Conecte-se agora

O risco que corre o pau, também, corre o machado

Publicado

em

O governo Gladson Cameli resolveu sair das cordas na Assembléia Legislativa. De apenas ficar se defendendo. Foi decidido em reunião da cúpula governista que seja feito um levantamento minucioso em gestões de ex-secretários do governo Tião Viana e que hoje estão no parlamento, uma varredura no Tribunal de Contas do Estado sobre condenações, em contratos da gestão passada, que possam envolver aliados de deputados que estão na oposição, uma espécie de pente fino jurídico. A fonte do alto clero que me passou ontem a informação disse que, não se trata de nenhuma caça às bruxas por conta dos ataques que o governo Cameli vem sofrendo neste pouco mais de um mês de gestão, mas uma forma de dar subsídios à base do governo no Legislativo para mostrar que os que acusam esta administração, não são as vestais que se intitulam. Será uma varredura nos moldes feitos no DETRAN, que teve a sua última gestão desnudada para a opinião pública, com gastos considerados suntuosos e inexplicáveis. O governo resolveu aplicar no debate político a velha máxima: “o risco que corre o pau, também, corre o machado. Sinais de futuros debates acirrados na tribuna da ALEAC. A política sempre foi e será sempre uma via de mão dupla.

TUDO PARA BONS DEBATES

Esta legislatura está no caminho de muitos debates duros. Um deputado da oposição me disse ontem que, no momento oportuno vai revelar os nomes de secretários do governo Cameli com pendências na justiça e pedir ao MP, que entre com ação pedindo as suas demissões. Vixe!

MUITO ATIVA

Logo após a eleição e em que foram definidos os novos deputados destaquei neste espaço, que, pelos nomes eleitos para fazer oposição, o novo governo sofreria uma carga pesada de cobranças nos debates da ALEAC. É o que vem se registrando nestes primeiros dias de sessões.

PRIMEIRO CONFRONTO

A oposição e a base do governo vão travar a primeira medição de forças na ALEAC. Será em torno do projeto de Decreto Legislativo do deputado Daniel Zen (PT), que acaba o decreto do governo que regula as compras estatais. A decisão governista é derrotar o projeto do Zen.

MINIMO DE 16 VOTOS

A base governista trabalha no sentido de já nesta votação chegar aos 16 deputados.

BLOCO PARLAMENTAR

PR-PHS-SD formaram um bloco parlamentar para atuar na Assembléia Legislativa. Será integrado pelos deputados Chico Viga (PHS), Neném Almeida (SD) e Wagner Felipe (PR).

QUE MUDANÇA!

Olhe que, se não estive presente, foi em no máximo em cinco sessões na legislatura passada. Pois bem, durante o governo Tião Viana não vi uma vez a deputada Maria Antonia (PROS) cobrar ações do governo na abandonada área da saúde. Mudou da água para o vinho, ontem, insurgiu-se contra a falta de médicos no município de Brasiléia. Falante, da noite para o dia!

NÃO ENTENDO MAIS NADA

A política endoidou de vez! O deputado Chico Viga (PROS), que na sua última passagem pela ALEAC não fez um discurso, ontem foi à tribuna defender um projeto que dá nome ao Mercado dos Colonos do falecido amigo Olavo da Farmácia. Curaram a mudez do Chico.

NENHUM COMPROMISSO

Aqui, não se briga com a notícia. O governador Gladson Cameli nunca apanhou tanto como está apanhando nas redes sociais por conta da nomeação do seu motorista ganhando 18 mil reais. O governador tem o direito de nomear quem quiser, e o povo protestar quanto quiser.

UMA CONSTATAÇÃO

Uma constatação pode ser feita neste início da administração Gladson Cameli: não é mais o protagonista que era nas redes sociais, por conta de nomeações de desprovidos de saber e de petistas radicais, para os mais diversos cargos no Estado, quebrando promessa de campanha.

ESTRANHO NO NINHO

O comentário ontem foi por conta da presença do presidente da FIEAC, José Adriano, numa reunião na Casa Civil para a assinatura de um contrato com o BASA. “Foi um estranho no ninho, ninguém lhe deu conversa”, revelou um observador. Na gestão passada era paparicado.

