Conecte-se agora

Homem cai de barco e desaparece nas águas do Rio Purus, em Sena Madureira

Publicado

em

FOTO ILUSTRATIVA

O trabalhador rural Eraldo Pereira Gomes, 37 anos de idade, conhecido como “Teixeira”, está desaparecido nas águas do Rio Purus desde a manhã de domingo, 10. Segundo informações, o sumiço se deu na altura da comunidade Santa Teca quando o trabalhador tentou andar pela lateral de um barco, se desequilibrou e caiu na água.

Uma equipe de mergulho do Corpo de Bombeiros de Sena Madureira foi destacada para ir ao local do incidente, porém, não conseguiram encontrar a vítima.

Informações extraoficiais apontam que “Teixeira” tinha ingerido bebida alcoólica, por isso, não conseguiu nadar ao cair no rio.

Propaganda

Cotidiano

Dupla assalta motociclista e abandona moto na BR-364 ; PRF é acionada e recupera veículo

Publicado

em

No início da tarde dessa quarta-feira (21), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) recebeu informações através do telefone 191 sobre um roubo de motocicleta ocorrido nas proximidades da Unidade Operacional de Fiscalização da PRF, no bairro Santa Cecília, em Rio Branco (AC).

De acordo com o comunicante, dois homens armados com revólver renderam o condutor da moto e seguiram no sentido à fronteira. De imediato, a Equipe PRF de plantão foi acionada e se deslocou na tentativa de localizar a moto e deter os infratores. Minutos depois, a motocicleta foi localizada ainda na rodovia federal, na posse de dois homens.

Ao avistarem os policiais, os indivíduos largaram a motocicleta e correram rumo à área de vegetação às margens da rodovia. Foram realizados buscas, com apoio da Polícia Militar do estado do Acre (PMAC), porém os fugitivos não foram encontrados.

A motocicleta foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil na capital acreana e a proprietária foi avisada para restituir seu bem. A mulher agradeceu pelo trabalho rápido da PRF.

INFORMAÇÕES DA ASSESSORIA DA PRF/AC

Continuar lendo

Cotidiano

Câmara Municipal de Brasiléia debaterá segurança na fronteira nesta sexta-feira

Publicado

em

Com o tema “Segurança Pública na Fronteira”, a Câmara de Vereadores de Brasiléia realizará nesta sexta-feira, 23, audiência pública para discutir a situação de insegurança causada pelo crescimento da criminalidade na região. 

O evento ocorrerá no Centro Cultural Sebastião Dantas, a partir das 9 horas da manhã, e pretende contar com a participação de autoridades representativas dos poderes executivo, legislativo e judiciário, representantes civis, militares e eclesiásticos, e outros órgãos ligados ao tema nas esferas estadual e federal.

De acordo com o assessor de comunicação da Câmara, Fernando Oliveira, estão confirmadas as presenças do Tribunal de Justiça do Acre, Exército Brasileiro, Polícia Federal e Assembleia Legislativa. Também confirmaram presença os prefeitos de Xapuri, Brasiléia, Epitaciolândia e Assis Brasil, assim como as respectivas Câmaras de Vereadores desses municípios. Até o fechamento desta reportagem não havia ocorrido ainda a confirmação da Secretaria de Estado de Segurança Pública. O assessor afirmou que existe a possibilidade de o vice-governador Major Rocha representar o Palácio Rio Branco no evento.

O presidente da Câmara de Brasiléia, Rogério Pontes de Souza (MDB), justificou a convocação da audiência pública nos recentes casos de violência ocorridos na região de fronteira, como assaltos, roubos de veículos, tráfico de drogas e latrocínios. 

“As dificuldades de combate à criminalidade na região fronteiriça entre Brasil, Bolívia e Peru têm deixado a população em pânico devido a falta de segurança”, diz um trecho do convite oficial do evento, assinado pelo vereador.

A audiência pública na fronteira nasceu de um requerimento apresentado pelo vereador Mário Jorge Fiescal, também do MDB. O pedido foi motivado por reivindicações da população em face do crescimento da violência na região de fronteira nos últimos meses, com a ocorrência de diversos crimes, entre os quais alguns roubos seguidos de morte nas zonas rurais de Brasiléia e Epitaciolândia.

No dia 14 de julho passado, o colono Raimundo Nonato Pessoa, de 55 anos, o Mundico, foi vítima de latrocínio dentro de sua propriedade, localizada na BR-317, sentido a Assis Brasil. Na mesma data, a polícia registrou o desaparecimento do mototaxista boliviano com naturalidade brasileira, Pablo Costa Progênio, de 35 anos, cujo corpo em decomposição foi encontrado dias depois na zona rural de Epitaciolândia. Segundo foi apurado pela polícia, ele foi morto por um caseiro após atender ao chamado de uma corrida para a propriedade onde o acusado trabalhava.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.