Conecte-se agora

Funcionários param atendimento no Itaú contra demissões

Publicado

em

Funcionários da agência central do Banco Itaú, situada na Marechal Deodoro, centro de Rio Branco, paralisaram o atendimento durante toda amanhã desta sexta-feira (15). O movimento ocorreu em função de demissões sem justa causa na empresa. Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários do Acre, já foram quatro funcionárias demitidas em menos de 30 dias nesta agência.

A última demissão ocorreu nessa quinta-feira, dia 14, e culminou numa assembleia geral realizada no final da tarde do mesmo dia, depois que as trabalhadoras demitidas procuraram o sindicato. “Ficou decidido que iríamos paralisar o funcionamento da agência central do Itaú, como fizemos hoje. Essa paralisação é contra as demissões e contra tudo que vem acontecendo contra os trabalhadores”, disse Eudo Rafael, presidente do sindicato no Estado.

De acordo com o sindicato, o banco simplesmente decidiu que não precisa mais dos serviços das ex-funcionárias e acabaram demitindo as quatro mulheres. “Uma delas, inclusive, já estava na época de aposentadoria”, garantiu Eudo.

Enquanto atividade social, o sindicato dos bancários irá paralisar algumas agências no decorrer da próxima semana para que o banco chamem as trabalhadoras para, pelo menos, conversar. Isso porque, segundo Eudo Rafael, “não está havendo diálogo algum com os funcionários com relação a essas demissões”.

Judicialmente, o sindicato está se reunindo com advogados para buscar ações na justiça que possam reparar a situação dos funcionários demitidos.

Reforma da Previdência

O sindicato aproveitou o movimento para também se manifestar contrário à reforma da previdência. “O Itaú é um dos devedores da previdência e, em contrapartida, é um dos financiadores das propagandas a favor da reforma da previdência”, afirma Rafael.

Isso ocorre, segundo o presidente, porque os fundos de capitalização da previdência se vier a acontecer de fato, irão diretamente para os bancos particulares.

Propaganda

Acre

Após 18 anos, ex-deputada petista Leila Galvão retorna à sala de aula

Publicado

em

A ex-deputada estadual pelo (PT), Leila Galvão, usou sua página no Facebook nesta segunda-feira, dia 18, para demonstrar a felicidade de retornar ao seu ‘sacerdócio’ de ser professora, onde ficou ausente por 18 anos.

Leila Galvão se afastou das salas de aula, quando foi eleita como vice-prefeita do ex-prefeito Alvanir Lopes, em 2001. Com o afastamento do titular, assumiu a cadeira municipal e se reelegeu no pleito seguinte. Antes, a professora já atuava como vereadora por dois mandatos.

Após o segundo mandato de prefeita e com bom índice de aceitação, Leila se elegeu deputada estadual, mas não conseguiu sua reeleição para voltar à Assembleia Legislativa do Acre em 2018.

Com o carisma entre os alunos, Leila comentou; “… tive a alegria de retornar à sala de aula, após 18 anos, para ministrar Língua Portuguesa, no ensino médio. Senti-me desafiada e motivada ao reencontrar jovens cheios de energia e de sonhos”, destacou.

Com informações do Alto Acre.

Continuar lendo

Acre

MS anuncia estudo sobre alimentação das crianças do Acre

Publicado

em

O Acre está relacionado entre os Estados que farão parte do Estudo Nacional de Alimentação e Nutrição Infantil (Enani). Foram selecionados 15 mil domicílios em 123 municípios. Em junho e julho de 2019 cerca de 60 pesquisadores ligados ao Ministério da Saúde estarão no Acre realizando coleta de dados sobre alimentação dos brasileiros menores de cinco anos.

Pais e responsáveis devem contribuir com informações de alimentação sobre aleitamento materno e alimentação infantil, além de dados que vão permitir avaliar o crescimento e deficiências de nutrientes nesse público. A participação é voluntária e os dados são sigilosos.

A pesquisa começa pelo Distrito Federal, de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina, com um cronograma a cumprir até abril. Em seguida, a pesquisa ocorre Mato Grosso e Paraná. Em junho e julho, Além do Acre serão estudadas crianças do Amazonas, Rondônia, Roraima e Tocantins; em agosto e setembro, Goiás e São Paulo.

(Com informações do MS).

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.