Conecte-se agora

Taxa para utilizar banheiro do Terminal Urbano é alvo de críticas pelos usuários

Publicado

em

Usuários estão criticando o valor cobrado para uso do banheiro no Terminal Urbano de Rio Branco. A “taxa” atual é de R$1,10, verba que, segundo a Prefeitura, é usada para manutenção, limpeza e aquisição de material de consumo. Em 2015, o valor era de R$1,00 e foi muito atacado pelo Movimento Passe Livre. O MPL atuava para que o serviço de banheiro público fosse oferecido gratuitamente não apenas no Terminal Urbanos mas nos demais espaços coletivos da capital.

O jovem Axel Maia contou que certa feita estava na rodoviária e acabou usando a mata nas proximidades. “Uma das maiores vergonhas desse estado, você ter que pagar pra fazer suas necessidades em locais públicos. Pra onde está indo o dinheiro dos nossos impostos?”, questionou ele.

Juliana Sousa reclamou muito da qualidade do ambiente: “Nem é limpo, torneira quebrada, as vezes não tem água, sabonete pra lavar as mãos não tem, papel toalha para enxugar muito menos. Pagamos R$1.10 pelo que mesmo? Papel higiênico e R$0,50 centavos um rolo ,e não usamos um rolo todo”, calculou. De seu lado, Josuel Castro lembrou que o povo já paga os impostos para ter a oferta do serviço público: “Só aqui no Brasil, que temos que pagar as coisas públicas duas vezes, a primeira vez é nós impostos”.

Propaganda

Cotidiano

“Governador e prefeita são dois incompetentes”, diz o vereador N. Lima

Publicado

em

“O bairro Santa Cecília está vivendo dentro da merda”, desabafou o vereador N. Lima (PSL) mostrando um vídeo com cadeirantes transitando com esgoto a céu aberto. Segundo ele, é amigo pessoal da prefeita Socorro Neri (PSB), mas não pode fechar os olhos para uma situação dessas. Ele também acusa o governo do estado pela situação. “É uma grande irresponsabilidade, avisei daquela situação dos hansenianos que estavam passando fome por causa do governo passado, agora falo do Santa Cecília”, concluiu.

Continuar lendo

Cotidiano

Enquanto vereadores debatem “comunismo” e “capitalismo”, a cidade afunda em buracos

Publicado

em

Enquanto alguns vereadores estão mais preocupados com o comunismo, socialismo e capitalismo, os buracos e a lama invadem a cidade. O vereador João Marcos (MDB) iniciou a polêmica afirmando que, “o Brasil foi dominado pelo socialismo, mas que agora as coisas mudaram”. Quem não gostou foi o vereador Eduardo Farias (PCdoB) que, ironizando o opositor disse que, “não sabia que em tantos anos sendo militante da esquerda não sabia que o Brasil tinha sido socialista em algum dia da sua história”.

Segundo Eduardo Farias, o maior erro do presidente Lula e da presidenta Dilma Rousseff, ambos do (PT), foi exatamente ter favorecido os capitalistas que enricaram nesses governos. Quem também resolveu entrar na discussão foi o vereador Emerson Jarude (sem partido) que perfila na direita brasileira. Segundo ele, a deputada Perpétua é comunista, mas posa na direita para ficar no poder.

O vereador N. Lima também resolveu dar suas cacetadas na esquerda e disse que, “a vereadora Mariele Franco (PSOL/RJ) morreu porque se misturou com tudo que não prestava”. Para ele, o grande culpado da desgraça toda é o ex-presidente Lula que defende a imoralidade.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.