MOVIMENTO CONTIDO

Ontem, a mesa diretora da ALEAC chegou a estudar devolver a indicação do Alércio Dias para a presidência do ACREPREVIDÊNCIA ao governo, mas avaliou que pelo regimento não poderia mais fazê-lo, por a matéria já ter sido lida. Até o fechamento da coluna o governo não tinha feito movimento para a retirada. Assim sendo, a indicação será apreciada pelos deputados.

EM NOME DA HONRA

O ex-deputado federal Alércio Dias descarta qualquer possibilidade de retirar seu nome, indicado pelo governo para o ACREPREVIDÊNCIA. Quer ir para a sabatina na ALEAC, em nome da honra. E se mostra o mais interessado que a reunião aconteça o mais rápido possível.

CIDADE DOS BURACOS

O deputado Jenilson Lopes (PCdoB) está alarmado com a situação como se encontra a cidade de Tarauacá, com as ruas tomadas pelos buracos, seja no centro ou na periferia. Considera que a prefeita Marilete Vitorino fracassou e, ele busca um nome novo para a eleição de 2020.

QUEM É O PADRINHO?

O prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim, diz não estar indicando ninguém. O deputado Gérlen Diniz (PROGRASSISTAS), também fala não ser o pai da criança. Afinal, quem indicou o balançador de bandeira do PT, Augusto Areal, irmão do Nilson Areal, para o IMAC, em Sena?

DEPOIS RECLAMAM

E depois querem reclamar quando ex-secretários do governo Tião Viana ficam tirando sarro, postando que, por falta de nomes competentes, a oposição tem ido buscá-los no governo passado. E não há nem com fazer contestação, porque o Diário Oficial é a prova dos atos.

CABE UMA PERGUNTA

Neste contexto, também, cabe outra pergunta: quando o Nilson Areal será nomeado?

MUDANÇA RADICAL

Liguei ontem para amigos de Sena Madureira para saber notícias políticas. No meio da conversa entrou o nome do prefeito Mazinho Serafim na roda. Perguntei se mudou em relação ao ex-prefeito Mano Rufino. Opinião unânime: uma mudança radical para melhor.

DINIZ DECEPCIONADO

O ex-deputado Gilberto Diniz se diz “decepcionado” com o governo do Gladson Cameli, na área política. “Na repartição do governo que você entrar, você topa petista chefiando”, falou.

SEMPRE FOI UMA LACUNA

No governo passado foi uma lacuna na ALEAC a falta de alguém que pudesse subsidiar em tempo real os deputados da base do governo, com dados das secretarias questionadas pela oposição. Acertou o atual governo em pôr o desenvolto jornalista Jairo Carioca nesta missão.

UMA PERGUNTA QUE FAÇO

Uma pergunta que sempre faço quando alguém vem dizer que pretende ser candidato a prefeito de município do interior, na eleição do próximo ano: você quer ser prefeito para quê, com um FPM que mal dá para pagar o servidor, com o MP na porta, e numa crise econômica?

DOBRAR O REVALIDA

O deputado federal Alan Rick (DEM) está em uma luta para que as provas de revalidação de diplomas de estudantes formados no exterior aconteçam ao menos duas vezes ao ano. Foi graças à sua ação que os estudantes formados na Bolívia puderam entrar no “Mais Médicos”.

SEMPRE PRESENTE

O deputado federal Alan Rick (DEM) sempre está presente nas principais pautas do Acre.

CAVEIRA DE BURRO

Parece que desta vez será desenterrada a caveira de burro do HUERB, obra que atravessou os governos do PT inacabada. O secretário de Obras, Thiago Caetano, trabalha no sentido da sua conclusão ser o mais rápido possível. Para quem esperou décadas, pode esperar mais um pouco.

MÃOS LIMPAS

No máximo pode fazer algum barulho, uma CPI para investigar a EMURB, como se aventa na Câmara Municipal de Rio Branco. Os vereadores engajados na ideia vão perder tempo. Se há um vetor pelo qual não conseguirão emparedar a prefeita Socorro Neri é o da ilegalidade.

PASTAS QUE NÃO PODEM PARAR

A equipe econômica do governo não pode deixar de priorizar duas secretarias: Saúde e Segurança. São órgãos que mexem com o humor da opinião pública. E que, se não apresentarem resultados, redundam na queda da popularidade de um governo.

