Conecte-se agora

Colégio de Aplicação da Ufac promete rever horário em relação ao almoço dos alunos

Publicado

em

No início da noite de segunda-feira, 11, a Equipe Gestora do Colégio de Aplicação de Rio Branco divulgou nota ao público afirmando ter convocado o Conselho Escolar para tratar sobre a possibilidade de permitir que os estudantes permaneçam na escola em dias de turno integral (principalmente na hora do almoço).

Em uma rede social, alguns estudantes aprovaram a atitude do colégio. O conselho escolar, que conta com representantes de cada segmento da escola (pais, alunos, professores, técnicos administrativos e representante da reitoria), irá tratar a situação do horário do colégio em relação ao repouso/almoço.

O conselho é o órgão máximo da instituição de ensino, sendo a instância de decisões e deliberações sobre normas e regras do colégio.

Entenda o caso

Uma fotografia, compartilhada por centenas de internautas, apresenta um adolescente que seria aluno do CAP fazendo a refeição do almoço no banheiro da escola. A justificativa, conforme postagem publicada na internet, é de que o colégio não permite que os estudantes se alimentem nas dependências da instituição no horário de almoço.

O advogado e político Gabriel Santos também se manifestou publicamente, segundo ele, como a escola funciona em período semi-integral, os alunos almoçam em bancos de praças do Centro, esperando o contra-turno, no entanto, a Universidade Federal do Acre (Ufac) precisa intervir nisso, e caso aconteça algum tipo de violência contra esses jovens na rua, a direção deve ser responsabilizada.

Por meio de nota, a Reitoria da Universidade Federal do Acre (Ufac) posicionou-se afirmando que a proibição não era de conhecimento da administração superior. A nota diz, ainda, que o CAP possui gestão independente e tal decisão foi tomada por diretoria eleita pela comunidade.

“A administração superior da Ufac se compromete em intervir junto ao CAP para que os alunos possam se alimentar no refeitório, de maneira digna e adequada”.

Propaganda

Cotidiano

Monitorado por tornozeleira eletrônica é preso com submetralhadora de origem israelense

Publicado

em

O detento monitorado por tornozeleira eletrônica Jeremias Cabral da Silva, de 22 anos, foi preso na noite desta sexta-feira, 23, na rua Paraguai, bairro Baixada da Habitasa, em Rio Branco.

A ação ocorreu após policiais terem recebido uma denúncia anônima de que um homem estava com uma arma de fogo.

Com a ajuda do IAPEN para chegar ao local, os policiais teriam encontrado Jeremias na rua em frente de sua casa. A PM então pediu autorização para realizar uma busca na casa e ao fazer uma procura no quintal, os policiais teriam encontrado a submetralhadora UZI de fabricação israelense, calibre nove milímetros, com 33 munições e silenciador.

O suspeito foi preso e levado para a Delegacia de flagrantes e deverá responder por mais um crime.

Continuar lendo

Cotidiano

Casal é preso em flagrante suspeito de cometer seis assaltos seguidos na Capital

Publicado

em

Marilene Martins de 19 anos e Ruslan Mesquita de 20 anos, foram presos pela PM na noite desta sexta-feira, 23, por cometerem assaltos em Rio Branco. Segundo os policiais, o casal foi apreendido com um revólver calibre 32 municiado, telefones celulares e uma moto roubada.

O casal é suspeito de ter feito um arrastão no bairro do Bosque e no Centro da cidade.

Os policiais foram acionados pelo CIOSP para atender a ocorrência de vários assaltos e saíram a procura dos acusados. Eles foram localizados já no bairro 6 de Agosto, onde foram presos pela polícia.

A dupla foi levada para a Delegacia de Flagrantes para os devidos procedimentos.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.