Conecte-se agora

Prefeitura de Brasileia realiza operação de conscientização ao descarte de lixo

Publicado

em

A Prefeitura de Brasileia por meio do Setor de Cadastro Arrecadação e Tributos, setor dos Agentes de Endemias, setor de Vigilância Sanitária e Secretaria do Meio Ambiente realizaram na manhã de sexta-feira (15), uma Operação de Conscientização aos cuidados e descartes dos resíduos sólidos (lixo), do comércio e das residências.

O objetivo da operação é avisar aos empresários e moradores a forma correta de jogar seus lixos, tampar suas caixas d’água, limpar seus quintais, depósitos e jogar pneus para que não prolifere o numero de Aedes aegypti na cidade entre outras doenças.

Segundo o gerente de setor de cadastro, Silvio Cardoso, a operação é para conscientizar a população em relação aos lixos descartados. “A principio nós viemos orientar os comerciantes, e os moradores da parte alta, a forma correta de condicionar suas lixeiras e mantê-las fechadas evitando que os animais domésticos e roedores venham a espalhar o lixo”, falou Silvio Cardoso.

O poder público tem buscado alternativas para lidar com este problema, através da frente de trabalho que realiza a manutenção das praças, pontos turísticos, nas ruas dos bairros e com o calendário de coleta de lixo.

O secretário Jonas Bandeira falou do trabalho realizado e como as oficinas devem descartar os pneus. “Essa ação é muito positiva e traz muitos benefícios para população. Quando assumimos a gestão criamos um cadastro de todas as borracharias do município, através desse cadastro os proprietários nos procuram para que possamos buscar o material e levarmos até o local correto de descarte”, informou Jonas Bandeira.

Para ajudar a manter a cidade limpa, atenção para algumas dicas:

– Jogue o lixo no máximo uma hora antes da passagem do caminhão.

– Não jogue lixo na rua após a passagem do caminhão. Colocar o lixo na esquina de um dia para outro não funciona. Isso estimula outras pessoas a colocarem lixo na rua e atrai animais.

– Lixo na rua atrai mais lixo. Pessoas de fora se sentem à vontade para jogar lixo onde já está sujo.

– Ações feitas pelos próprios moradores costumam ser respeitadas pelos vizinhos. Ajude a acabar com pontos viciados.

– Entulho é de responsabilidade de quem produz. Descarte este material em locais adequados.

– Mantenha limpas as lixeiras.

Propaganda

Cidades

Mais de 200 pessoas participam da 1ª corrida Maio Amarelo em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Cerca de 250 pessoas participaram em Cruzeiro do Sul da Primeira Corrida Maio Amarelo promovida pela CIRETRAN e prefeitura da cidade na manhã deste domingo, 26.

Antes da largada, na Avenida Mâncio Lima, os participantes fizeram alongamento e puderam escolher entre percursos de 5 e 10 Km. A Corrida teve o apoio da Federação Acreana de Atletismo e no percurso de 10 Km, os participantes foram até a Variante. Os que optaram pelos 5 km foram até a Ponte da União e voltaram para a Avenida Mâncio Lima.

A chefe da CIRETRAN, Tainara Martins, cita as 7 mortes registradas na cidade e estradas vizinhas e os 107 acidentes de trânsito de janeiro a março desse ano e destaca que “é necessário envolver a comunidade em atividades assim apostando na conscientização. Desses 107 acidente, 94% foram motivados por imprudência humana. A intenção é que as pessoas entendam que somos todos responsáveis pela segurança no trânsito”.

O vencedor do percurso de 10 Km, Isangelo Batista da Silva, diz que ” vim correr pela atividade física em si e pelo objetivo que é diminuir as mortes no trânsito”.

As atividades do Maio Amarelo em Cruzeiro do Sul prosseguem até o dia 31, quando haverá o encerramento no Teatro dos Nauas, às 8 horas da manhã, com a presença de todos os chefes de CIRETRANs do Estado e do diretor geral do Detran, Luís Fernando.

Vencedores da Corrida Maio Amarelo

Do percurso de 10Km: Isangelo Batista da Silva e Cleidiane Marta Silva

Vencedores do percurso de 5 km: Raimundo Nonato Souza Costa e Silvania Lima Barbosa

Continuar lendo

Cidades

Terremoto com magnitude 8 atinge o Peru e é sentindo em várias cidades do Acre

Publicado

em

Às 2:45 da madrugada deste domingo, 26, os moradores de Cruzeiro do Sul sentiram um forte tremor de terra que durou cerca de um minuto e foi o mais forte ocorrido na região. As pessoas relatam inclusive quedas da cama.

Muita gente, mesmo de madrugada, procurou saber o que estava acontecendo e em pouco tempo os grupos de conversas pelo whatsapp e demais redes sociais multiplicavam a informação.

Há notícias de que em Feijó, os moradores também sentiram a terra tremer. O abalo também foi sentido por moradores de Rio Branco, Tarauacá e Jordão, segundo relatos colhidos nas redes sociais.

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, relatou o abalo. “São 02:49 da madrugada, nossa cidade acaba de ser balançada pelo o maior terremoto que já presenciei. Foi demorado e forte”, disse o gestor em sua página no facebook.

No Corpo de Bombeiros e no SAMU não foram registradas chamadas de emergência por causa do terremoto. Mas muita gente procurou os dois serviços para obter mais informações sobre o forte tremor de terra.

O monitor de terremotos destacou um intenso abalo sísmico que atingiu 8 pontos de magnitude, registrado próximo à no Peru, 80 km a sudeste de Lagunas O violento abalo teve seu epicentro localizado a 114 km de profundidade. Apesar da grande intensidade do abalo, a profundidade em que ocorreu o evento favorece a dissipação da energia antes de chegar à superfície. A magnitude do evento sismico foi equivalente a explosão 750 bombas atômicas.

Desde 1979, foram registrados 51 tremores em um raio de 100 km ao redor do epicentro. O sismo mais próximo foi registrado a 12 km, no dia 31 de julho de 1997 e atingiu 4.1 magnitude na escala richter. O tremor mais significativo ocorreu em Brasil, a 211 km de Tarauacá no dia 24 de novembro de 2015, a 661 km de distância do evento atual e atingiu 7.6 magnitudes.

Videos enviados por internautas do ac24horas mostram o momento exato do terremoto.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.