JUSTAMENTE OS MAIS CRITICADOS

Saúde e Segurança devem ser prioridade da prioridade no atual governo, porque foram alvos principais das críticas da população no governo passado, e na campanha foi prometido que os seus problemas seriam solucionados. Se não melhorar, o governo Cameli entra em desgaste.

CADÊ O ROCHA?

É a pergunta que se fazia ontem entre os jornalistas na ALEAC. É porque o vice-governador Major Rocha sempre foi falante na oposição, quando se tratava de notícias políticas. Depois que chegou ao poder tomou um chá de fecha boca e não dá um pio sobre as críticas de aliados do governo.

UMA QUENTINHA

Falando no vice Major Rocha há uma situação que deixou sua relação com o secretário de Saúde, Alysson Bestene, tensa. Conversa ficou de acontecer hoje para aclarar a situação, que envolve nomeação para o HUERB.

O CARIMBÓ DO PT

A festa de carimbó do PT foi pequena e desanimada. Os cargos de confiança de 20 anos sumiram. A roda foi tão fraquinha que nem o Tião Viana deu as caras. Jorge Viana, muito menos. Angelim, nem pensar. Cabiam folgados em um ônibus. Tempos difíceis! Difíceis!

SEM PERSPECTIVAS

E para piorar, o partido não tem um nome de peso para disputar a PMRB em 2020.

CABELOS BRANCOS

O primeiro secretário da mesa diretora da ALEAC, deputado Luiz Gonzaga (PSDB), ganhou alguns cabelos brancos, com a enxurrada de pedidos de empregos que recebe. É que há uma ideia errada de que o fato de alguém ocupar cargo público tem empregos na gaveta para dar.

ESTÁ NA PAUTA

Tenho informação de que o nome do professor Minoru Kinpara continua na pauta do PSDB para a disputa da PMRB, no próximo ano. Deverá ser puxado ao tabuleiro no momento certo.

NOME NOVO

Um nome político, mas com posturas novas, limpo, é uma opção para a disputa da prefeitura de Tarauacá na eleição do próximo ano: vereadora Janaína Furtado (REDE). É uma vereadora que cobra muito as ações municipais, conhece os problemas do município, desenvolta, enfim, uma figura política sem rancor. Um nome confiável, na próxima eleição para prefeitura.

Propaganda

Blog do Crica

Faroeste florestano 

Publicado

em

Ninguém quer tirar os méritos dos que comandam o sistema de segurança pública e nem os avanços obtidos neste primeiro ano do novo governo. O secretário de Segurança, Coronel Paulo Cezar, e o Comandante da PM, Ulysses Araújo, são qualificados. Tampouco desconhecer o esforço dos policiais. Mas não se pode cobrir o sol com a peneira para mascarar que a violência fugiu ao controle e a cada dia os bandidos estão mais ousados. Este assalto a uma viatura do SAMU, com a humilhação dos seus integrantes; assalto a um supermercado, execuções quase que diárias, os crimes contra o patrimônio subindo numa espiral incontrolada é de deixar todo mundo perplexo. O cenário de um grupo fora da lei mostrando um poderoso arsenal de armas nas redes sociais foi uma afronta ao Estado de Direito; as manifestações públicas de criminosos de caras limpas, desafiando a justiça, em Tarauacá, nos levam a uma única dedução: um novo planejamento tem de ser traçado pela equipe da segurança, porque a imagem que vai se solidificando na opinião pública é que estamos vivendo uma era sem lei, como nas cidades dos filmes de faroeste americano. Vivemos o nosso faroeste florestano. Esta guerra pode ser dada como perdida pelo Estado? É a pergunta que a população faz, e que precisa ser respondida pelas autoridades. O governo dotou as forças policiais de armamentos, viaturas, equipamentos de proteção, mas ainda não houve uma resposta que leve a comunidade a ter uma sensação de segurança. Pelo contrário, a cada dia os cidadãos ficam mais inseguros. Até quando vamos ter que esperar para se dizer que, enfim, vivemos numa capital tranquila, num Estado tranqüilo? E não me venham com estatísticas mortuárias, que foi herança do governo passado e outras alegações, vivemos agora e queremos paz agora. 

