Conecte-se agora

Roberto Duarte: “quando o Rocha assume, o governo toma atitude que nós gostaríamos que acontecesse”

Publicado

em

O deputado estadual Roberto Duarte (MDB) foi o convidado do Bar do Vaz na tarde desta terça-feira, 12. Durante a entrevista, o parlamentar voltou a reafirmar independência em relação ao governo Gladson Cameli. “Eu não sou situação, muito menos oposição, eu sou população. Vou continuar defendendo o que acho certo para quem votou em mim. No que o governo for correto, vai ter o meu apoio. Mas, quando fizer algo errado, não vou passar à mão na cabeça”, disse.

Duarte comentou sobre seus projetos de lei apresentados até agora, com destaque para o que impede a apreensão de veículos com documentação atrasada, um outro que impede a cobrança de religação de luz, energia e esgoto e um último que proíbe a nomeação de condenados por violência contra a mulher a qualquer cargo público.

Em relação a sua independência ao governo, Duarte afirmou que o governador ofereceu, mas que preferiu não indicar nomeações dentro da gestão estadual. “Gladson me sugeriu ter cargos, mas eu disse que não queria, porque ele foi eleito e ele é quem tem que escolher as pessoas que vão está ao lado dele”.

No final do bate-papo, Roberto Duarte reiterou que acredita no atual governo, mas sem antes, alfinetar o governador Gladson Cameli. “Eu diria pra você que é um governo que eu acredito e tenho a confiança que vai dar certo, mas que precisa mudar muito a sua direção. Acredito muito no vice Major Rocha, que quando assume o governo tem tomado atitudes que é o que nós gostaríamos que acontecesse. Aquela visita dele ao Huerb foi fundamental para melhoria do sistema de saúde. Esse modelo do vice-governador atuar vai muito de encontro ao meu que é de ser combatente. É isso que queremos do governador Gladson Cameli, que vá para o combate, que busque melhorias para o estado do Acre e faça o que a população que deu tanto crédito a ele, espera”.

Propaganda

Cidades

Mães com filhas doentes por tomarem vacina do HPV protestam na Câmara

Publicado

em

O grupo de mães que vem chamando atenção das autoridades por protestarem contra a vacina do HPV, veio a Câmara a convite da vereadora Lene Petecão (PSD).

Segundo Lene, é necessário dar atenção e ouvir as mães que sofrem amargamente com suas filhas que sofrem com os efeitos colaterais do HPV. “Todos os dias, não só no Acre, mas em várias cidades do Brasil, meninas estão sofrendo as sequências de uma realidade que as autoridades não dão a menor atenção”, disse.

O HPV, responsável pelo câncer no útero, tem causado muitas mortes de mulheres no Brasil. Porém, a reação à vacina tem trazido dor e sofrimento às meninas de até 14 anos causando epilepsia, transtornos físicos, mentais e outras mazelas.

O líder do Executivo e presidente da Comissão de Saúde e Assistência Social da Câmara, vereador Rodrigo Forneck (PT) disse que, apesar de ser uma questão de responsabilidade do Estado, a Secretaria de Saúde do município está acompanhando a situação. Afirmou que a Comissão de Saúde do Legislativo está pronta para apoiar essas famílias.

Continuar lendo

Cidades

Educadores de Tarauacá rejeitam mais uma proposta e continuam em greve

Publicado

em

Nesta segunda semana de greve dos servidores da educação do município de Tarauacá, mais uma proposta oferecida pela prefeitura municipal foi rejeitada, dando continuidade à greve.

As aulas continuam paradas depois que professores e funcionários das escolas da rede pública de Tarauacá decidiram, após nova assembleia geral na manhã de ontem, 20, rejeitar a nova contraproposta enviada pela Secretaria Municipal de Educação.

A proposta foi de um aumento de R$ 100,00 para professores e R$ 50,00 para funcionários do quadro administrativo das escolas. Após avaliação, a categoria não aceitou e deu continuidade à paralisação dos serviços.

A greve na rede municipal de educação do município, que começou no dia 11 de março, já se estende pela segunda semana.

Com informações Blog do Accioly 

 

 

 

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.