Conecte-se agora

Rio Branco empata com o Bahia e fica de fora da Copa do Brasil

Publicado

em

Sem brilho – e com uma dose de sufoco -, o Bahia está classificado para a segunda fase da Copa do Brasil. Dentro da Arena da Floresta, em Rio Branco (AC), a equipe empatou com o Rio Branco em 2 a 2 na noite desta quarta-feira (13), na estreia da competição nacional. O camisa 9 Gilberto marcou duas vezes, enquanto Laécio e Custódio fizeram os gols do time acreano. Na próxima fase, o adversário será o Santa Cruz-RN.    

O JOGO

Aproveitando o nervosismo inicial do Rio Branco, o Bahia se impôs e criou uma grande chance logo aos sete minutos. Após passe em profundidade de Gilberto, Élber avançou em velocidade, tirou do goleiro Juninho, mas finalizou para fora.

Gilberto aproveita falha bizarra do Rio Branco e abre o placar

Logo após a chance perdida por Élber, o Esquadrão de Aço saiu na frente. Moisés cruzou na área, a defesa do Rio Branco se atrapalhou após choque com Gilberto e a bola foi mansa para a rede.

Ex-Bahia, Laécio empata o jogo

A famosa “lei do ex” fez valer na Arena da Floresta. Aos 14 minutos, o centroavante Laécio recebeu cruzamento rasteiro e bateu para defesa de Douglas. No rebote, o camisa 9 conseguiu vencer o arqueiro e saiu para o abraço.

Aos 18, em cobrança de falta, Jackson bateu falta com categoria e acertou o travessão do Rio Branco. Na sobra, a defesa do Estrelão levou a melhor.

O Rio Branco deu um susto no Bahia aos 30 minutos de jogo. Com total liberdade, Alex recebeu de frente para Douglas na grande área, mas chutou por cima da meta, decepcionando a torcida local.

Élber perde grande chance

Aos 44, após boa jogada do Bahia, Artur aproveitou a sobra da bola, cortou para o lado e chutou cruzado. A redonda encontrou Élber sozinho, de frente para o gol, mas o camisa 7 pegou mal e errou por muito a finalização.

Segundo tempo

O Rio Branco começou em cima. Após bola cruzada na área do Bahia, Jackson cabeceou para o alto, Lucas Fonseca tentou dominar, falhou e a bola ficou com Laécio, que chutou fraco, sem dar trabalho para o goleiro Douglas. Aos 13 minutos, foi a vez do Bahia. De fora da área, Douglas Augusto recebeu de Gregore, arriscou a bola passou ao lado do gol.

Juninho salva o Rio Branco

Aos 22 minutos, Shaylon bateu escanteio na primeira trave, Jackson cabeceou e o goleiro Juninho fez um milagre para evitar o segundo gol do Bahia.

Gilberto marca o segundo do Bahia

O Bahia voltou a liderar o placar aos 25 minutos. De fora da área, Douglas Augusto bateu com força, Juninho espalmou para a frente e o artilheiro Gilberto não teve dificuldade para balançar a rede no rebote.

Custódio empata o jogo

Aos 44, o Estrelão empatou o jogo. Após boa jogada, Doka Madureira deu grande passe para Custódio, que invadiu a área e bateu com força para o gol. O goleiro Douglas não teve chances de evitar o tento.

FICHA TÉCNICA

Rio Branco (AC) 2 x 2 Bahia

Copa do Brasil – 1ª fase

Local: Arena da Floresta, em Rio Branco

Data: 13/02/2019 (quarta-feira)

Horário: 22h30 (horário de Salvador)

Árbitro: Daniel Nobre Bins

Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi e Michael Stanislau

Gols: Gilberto (duas vezes) (Bahia) / Laécio (Rio Branco)

Cartões amarelos: Guilherme, Jackson (Bahia)

Rio Branco: Juninho; Nandinho, Gilson, Rafael e Ítalo; Bahia, Everton, Alcione (Geovani), Doka Madureira e Kanu; Alex (Chay) e Laécio (Custódio). Técnico: João Mota.

Bahia: Douglas, Nino Paraíba, Jackson, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore e Douglas Augusto; Artur (Iago), Guilherme (Shaylon) e Élber; Gilberto. Técnico: Enderson Moreira.

FONTE: Bahia Notícias

Propaganda

Destaque 7

Laudo confirma que água de gabinete de prefeito estava contaminada com soda cáustica

Publicado

em

FOTO: G1 - ACRE

Ao menos parte do mistério envolvendo a suposta tentativa de envenenamento registrada há uma semana na Prefeitura de Manoel Urbano chegou ao fim. O laudo pericial da apontou que a água encontrada na geladeira do gabinete da prefeitura tinha hidróxido de sódio, ou seja, soda cáustica.

FOTO: G1 – ACRE

O delegado Rêmulo Diniz, responsável pela investigação, contou, nesta semana, que foi solicitado um exame amplo para identificar qual substância teria sido usada para contaminar a água, já que a polícia não tinha certeza de que produto seria. Na sexta-feira, o resultado do exame feito pelo Instituto de Análise Forense foi entregue a Polícia Civil.

Entenda o caso

Na quarta-feira, 6, o prefeito de Manoel Urbano, Tanízio Sá, acionou a polícia para que investigasse uma tentativa de envenenamento que ele acredita ter sofrido. Contudo, a vítima foi uma servidora da prefeitura que ingeriu a água que estava na geladeira do gabinete do prefeito.

O envenenamento se deu quando a funcionária, que não teve o nome divulgado, bebeu a água que estaria com algum produto que a fez passar mal. A servidora foi encaminhada ao hospital do município.

Na ocasião, câmeras de segurança da parte interna e externa da prefeitura foram consultadas para verificar possíveis suspeitos.

No dia seguinte, quinta-feira, 7, o prédio da administração municipal foi invadido durante a madrugada. De acordo com depoimento do prefeito a reportagem do ac24horas, do local foram furtados um notebook, que ele utilizada para os serviços relativos à prefeitura, tais como a folha de pagamento dos servidores e ainda o HD das câmeras de segurança do local.

Tanízio Sá disse, na época, que o fato não o deixava abatido. “Uma coisa que não tenho na minha vida é medo. Vim para cá com um propósito e vou cumprir minha missão, doa em quem doer. Estou firme. Vou continuar o que tenho que fazer. Quem fez isso vai ser penalizado”, declarou o prefeito.

O prefeito cogitou que as ações poderiam ser uma tentativa de intimidá-lo, tendo em vista que, recentemente, ele demitiu servidores contratados por meio de concurso público alegando superfaturamento na folha de pagamento do município. A situação, de acordo com a gestão, estaria ferindo a lei de responsabilidade fiscal.

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.