INVESTINDO EM SACO VAZIO

Basta consultar o preço de uma passagem para Cruzeiro do Sul para chegar à conclusão de que o governo investiu em saco vazio, ao reduzir o ICMS de 27% para 3% das empresas áreas que operam no Acre. Está dando a quem já tem muito e não beneficia quem tem pouco.

MUITO MAIS

Se o governo baixasse o ICMS cobrado sobre a tarifa da energia, teria um ganho popular.

BRIGA POR ESPAÇO

Este pedido de expulsão do prefeito André Maia do PSD é mais uma briga paroquial do grupo do ex-deputado Jairo Carvalho, que age em represália por não ter secretarias na prefeitura.

ANOTEM E CONFIRAM

A coluna tem informação de que o presidente regional do PSD, senador Sérgio Petecão, vai dar um tempo para os grupos antagônicos se entenderem em Senador Guiomard, mas que não vai dar aval para que o prefeito André Maia seja expulso do partido. Anotem para conferir.

APRENDEU RÁPIDO

Para quem tem quase um ano de mandato a senadora Mailza Gomes (PROGRESSISTAS) é a grata surpresa da bancada federal. Fez uma série de ações políticas pragmáticas como ser favorável à prisão em segunda instância, no combate às fraudes do INSS e em apoio à cessão onerosa, que favorece o repasse para Estados e municípios, e por isso foi avaliada por órgão especializado como a 1º no ranking das políticas acreanas. Para uma novata, já foi bem longe.

AFASTAMENTO POLÍTICO

Não estou falando em rompimento, a notícia que chegou ontem ao BLOG é de que, por conta da ânsia do governador em acabar com as pensões de ex-governadores, o humor do deputado federal Flaviano Melo (MDB) não é agradável com o aliado. A parte que mais dói é o bolso.

TRATADA COMO ESTRELA

A presidente do SINTEAC, Rosana Nascimento, é sempre citada pela cúpula do PSD, como uma das “estrelas” que deverá se filiar ao partido no congresso marcado para dia 21 próximo, na Fazenda “Boi Cagão” do senador Sérgio Petecão (PSD).

NÃO PODE ALONGAR

A prefeita Socorro Neri não espere pelo apoio do PT à sua candidatura se sair para a reeleição, hoje, o grupo do PT que quer candidatura própria é o mais numeroso dentro do partido.

SÓ COMO PROTAGONISTAS

Converso sempre com amigos do PT e PCdoB, e o que ouço é que, numa eventual aliança com a prefeita Socorro Neri (a cada dia mais distante), seria exigido dela que na campanha sejam protagonistas, e a fatura começaria com a abertura de espaços já nesta gestão. É o jogo.

DERROTA NA JUSTIÇA

O deputado federal Flaviano Melo (MDB) sofreu derrotas na justiça para manter a pensão.

ROXINHO, O NOVO RICO

Enquanto você fica reclamando da vida, que o dinheiro está curto; está desempregado, o diretor da FUNTAC, o Roxinho, que transita bem no andar de cima do governo, aparece em uma postagem se abanando com um leque formado por várias notas de cem reais. É mole?

FALTA DE URBANIDADE

O deputado Fagner Calegário (PR) adentrou ontem o gabinete da secretária de Comunicação, Silvânia Pinheiro, gravando e exigindo de forma rude comprovantes de pagamentos feitos pela SECOM. E foi à tribuna da ALEAC lhe acusar de ser “truculenta”. Foi uma falta de urbanidade.

DOIS ERROS

O deputado Fagner Calegário (PR) tem o direito de saber o que se passa nas secretarias, mas para isso tem de ser pelo instrumento legal do pedido parlamentar de informações. E a secretária Silvânia Pinheiro não tem o perfil da truculência, pelo contrário, sempre foi afável.

DIREITO AO CONTRADITÓRIO

O BLOG tem mão dupla com a notícia. O vereador Marcos Luz (MDB) pediu espaço para se queixar que lamenta o veto ao seu projeto que cassava Alvarás de Funcionamento de empresas flagradas vendendo produtos roubados, e que a prefeita Soorro foi mal orientada, e confundiu sanção penal com sanção administrativa. Acha que o veto foi por ser da oposição.

