Conecte-se agora

Adolescentes atiram dentro de escola e matam 8 pessoas em Suzano, diz polícia

Publicado

em

Dois adolescentes encapuzados mataram a tiros seis pessoas dentro da Escola Estadual Raul Brasil, de Suzano (SP), e cometeram suicídio em seguida, segundo a polícia. Cinco das vítimas eram estudantes, outra era funcionário da escola. O ataque ocorreu por volta das 9h30 desta quarta-feira (13).

Dentro da escola, a polícia encontrou um arco e flecha e garrafas que aparentam ser coquetéis molotov. Há ainda uma mala com fios, e o esquadrão antibombas foi chamado.

Ainda não há informação sobre feridos no ataque. A instituição foi isolada pela polícia e há muitos alunos e funcionários chorando ao redor.

A capitão Cibele, da comunicação da PM, disse que pouco antes dos disparos na escola, a polícia foi chamada para outra ocorrência com arma de fogo, perto dali. “Mas ainda não podemos precisar se os casos estão relacionados. Policiais estavam indo para esse primeiro chamado e ouviram gritos das crianças. Foram então até a escola, onde os dois criminosos acabaram se matando”, disse ela.

O Corpo de Bombeiros e equipes do Samu estão no local. Bombeiros de Mogi das Cruzes também foram chamados, às 9h50, para apoiar o atendimento. O helicóptero Águia, da PM, sobrevoa a escola. Toda a polícia de Suzano está mobilizada no caso.

Segundo o Censo Escolar de 2017, a instituição possui 358 alunos da segunda etapa do fundamental (6º ao 9º ano) e 693 estudantes do ensino médio.

O governador João Doria está em um helicóptero a caminho de lá, junto com o Secretário Estadual de educação, o secretário de Segurança e o coronel Salles. Todos vão falar com a imprensa no local.

Propaganda

Cotidiano

Polícia Civil investiga vídeo de jovem sendo decapitado por facção criminosa

Publicado

em

A Polícia Civil através da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) começou a investigar na manhã deste sábado (18) dois vídeos que estão circulando nas redes sociais, de um jovem sendo decapitado por membros de uma organização criminosa, em Rio Branco.

No primeiro vídeo o jovem aparece sentado com as mãos amarradas, a vítima diz que é morador do Loteamento Sol Nascente, no bairro Vila Acre. Em seguida a mão de um dos criminosos aparece com uma faca fazendo o sinal de uma facção.

No segundo vídeo, os criminosos apresentam o jovem sendo decapitado com uma faca.

A reportagem do ac24horas entrou em contato com DHPP, e agentes confirmaram que o jovem era morador da Vila Acre, mas ainda não sabem exatamente se o crime ocorreu em Rio Branco.

“A Polícia Civil já está investigando, estamos atrás do local da execução do jovem, já temos um suspeito, não sabemos se foi na capital, mas a probabilidade do crime ter ocorrido em Rio Branco é alta”, concluiu o agente da polícia.

 

Continuar lendo

Cotidiano

Rio Branco reforça campanha de vacinação contra gripe H1N1; 36 mil foram imunizadas

Publicado

em

Para alcançar um maior número de pessoas imunizadas contra a gripe H1N1, a Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), promoveu nessa quinta-feira, 16,no Palácio do Comércio, um grande encontro entre os Agentes Comunitários de Saúde (ACS’s), diretores de escolas e creches da rede municipal de ensino.

Segundo a secretária municipal de Saúde em exercício, Jesuíta Arruda, a SEMSA tem como meta vacinar 90 mil pessoas neste ano, no entanto, apesar de todo o esforço feito pelo Município, apenas 36 mil doses foram distribuídas até o momento. “Esse encontro serve para alinharmos ações com vistas a imunizar o maior número possível de pessoas”, explicou a secretária.

Para ela, a imunização contra a doença, que já matou 50 pessoas em Manaus, capital do vizinho estado do Amazonas, além de Porto Velho, Rondônia, é muito importante. A gripe H1N1 é uma doença letal. Por isso, a nossa recomendação é: vacine-se, vacine-se, vacine-se”, enfatizou Jesuíta.

Jesuíta informou que para receber a vacina as pessoas devem ir a qualquer unidade de saúde mantida pela Prefeitura. “As pessoas podem procurar qualquer uma de nossas unidades de saúde para receber a vacina, que é segura e protege contra essa doença, que é letal”, afirmou, acrescentando que existem equipes de prontidão no aeroporto, na rodoviária e em escolas e creches, onde qualquer pessoa pode se vacinar.

Durante o encontro os participantes tiveram acesso aos números da vacinação feita até o momento em Rio Branco. Apenas pessoas que têm alergia a ovo não podem ser vacinadas.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.