Conecte-se agora

Rio Acre baixa de dois centímetros em três horas, informa Defesa

Publicado

em

O Rio Acre segue baixando, de acordo com medição divulgada pela Defesa Civil às 9 horas desta segunda-feira, 11. O nível do manancial chegou a 13,96 metros.

Os rios Espalha e o Riozinho do Rôla também seguem em baixa, registrando 9,37 metros e 15,10 metros, respectivamente.

Em Capixaba, Assis Brasil, Brasileia e Xapuri a vazante do manancial segue desde a manhã desta segunda. Os níveis nas cidades do Alto Acre são de 8,70 metros, 3,28 metros, 3,39 metros e 6,90 metros, respectivamente.

Propaganda

Destaque 5

Tribunal de Contas do Estado notifica gestores da ZPE do Acre

Publicado

em

A Zona de Processamento de Exportação – ZPE, instalada em Senador Guiomard, é considerada um dos maiores fracassos da gestão do ex-governador Sebastião Viana na área econômica.

Propagada à época como um dos pilares que tornaria o Acre um grande exportador para o mercado asiático, foram investidos milhões de reais na estrutura física, levantada em 2012, foi a primeira ZPE em todo o país a receber autorização alfandegária para funcionar e, por isso, era apresentada como mais um modelo de desenvolvimento da economia acreana.

Passados 7 anos, a ZPE nunca saiu do papel. Até hoje, nenhuma empresa se instalou e a estrutura física se deteriorou ao longo dos anos. Os prometidos 2,5 mil empregos não apareceram e o Acre continua dependente da economia do contracheque.

Mas, se a ZPE não trouxe benefícios, é provável que traga dor de cabeça para os gestores da Administradora da Zona de Processamento de Exportação do Acre S/A – AZPE/AC.

No diário eletrônico do Tribunal de Contas do Estado (TCE) desta segunda-feira, 18, o então Diretor-Presidente da Administradora da AZPE/AC, no exercício de 2017, Michel Marques Abrahão, ex-prefeito de Bujari e ex-Secretário de Estado de Desenvolvimento da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis (Sedens) nos últimos meses do governo de Sebastião Viana é citado para apresentar defesa a respeito das inconsistência apontadas em Relatório Preliminar de Análise Técnica na prestação de contas. O relator do processo é o conselheiro Antônio Cristovão Correia de Messias.

Michel Marques foi um dos principais assessores do ex-deputado federal Sibá Machado, que também esteve à frente da Sedens, e que não conseguiu se reeleger nas eleições do ano passado. Marques salientou que não sabe do que se trata e que se pronunciará assim que tiver informações sobre a notificação.

Outro citado pelo TCE para apresentar defesa é Carlos Afonso Cipriano dos Santos, empresário e que em 2017 era membro do Conselho Fiscal da AZPE/AC. Em janeiro deste ano, Cipriano foi mantido pelo Gladson Cameli como presidente da Junta Comercial do Acre. Cargo que ocupa desde o ano de 2016. Carlos Afonso também se mostrou surpreso com a notificação do TCE. “Não estava sabendo. Vou me inteirar do que se trata e me manifestarei sobre o assunto”.

Mais duas pessoas foram notificadas pelo Tribunal de Contas do Estado para apresentar defesa, José Aguiar de Prado, membro do Conselho Fiscal da AZPE/AC e José Oliveira de Carvalho, responsável contábil da Administradora da Zona de Processamento de Exportação do Acre.

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.