NÃO TINHA SAÍDA

Neste presente caso a prefeita Socorro Neri não adotou uma posição pessoal, foi orientada pela Procuradoria Jurídica da prefeitura a vetar o referido projeto, sob o fundamento que era inconstitucional. Além de ferir a Lei de Liberdade Econômica sancionada pelo presidente Bolsonaro, que tira competência do município para este tipo cassação. Não foi perseguição.

CANDIDATOS CONFIRMADOS

Deputada federal Vanda Milani (SD), em Rio Branco; Maurício Praxedes, em Marechal Taumaturgo, e Diego Paulista, são nomes confirmados pelo SOLIDARIEDADE, para a disputa destas prefeituras, em 2020. Na capital, o SD costura alianças com vários partidos.

NÃO COLOQUEM NA CONTA

Não coloquem na conta de que a candidatura da deputada federal Vanda Milani (SD) se trata apenas de um jogo de cena. É para valer. O presidente do partido, Israel Milani, diz que está sendo feito todo um trabalho para levar a candidatura de Vanda Milani ao segundo turno.

NÃO É UM MOSTEIRO

Os duros ataques trocados nas últimas sessões entre deputados da oposição e da base do governo devem ser contabilizados como algo normal dentro do parlamento. Os debates são necessários para que seja exercido o contraditório. O parlamento não é mosteiro budista.

FICA NO PSL

O ex-prefeito Tião Bocalom foi convidado para se filiar ao PROGRESSISTAS, mas não deve atender ao pedido, teme deixar o PSL, já que joga as suas esperanças na cassação do deputado federal Manuel Marcos (PRB), para assumir no seu lugar. É uma aposta no imponderável.

PERDEU POR SER TURRÃO

Não fosse um turrão político teria disputado a eleição para a Câmara Federal dentro da coligação que elegeu o atual governador, e pela votação que obteve estaria hoje no mandato.  

SÓ SOB ESCOLTA

Os profissionais do SAMU somente vão atender chamados em bairros perigosos se for com a escolta policial. Isso é o reconhecimento do domínio de territórios por grupos criminosos.

NOME NOVO NA CORRIDA

O deputado Josa da Farmácia (PODEMOS) diz quando se comenta a sucessão municipal em Cruzeiro do Sul de que, não tem nenhum compromisso com os grupos na disputa, porque estuda a possibilidade dele ser candidato a prefeito na eleição do próximo ano.

BELA HOMENAGEM 

Muito da história de Rio Branco passou pelo salão das antigas barbearias e pelos papos com os barbeiros sexagenários, por isso muita justa a homenagem prestada a esses profissionais pelo vereador Jackson Ramos (PT). O barbeiro Ziza, nos seus 81 anos, é um exemplo de bom papo.

VOLTOU AO NORMAL

O deputado Roberto Duarte (MDB) voltou ao normal nos ataques ao governo. Falou na ALEAC que os novos carros da Segurança estão servindo para “passeios e festas”. Duarte sendo Duarte.

FRASE DO DIA

“Os políticos não conhecem nem o ódio, nem o amor. São conduzidos pelo interesse e não pelo sentimento”. Philip Chesterfield.

 

Continuar lendo

Blog do Crica

Petecão avança nas conversas com Socorro Neri

Publicado

em

O senador Sérgio Petecão (PSD) revelou ontem ao BLOG DO CRICA que considera avançadas as conversas até aqui mantidas com a prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, para uma aliança eleitoral visando disputar a prefeitura da capital, no próximo ano. “A gente tem conversado, acho a Socorro uma pessoa séria, vem fazendo um bom trabalho, é honesta e gostaria de tê-la no PSD. Se vier, e quiser disputar a eleição, com certeza teria o nosso apoio”, enfatizou. Petecão adiantou que terá uma conversa com o presidente do PSB, deputado Jenilson Leite (PSB) para tentar aparar algumas arestas que possam dificultar a aliança. Esta aliança passaria por ter o PT e o PCdoB fora do processo, ou seja, ambos distantes do palanque a ser formado pela coligação. No caso de uma aliança PSB-PSD, a chapa poderia ser formada por duas mulheres: Socorro Neri prefeita e Marfisa Galvão (PSD) como a sua vice, admite Petecão. Mas isso está no campo das idéias, não existe nada a ser considerado de concreto.

