Conecte-se agora

Prefeitura aguarda resposta do Governo sobre Situação de Emergência do Rio Juruá

Publicado

em

A situação do Rio Juruá continua crítica. Após decretar Situação de Emergência e ter tido o
pedido legitimado pela Defesa Civil Estadual, a Prefeitura de Cruzeiro do Sul aguarda o
reconhecimento do Governo Federal.

A fim de dar celeridade ao processo, tendo em vista que mais de 20 mil famílias foram
afetadas, o prefeito Ilderlei Cordeiro deve se dirigir à Brasília nos próximos dias, para dialogar
com os parlamentares acreanos.

Nesta segunda-feira, 11, o Rio Juruá registou a marca de 13,86 metros, segundo medição da
Defesa Civil. A gestão municipal segue dando assistências social e de saúde às vítimas da
enchente. Um abrigo público foi instalado no Ginásio Alailton Negreiros para acomodar os
desabrigados.

“Com o reconhecimento do Estado, estamos aguardando o decreto da Defesa Civil Nacional. O
prefeito Ilderlei deve estar em Brasília entre quarta e quinta-feira, para se articular com os
nossos deputados e senadores. A nossa expectativa é de que a Situação de Emergência seja
reconhecida nesta semana, pois temos pressa na aquisição de material alimentício para as
vítimas da cheia”, salientou o prefeito em exercício, Zequinha Lima.

Propaganda

Destaque 6

Governo diz que homicídios caíram mais de 35% no Acre em 2019

Publicado

em

O Governo do Acre está divulgando gráfico que mostra redução de 34,95% na taxa de homicídios no Acre entre janeiro de agosto deste ano na comparação com o mesmo período de 2018. No ano passado foram registrados 281 homicídios e em 2019, 180.

A Secretaria de Segurança Pública tem comemorado os números mas pede cautela, reconhecendo a dificuldade em enfrentar a criminalidade e oferecer a prometida sensação de segurança aos moradores.

Continuar lendo

Destaque 6

CRM e advocacia trabalhista debatem falta de peritos médicos

Publicado

em

Diretores do Conselho Regional de Medicina do Acre e da Comissão da Advocacia Trabalhista, iniciaram esta semana um debate sobre a falta de peritos na área médica. Durante reunião nesta segunda-feira (19) , representantes da comissão apresentaram as principais dificuldades que a categoria tem enfrentado na Justiça do Trabalho por conta da deficiência de médicos peritos. O encontro foi mediado pela Associação Acreana de Médicos Peritos, representada pelo seu presidente, Edson Chaves.

A presidente da Comissão Trabalhista, Myrian Pinheiro, falou sobre a baixa adesão dos médicos junto à Justiça do Trabalho. Segundo ela, a reunião foi um primeiro passo para que mais médicos participem das demandas trabalhistas. “Temos muitas demandas, muitas perícias a serem realizadas e poucos médicos cadastrados junto à Justiça do Trabalho. Vamos montar uma estratégia para, junto com o Tribunal, podermos amenizar essas dificuldades”, disse Myrian.

Com informações da assessoria do CRM

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.