câmara Municipal de Rio Branco.

A esposa do governador Gladson Cameli, recebeu em nome de todos os vereadores, uma Moção de Aplauso que teve como autora, a vereadora Lene Petecão.

A homenagem foi motivada pela entrega nos últimos dias de uma sala na Maternidade Bárbara Heliodora preparada para atender pacientes que necessitam de um atendimento diferenciado, tendo inclusive distribuição de kits bebê para mães carentes.

A vereadora Lene Petecão salientou que o espaço será de grande importância para as gestantes, que muitas vezes vão para a maternidade sem enxoval ou qualquer peça de roupa para seus filhos. “Algumas mulheres chegam desprovidas até mesmo de uma fralda e agora vão sair dali com um kit bebê”, relatou a parlamentar.

Lene disse ainda que requereu a moção com o intuito de agradecer a primeira-dama. “Estamos vivendo grandes conflitos de todas as ordens. Eu tenho certeza que a primeira-dama não está atrás do governador Gladson Cameli, mas ao lado de um homem para ajudar, para olhar quem está esquecido e por isso, sua vinda aqui é tão importante”, destacou.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.