FORA DE COGITAÇÃO

Um partido que está fora de cogitação do PSD se filiar é o PSDB, porque as suas principais lideranças, senador Sérgio Petecão (PSD) e Major Rocha (PSD), não estarão na mesma aliança em 2022. Numa hipótese do governador sair ao Senado, ambos miram o Palácio Rio Branco.

ROSANA NASCIMENTO NO PSD

A presidente do SINTEAC, professora Rosana Nascimento, que trava uma rusga política dura com o governador está com a sua filiação ao PSD confirmada, no ato de filiações programado pelo PSD no próximo dia 21. Na ocasião também deverá se filiar o deputado Neném Almeida.

 QUAL É A DOS PROGRESSISTAS?

O quadro nos PROGRESSISTAS é confuso. Ontem, o deputado José Bestene, disse ao BLOG que está descartado o seu partido não ter candidato a prefeito da capital em 2020, e se posicionou também dizendo que se houver um consenso em torno do seu nome topará ser o candidato.

QUAL É A DO GOVERNADOR?

Claro que o deputado José Bestene (PROGRESSISTAS) tem maior densidade eleitoral para ser o candidato à PMRB de que outros citados, como Luziel Carvalho, Alysson Bestene e Thiago Caetano. A questão não é essa: o governador quer mesmo seu partido com candidato próprio?

PASSA PELO GABINETE

A presidente dos PROGRESSISTAS, senadora Mailza Gomes, também é a favor da candidatura própria a prefeito da capital. Só que está decisão passa pelo governador, isso é inevitável. E, ele não mostrou inclinação de que o deputado José Bestene é o nome com o qual sonha.

PALAVRAS SÃO PALAVRAS

Até aqui o governador não deu mostra que fala com convicção que o seu partido, o PROGRESSISTAS, tem de ter candidato a prefeito da capital. Não mostrou nenhuma vontade política que se leve a crer ser isso o que quer. A iniciativa tem de ser dele, está no poder.

BURRADA DAS BURRADAS

Caso o seu partido não tenha candidato á PMRB, a posição mais ponderada do governador seria a de se resguardar para o segundo turno, evitando assim desgaste com os aliados que também terão candidato. Colocar um nome fora do PROGRESSISTAS debaixo do braço seria a burrada das burradas.

PRESTANDO CONTAS

O deputado Daniel Zen (PT) soltou ontem um informativo com sua ação parlamentar. Cita medidas como os anteprojetos de lei que institui o piso salarial estadual dos profissionais em Educação e o que inclui psicólogos e assistentes sociais na Educação. Só depende do governo.

VOLTADO PARA A EDUCAÇÃO

Nenhum deputado dedicou mais o seu mandato e foi voltado para as causas da Educação que o Zen.

PARA NÃO MISTURAR AS COISAS

O novo teto de emendas parlamentares para os deputados estaduais no valor de 500 mil reais, é bom e explicar para não falarem bobagens, não cairá no bolso de nenhum deles. São recursos carimbados a serem aplicados pelo governo em áreas prioritárias já definidas.

COISA QUE NÃO SE ENTENDE

Ouvi diversos elogios ao trabalho do ex-diretor da Papudinha pela reintegração social dos presidiários daquele complexo. Para minha surpresa soube ontem que o moço foi demitido. Ou seja, se muda o que estava dando certo. Uma decisão que não se consegue entender.

PARA VARIAR, NOVO CONFRONTO

Mais um capítulo da novela envolvendo a Juíza Luana Campos e o presidente do IAPEN, Lucas Gomes, agora em torno de televisões apreendidas destinadas pelo IAPEN ao Educandário Santa Margarida. Os dois precisam sentar para conversar, não está sendo positivo para ambos.

AFRONTA AO ESTADO DE DIREITO

A que ponto nós chegamos, no campo da segurança pública. O deputado Roberto Duarte (MDB) revelando que está reavaliando o ato de filiação partidária do MDB em Tarauacá, por temor da guerra aberta entre facções no município. Isso é uma afronta ao Estado de Direito.

