Conecte-se agora

PT não cumpre o rito de cem dias contra Gladson

Publicado

em

O presidente do PT, Cesário Braga, vem dando sinais nas redes sociais de que o partido não vai cumprir o rito de esperar cem dias para começar a bater duro no governo Gladson Cameli (Progressistas). Tem se manifestado, no que o PT sabe fazer melhor do que ninguém: oposição. Só vale lembrar um velho ditado seringueiro que diz, “Quem leva o saco para bater tem que levar um para apanhar”. O governo não ficará inerte as críticas da oposição. Ao menos é que o governo faz ecoar na Assembleia Legislativa quando o líder, deputado Gerlen Diniz (Progressistas), ameaça levar supostas denúncias apuradas em secretarias da administração anterior.

. A mudança de domicílio eleitoral acontece seis meses antes das eleições e não dozes meses como na legislação anterior.

. Sobre a questão recebi a seguinte informação muito útil aos pretensos candidatos as eleições municipais do ano que vem.

. Partidos grandes, médios e nanicos fiquem de olhos bem abertos às novas regras.

. Ocorreu a alteração via PEC aprovada pelo Senado valendo a partir de 2020.

. A mudança em relação as coligações proporcionais, as coligações majoritárias não tiveram efeito sobre as eleições de 2018, mas terá sobre a próxima.

. Para os legisladores, não fazia sentido o isolamento do candidato majoritário, pois a intenção era de fortalecer os partidos, por isso apenas a proporcional, forçando o fortalecimento das siglas.

. A PEC também teve o objetivo de evitar os “efeitos Tiriricas”, onde pessoas eram eleitas sem a cara do partido e logo em seguida mudavam de sigla.

. Os partidos serão obrigados a montar chapas competitivas, acabando com os candidatos laranjas, fato que permeou a eleição passada com o envolvimento de mulheres.

. Porém os dirigentes estão completamente perdidos, acreditando que a nova mudança ocorrerá e deixará tudo como era no passado.

. Só vão cair “na real” quando chegar 2020 e olharem para seus partidos e entenderem que, os anos de individualização e personificação acabaram, será uma correria atrás de nomes para montar chapa proporcional.

. Com esta mudança, alguns partidos, principalmente os pequenos, começam a perder força pois a cada eleição terão que alcançar a cláusula de barreira.

. Resumindo: Os partidos que não trabalharem a formação de chapas de vereadores tanto no interior como na capital vão comer poeira.

. O fim das coligações proporcionais também teve como objetivo combater a corrupção do presidencialismo de coalizão que de origem ao Mensalão e a operação Lava Jato.

. Comentários nos corredores da Casa Rosada dão conta de que o nome da preferência do governador Gladson Cameli para disputar a prefeitura da capital é do secretário de Infra, Thiago Caetano.

. No campo evangélico mesmo sem dar uma palavra o pastor Agostinho da Igreja Batista do Bosque é um dos líderes religiosos mais influentes na política do Acre.

. É muito simples: formou líderes, formou quadros.

. O pastor Daniel Batistela, que caminha ombro a ombro com o pr. Agostinho, é do mesmo calibre.

. Pelo campo católico, sem dúvida alguma, o bispo Dom Joaquim (também não dá uma palavra sobre política), mas é um líder de peso dentro do processo.

. Nenhum deles se expõem na linha de frente de campanhas, mas os resultados de seus silêncios aparecem nas urnas.

. Existem denúncias e escândalos na área de Saúde que depois dos fatos checados percebe-se que foi fabricado por parentes de pacientes.

. Estou falando de alguns casos e não de todos, Zé Groselha!

. Deputado federal Alan Rick (DEM) consolidando e avançando muito em sua base eleitoral, principalmente com a ascensão da ministra da Família, Damares Alves.

. PT buscando alianças com partidos de esquerda como o P-Sol; o nome do filme é “Voltando as Origens”.

. Em Brasiléia, a oposição ainda não tem um nome para disputar a prefeitura com Fernanda Hassem (PT), que faz uma excelente gestão.

. Quem ainda chora um olho e remela o outro para ser o candidato é o pecuarista e empresário milionário da cidade, o seu Manoel Prete.

. O ex-vereador Zemar tá quem nem curió de muda, não dá um pio.

. O Zemar nunca estará fora do processo.

. Aliás, a oposição poderá ter uns dez candidatos na próxima eleição no município.

. Para a prefeita Fernanda, quanto mais candidatos na região melhor para a sua reeleição.

. Há quem diga que o governador Gladson Cameli (Progressistas) terá grande influência na região se fizer o anel viário e a ponte.

. Como fez o tio, o governador Orleir Cameli, ao asfaltar até Brasiléia.

. Em Sena Madureira, Orleir pavimentou até os becos fazendo com que Toinha Vieira ganhasse várias eleições sucessivamente.

. Rafael Dene, bom dia e obrigado!

Propaganda

Coluna do Astério

Sérgio Moro, o herói!

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE
Continuar lendo

Coluna do Astério

O jogo é bruto!

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.