Conecte-se agora

Acre poderá ter um novo aumento de energia de 21% a partir de julho

Publicado

em

Após as manifestações que ocorreram no dia 27 de fevereiro em frente a Sede da Energisa, em Rio Branco, por conta do aumento da conta de energia elétrica de 21%, o deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB), cumprirá agenda em Brasília na próxima segunda-feira, dia 11, para se reunir com o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica, André Pepitone da Nóbrega. Na ocasião, alguns deputados federais e senadores do Acre também estarão presentes.

O parlamentar informou que segundo o Conselho de Consumidores de Energia do Acre, um novo aumento de 21% estaria previsto para o mês de julho, totalizando um aumento de 42% na tarifa de energia elétrica em menos de 12 meses.

Após a reunião em Brasília, na próxima terça-feira, 12, uma reunião no Tribunal Regional Federal e as Defensorias Públicas tratará da Ação Civil Pública contra o aumento da energia no inicio deste ano. Ainda de acordo com o deputado, um seminário entre a sociedade organizada e os poderes constituídos irão deliberar sobre a conta judicial com data a ser marcada após as reuniões em Brasília.

“Esses aumentos fogem da capacidade das pessoas de baixa renda de poder pagar, mas também inviabiliza o comércio e a industria local. O comércio não prospera com uma energia cara como essa. A industria foge dos Estados que tem a energia cara”, explica Jenilson.

Veja a nota na integra da empresa Energisa:

NOTA

A Eletroacre, empresa do Grupo Energisa, esclarece que, diferentemente do que está sendo noticiado, não há nenhum reajuste de tarifa programado para julho de 2019. A Eletroacre, assim como toda empresa concessionária de distribuição de energia no país, tem um calendário pré-definido de reajustes, previsto no contrato de concessão. No caso do Acre, no dia 13/12. O efeito a ser percebido pelo consumidor no próximo evento tarifário, em 13/12/2019, também será aprovado pela ANEEL e dependerá, basicamente, da inflação do período e dos custos de geração de energia, ainda não sendo possível afirmar se haverá aumento ou redução na tarifa.

A DIREÇÃO




Propaganda

Destaque 6

Acre registra queda no abastecimento de água

Publicado

em

Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira, 22, mostra que enquanto o fornecimento de água aumentou na maior parte do país, o Acre apresenta uma realizada bem diferente. Os dados são referentes ao ano de 2018 e constatam que o estado registrou redução no fornecimento regular diário de água encanada aos domicílios.

Com relação a frequência no fornecimento de água atualmente, apenas 39,7% dos acreanos aparecem com abastecimento de água diariamente. Do total populacional, 24,6% é abastecido de 4 a 6 vezes por semana e 35,7% recebe abastecimento de 1 a 3 vezes por semana.

Melhoria nesse serviço foi observada em 19 das 27 Unidades da Federação, incluindo o Distrito Federal, mas no Acre, Pará, Amapá, Sergipe, Espírito Santo e Paraná foram identificadas quedas na quantidade de abastecimento.

Conforme os dados, o aumento mais expressivo foi registrado no Distrito Federal, onde 64,4% dos domicílios recebiam água diariamente através da rede. O pior estado no índice de abastecimento de água é o Amapá, segundo a pesquisa.

A pesquisadora ainda destacou que Pernambuco é o estado brasileiro com o menor percentual de domicílios com abastecimento frequente de água, onde apenas 38,6% dos domicílios o têm diariamente, percentual próximo ao do Acre, que ficou em 39,7%.




Continuar lendo

Destaque 6

CGE publica recomendação que suspende contratos com empresas acusadas de fraude em licitação

Publicado

em

A Controladoria Geral do Estado (CGE) publicou no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, 22, uma determinação para que sejam suspensos todos os contratos ativos e proibindo novas contratações com empresas acusadas de fraude em licitação e falsidade de documento público.

A determinação segue uma recomendação do Tribunal de Contas do Estado que se baseou em uma decisão judicial do Tribunal de Justiça do Acre no processo 010011-27.2019.8.01.0000 que orienta o estado a suspender os contratos vigentes e proíbe de realizar novas contratações com as empresas Biolar Import. e Export. Ltda, M. & R. Distribuidora Ltda e Moura & Cia. Ltda.




Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.