NÃO É JOGADA POLÍTICA

O deputado Roberto Duarte (MDB) não joga para a platéia, não assume uma posição midiática, quando divulga este temor, porque todo mundo acompanhou pela imprensa semana passada as cenas que mostram bandidos como se fossem donos da cidade. É para se temer mesmo.

CANDIDATURA DEFINIDA

O MDB já definiu que Júlio Feitosa será o candidato do partido a prefeito de Tarauacá.

NÃO FOI ISSO O PROMETIDO

Que o sistema de segurança no governo passado era uma merda os fatos demonstraram. Os avanços conseguidos neste primeiro ano de governo se encontram abaixo do que foi prometido na campanha política. O que se dizia: que a população teria paz. E não teve. Ponto.

NINGUÉM TORCE CONTRA

Só um débil mental torceria contra o sistema de segurança pública dar certo. Porque diz respeito á integridade de todos. Mas nem por isso se tem de varrer a realidade para baixo dp tapete e dizer que tudo está às maravilhas. Rio Branco continua violenta, muito violenta.

PROJETO INCONSTITUCIONAL

O projeto do vereador Marcos Luz (MDB) que tinha por objetivo cassar os Alvarás de Licenças de empresas que fossem flagradas vendendo produtos roubados era positivo no objetivo. Mas a prefeita Socorro Neri se viu obrigada a vetar porque a matéria era inconstitucional.

VIROU CACIQUE

Índio novo demora a virar cacique. Mas na aldeia do MDB as coisas funcionam ao contrário. O presidente da FIEAC, José Adriano, recém filiado já estava sentado à mesa dos cardeais peemedebistas no último ato de filiações no partido, aqui na capital. Te cuida, Pádua Bruzugu!

PERDEU ESPAÇO

Vinha acontecendo após a eleição, mas agora se tornou mais evidente que o governador está perdendo a batalha nas mídias sociais, onde as críticas superam em muito os elogios. E o que se nota é que, o fato é mais grave na medida em que, entre os críticos estão aliados antigos.

JACARÉ COM PORCO-ESPINHO

 Não foi surpresa ver figuras de proa do PROS nos governos petistas, sendo mostrados com futuros aliados do PSDB. O que esperar de um governo com as secretárias lotadas de petistas?

DECISÃO EM GRUPO

Na próxima semana os grupos de apoiadores da ex-deputada Leila Galvão (PT) de Assis Brasil, Xapuri, Brasiléia e Epitaciolândia deverão se reunir em Brasiléia para, discutir qual a sua posição na eleição de 2020. Quer que, o que for deliberado seja de forma democrática.

BRASILÉIA É UM MISTÉRIO

O BLOG apurou com outras fontes de que está fora de cogitação a Leila ser candidata à prefeita de Epitaciolândia, em 2020. Sobre qual a sua posição em Brasiléia na eleição do próximo ano é um mistério. Vai apoiar a reeleição da prefeita Fernanda Hassem? Ficará neutra? Será candidata à prefeita de Brasiléia por um dos partidos de oposição? É aguardar.

QUERO VER O RESULTADO PRÁTICO

Quero ver os deputados Jenilson Lopes (PSB), Roberto Duarte (MDB), Edvaldo Magalhães (PCdoB), que levaram manifestantes e fizeram aquela confusão toda para forçar a instalação da CPI da ENERGISA, mostrarem resultados práticos. Até aqui muitos discursos de protestos e somente.

CONTINUA ARROCHANDO

A ENERGISA continua com os seus preços escorchantes na tarifa de energia cobrada do povo.

AGUENTE O ALTO PREÇO

O prefeito de Feijó, Kiefer, deu um chute inicial ao mandar projeto para a Câmara Municipal abrindo caminho para a privatização do DEPASA. Se isso acontecer, o povo vai pagar caro.

MESMO CAMINHO

Aqui em Rio Branco a tendência do governo é privatizar o DEPASA. Será a fome com a vontade de comer, preço alto na energia e preço alto no consumo da água, e o pau comendo no lombo do povo.

FRASE DO DIA

“Deus não deu asas à cobra, mas a ensinou a dar o bote”. Ditado colombiano.

 

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.