Conecte-se agora

Corredores do Pronto Socorro da capital estão lotados de pacientes

Publicado

em

O corredor do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb) está com os corredores das observações lotados de pacientes nesta sexta-feira, dia 15. Pacientes enviaram fotos ao ac24horas para denunciar o que chamam de “descaso” com a saúde pública.

No corredor de acesso à Observação Adulto e à Observação Pediátrica, por exemplo, havia adultos, entre eles idosos, aguardando exames que precisam ser realizados. O problema tem sido recorrente e atinge também os servidores que estão com pouco espaço na unidade de saúde.

“A situação é tão grave aqui hoje que não tem espaço para colocar mais gente. Essa semana prometem que vão fechar as enfermarias lá em cima e a situação vai ficar ainda pior. Tem essa história de terceirizar o Huerb. A verdade é que não está fácil trabalhar aqui no Pronto Socorro”, diz uma técnica em enfermagem do hospital.

A reportagem tentou contato com a Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), mas não conseguiu repassar o pedido de informações. “Um dos pacientes internados no corredor sofre com problemas cardíacos e tem sentido dores no peito”, informou a técnica.

Propaganda

Acre

Gladson Cameli discursa rapidamente e vai para o povão

Publicado

em

A presença do governador Gladson Cameli na manifestação de apoio à presidência de Jair Bolsonaro durou mais tempo ao lado da população presente do que no discurso em cima do carro de som.

Cameli falou rapidamente no microfone e desceu para cumprimentar os presentes. Logo comprou o famoso salgado com Coca-Cola e atendeu pedido de fotos e conversas com eleitores.

” Isso demonstra que ele é gente nossa, que é humilde e está do nosso lado” falou Antonia Medeiros, de 43 anos, participante do manifesto.

Gladson permaneceu no evento pouco mais de uma hora.

Continuar lendo

Acre

De 5 entrevistados, apenas 2 conhecem pautas de movimento

Publicado

em

A maior parte dos apoiadores do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) se concentram na praça do Palácio Rio Branco, na tarde deste domingo, 26, vestidos de verde e amarelo e munidos de cartazes com palavras de ordem a favor das medidas do atual governo.

Entretanto, nem todos os presentes conhecem as pautas que são discutidas e defendidas pelos próprios manifestantes. De cinco pessoas que a reportagem do ac24Horas entrevistou, apenas duas souberam dizer do que se trata o movimento.

Elaine Lima, de 20 anos, não soube dizer quais as principais pautas apoiadas pelos manifestantes. Da mesma forma, Ana Paula Alves, também de 19 anos. Esta disse que foi apenas para verificar pessoalmente o movimento na capital, mas que mesmo assim apoia o ato.

Ricardo Pereira, de 29 anos, trabalha como vendedor e ficou em dúvida sobre as questões debatidas no protesto de apoio ao governo Bolsonaro.

Já Luiz Neto e Maria Helena Teixeira, tinham na ponta da língua todos os assuntos colocados em pauta pelo manifesto que ocorre em todo o país. Ambos destacaram o pacote anticrime, do Ministro Sérgio Moro, reforma da previdência e a votação da medida provisória 870.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.