Conecte-se agora

Gladson fecha os primeiros dois meses de gestão recebendo mais de meio bilhão de FPE

Publicado

em

Apesar de ainda alardear crise e contenção de gastos para o quatro cantos do Acre, o governo de Gladson Cameli encerrou os dois primeiros meses de sua gestão recebendo mais de R$ 544 milhões de recursos do Fundo de Participação dos Estados (FPE). O montante é superior em R$ 53 milhões em relação ao mesmo período do ano passado, quando o então governador Sebastião Viana (PT) recebeu R$ 491 milhões. Levantamento feito por ac24horas, revela os valores arrecadados pelo governo do PT em 2017, que foi de R$ 455 milhões, evidenciando crescimento na receita do Estado. Os dados disponibilizados são do Relatório Mensal do Tesouro Nacional divulgado no início desta semana.

O detalhamento dos dados disponibilizados pelo Tesouro Nacional revela que em janeiro de 2019, o Acre recebeu mais de R$ 260 milhões de FPE, valor superior ao ano passado, quando o repasse foi de R$ 211 milhões. Já com relação a fevereiro, na gestão de Gladson, os cofres foram abarrotados com mais R$ 284 milhões, quantia superior em relação também ao mesmo período de 2018, que foi de R$ 280 milhões.

De acordo com apurado pelo ac24horas, 2019 pode ser um ano em que o governo do Acre, na gestão de Gladson Cameli (Progressistas), poderá receber R$ 3,3 bilhões de repasses federais oriundos dos Fundos de Participação dos Estados (FPE) e de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). A projeção foi confirmada através do Boletim do Tesouro Nacional divulgado no início do ano.

Levantamento feito pelo ac24horas revela que o Estado do Acre poderá ter uma injeção financeira de até R$ 150 milhões em comparação com os dados consolidados do ano passado. De acordo com a União, a projeção é que o Estado receba este ano R$ 2.6 bilhões de FPE e R$ 731,6 milhões de Fundeb, valores superiores as projeções do ano de 2018, que indicaram R$ 2,4 bilhões de FPE e R$ 685 milhões de verba para custear a educação.

O valor consolidado de verbas repassadas ao Estado em 2018 foi de R$ 2,4 bilhões de FPE e R$ 644 milhões de recursos carimbados para educação, sendo cerca de R$ 40 milhões a menos que projeção do Tesouro do repasse do Fundeb. De acordo com o Tesouro Nacional, os valores repassados do Fundeb correspondem a 20% do valor total do Fundo de Participação do Estados.

Além do FPE (que não vem carimbado) e do FUNDEB (carimbado para a educação), o Estado ainda recebe transferências obrigatórias da União que são carimbadas para a Saúde, o Sistema Penitenciário, Assistência Social e a Segurança Pública, além das transferências voluntárias dos ministérios em razão de convênios e contratos de repasse.

Apesar dos números positivos, O governo do Estado afirma ter déficit de mais R$ 800 milhões e a perspectiva para os próximos meses é de buscar o equilíbrio das contas públicas, na relação despesa x receita.

Parte considerável desses recursos são usados para quitação de dívidas imediatas, salários atrasados e a folha atual, benefícios, empréstimos, custeio da máquina, fornecedores, obras paradas e precatórios, informou o governo em questionamento no inicio deste mês.

Propaganda

Cidades

Alan Rick participa de entrega de equipamentos agrícolas em Plácido

Publicado

em

O deputado federal Alan Rick (DEM) visitou o município de Plácido de Castro nesta segunda-feira, 18, e ao lado do prefeito Gedeon Barros (PSDB), secretários municipais e presidentes de produtores rurais, participou da solenidade de entrega de dois tratores adquiridos com recursos de sua ação parlamentar para aquisição de máquinas e equipamentos para apoio à produção familiar na área rural do municipal. Foram investidos R$ 300 mil para aquisição de máquinas para poio à produção rural.

Alan tem sido um dos parlamentares que mais tem liberado recursos para Plácido de Castro. No seu primeiro mandato viabilizou R$ 2 milhões em emendas individuais e somado os recursos voluntários para obras nas áreas de saneamento básico, desenvolvimento econômico, saúde, esporte, educação e agricultura, foram R$ 6,9 milhões em recursos federais.

Os tratores entregues nesta segunda-feira irão beneficiar 1,8 mil famílias que residem nos Ramal T da Enco, Ramal km 14, Ramal Triunfo, Ramal do 58 e Ramal Faixa Preta. “Tenho priorizado trabalhar o apoio às prefeituras do nosso Estado com recursos em emendas ao Orçamento, além de recursos extra orçamentários. O prefeito Gedeon vem realizando um excelente trabalho, o que valoriza ainda mais esse trabalho em Brasília, com a boa aplicação dos recursos em favor da comunidade”, disse Alan Rick.

O parlamentar também visitou uma creche que está sendo construída no bairro Taumaturgo e irá beneficiar 240 crianças de zero a sete anos. “Os recursos estavam praticamente perdidos. Fomos ao Ministério da Educação – através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE – garantimos que os recursos para retomada das obras fossem liberados”, disse Alan Rick que também visitou a quadra de esporte do bairro.

“Em visita ao município, ouvimos muitas reivindicações da comunidade sobre a necessidade de recuperação da quadra do bairro Taumaturgo. Em conversa com o prefeito Gedeon Barros, garantimos R$ 400 mil de nossas emendas individuais de 2019 para esta obra de recuperação e cobertura da quadra, além de R$ 300 mil para obras de reforma da praça central de Plácido de Castro”, destaca o parlamentar.

Gedeon Barros fez questão de agradecer o apoio que sua gestão tem recebido de Alan Rick. “Somos muito grato ao deputado por todo o trabalho que tem feito para garantir recursos para que possamos melhorar a qualidade de vida do nosso povo na cidade e na zona rural. O deputado Alan tem sido um grande amigo de Plácido de Castro e isso tem feito diferença na nossa gestão”, disse o prefeito.

Continuar lendo

Cidades

Mototaxistas reclamam na Câmara de Vereadores do preço do mototaxímetro

Publicado

em

O presidente da Câmara, vereador Antônio Morais (PSB) recebeu uma comissão de mototaxistas que vieram reclamar do preço de mais de R$ 300 reais pagos pelo mototaxímetro. A renovação da licença passa necessariamente pela implantação do equipamento.

Segundo Antonio Morais, os vereadores decidiram convocar o Sindicato dos Mototaxistas responsável pela aquisição dos aparelhos para uma conversa inicial. “Amanhã mesmo vamos recebê-los aqui para uma conversa”, disse.

O líder do Executivo, vereador Rodrigo Forneck (PT) disse que, “não há como solucionar o problema sem a participação do Sindicato, já que é o responsável pela mediação da compra dos mototaxímetros”. Disse que a prefeitura e o RBTRANS estão prontos para colaborar.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.